Os opostos se atraem?

Sim, também aprendi no colégio:

+ e + = +

–  e  – = +

+ e – = –

– e + = –

E ouvi muito por aí que nos relacionamentos acontece a mesma coisa. Será?

Você pode dizer: “Mas existem vários casais amigos meus que são totalmente diferentes, ele é ‘fogo’ e ela é ‘água’ ou o contrário, e são um casal perfeito”. Sim, de fato, existem muitos casais assim, eu conheço vários, inclusive, mas a pergunta que vem é a seguinte: Isso é regra? Das leis da física sabemos que sim, mas nos relacionamentos também?

Algumas conhecem um pouco da minha história, quando eu ainda não tinha encontrado o meu marido, tive um namoro que chegou até o noivado e era uma pessoa que eu achava perfeita, pois era meu oposto. Eu pensava: “Esse é o meu par ideal, ele é totalmente meu oposto, a parte que me falta.” Então foi aí que Deus chegou e me disse o seguinte: “Esse é quem você acha perfeito prá você, mas não o que eu tenho prá você!”

Temos essa tendência de acharmos que sabemos o que, ou quem é melhor prá nós e esquecemos que Aquele que nos formou, sabe melhor do que nós mesmas o que ou quem é melhor prá nós. Não estou dizendo que você não possa ter preferências, é inevitável no mundo feminino, mas quando olho pro meu esposo e vejo em quantas coisas somos parecidos lembro que + com + dá +. Ou que – com – dá +!

Existem coisas que são imprescindíveis quando se trata de um namoro cristão, por exemplo: as duas pessoas precisam estar comprometidas com Deus, o contrário é jugo desigual. É bom lembrar que conflito de propósitos também é jugo desigual. Essas são prioridades, mas e quando pensamos em simples preferências como, eu gosto de viajar e ele não… não é legal, não é verdade? Ou eu amo praia e ele montanha. Óbvio que existem aquelas que você consegue lidar, como por exemplo: ele é gremista e eu colorada… isso a gente tira de letra (experiência própria). O que quero dizer é que existem prioridades, coisas que precisam ser iguais e não opostas, e existem aquelas em que conseguimos lidar.

Por isso querida Fémenina que ainda está pesando todos os prós e contras, não deixem que leis impostas por aí definam quem vai passar o resto da vida com você. Deixe que Deus defina quem é o seu par perfeito, ou melhor, a pessoa imperfeita que será perfeita prá você!

 

Um upa bem quentinho da Tante!

Colunista-04

Posted in Conselhos de amiga.

One Comment

  1. Pingback: Deu match, e agora? - FéMenina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *