FéMenina

Não desperdice o seu Outono

Ah o out­ono! Você já perce­beu como essa estação é bonita?! 🍂

Eu con­fes­so que há poucos anos real­mente come­cei a apre­ciar o out­ono e as belezas que ele pro­por­ciona. O out­ono é a min­ha estação preferi­da! E você, tem algu­ma estação que gos­ta mais? 

Hoje, quero con­vidá-la a olhar para a estação do Out­ono e para o que ela tem a nos ensi­nar, pois além de lin­da, essa estação é bas­tante inten­sa e profunda! 

Primeira­mente, vamos ver algu­mas car­ac­terís­ti­cas do out­ono que podem nos servir de aler­ta quan­to à nos­sa vida:

  • O out­ono começa quan­do a primeira fol­ha da árvore se desape­ga do gal­ho e cai ao chão;
  • Mudança brus­ca de temperatura;
  • Ven­to forte; 
  • Os dias esfriam;
  • Os dias ficam mais cur­tos e as noites mais longas;
  • As árvores cos­tu­mam tro­car suas fol­has ou as per­dem para suportarem o inver­no que vai chegar; 
  • Praças, par­ques, jardins e ruas ficam reple­tos de fol­has de diver­sos taman­hos, for­matos e cores que embelezam a paisagem;
  • Out­ono é um tem­po de tran­sição entre os extremos de tem­per­at­uras quentes e frias.
  • É o tem­po de preparo para o inverno.

Diante dessas car­ac­terís­ti­cas, gostaria de destacar alguns pon­tos impor­tantes que deve­mos cuidar e obser­var em nos­sas vidas.

Apren­demos com a Palavra de Deus, no livro de Ecle­si­astes no capí­tu­lo 3 que há um tem­po para todas as coisas em nos­sas vidas, há um propósi­to para cada tempo/estação que passamos:

“Tudo tem o seu tem­po deter­mi­na­do, e há tem­po para todo o propósi­to debaixo do céu. Há tem­po de nascer, e tem­po de mor­rer; tem­po de plan­tar, e tem­po de arran­car o que se plan­tou; tem­po de matar, e tem­po de curar; tem­po de der­rubar, e tem­po de edi­ficar; tem­po de chorar, e tem­po de rir; tem­po de pran­tear, e tem­po de dançar; tem­po de espal­har pedras, e tem­po de ajun­tar pedras; tem­po de abraçar, e tem­po de afas­tar-se de abraçar; tem­po de bus­car, e tem­po de perder; tem­po de guardar, e tem­po de lançar fora; tem­po de ras­gar, e tem­po de coser; tem­po de estar cal­a­do, e tem­po de falar; tem­po de amar, e tem­po de odi­ar; tem­po de guer­ra, e tem­po de paz.” Ec. 3.1–8

As fas­es da vida são um pouco pare­ci­das com as estações da natureza, e o tex­to de Ecle­si­astes 3 cita­do aci­ma, nos lem­bra de que é muito impor­tante faz­er a coisa cer­ta na estação cer­ta. Podemos usar um casaco ou uma blusa de lã no verão, mas será inad­e­qua­do, estare­mos fazen­do uso de algo bom na estação erra­da. Deus usa até mes­mo as estações para nos moldar. Na natureza cada estação tem seu propósi­to especí­fi­co e dá seu fru­to especí­fi­co. 🍊

Uma das prin­ci­pais funções do out­ono é preparar o solo para o amadurec­i­men­to cor­re­to de seus fru­tos. Por­tan­to, hoje, de for­ma espir­i­tu­al, refle­tire­mos sobre o preparo do solo do nos­so coração, das nos­sas emoções e da nos­sa cam­in­ha­da espir­i­tu­al durante esse perío­do que Deus nos per­mite pas­sar para que pos­samos dar bons frutos. 

O out­ono é um perío­do de ven­tos, e ess­es ven­tos geral­mente der­rubam fol­has e fru­tos das árvores, dan­do espaço para que novas fol­has e novos fru­tos sejam pro­duzi­dos. É um tem­po de renovo. 

Se eu pedir a você que pense em uma imagem sobre o out­ono, provavel­mente você me diria aque­las belas ima­gens de fol­has que caem das árvores e deix­am o chão todo col­ori­do e lin­do. Essa “per­da” é fun­da­men­tal para as árvores, elas pre­cisam deixar essas fol­has caírem, pois sem essa per­da as árvores não sobre­vive­ri­am a próx­i­ma estação. 📆

Por diver­sas vezes e situ­ações não nos per­miti­mos exper­i­men­tar ou explo­rar novas opor­tu­nidades, pois nos aco­modamos em man­ter aqui­lo que já con­struí­mos — que aos nos­sos olhos está cer­to e seguro — assim, recusamos qual­quer pos­si­bil­i­dade de mudança ou trans­for­mação per­den­do a chance de deixar ir aque­las fol­has secas que já não trazem mais vida para nós. 🧱

É necessário deixar­mos as fol­has secas que pre­cisam ir emb­o­ra caírem. Esse é um proces­so que trará algum tipo de dor, descon­for­to e desapego, mas pre­cisamos deixar cair essas fol­has e até os fru­tos que já amadure­ce­r­am e pas­saram do pon­to de ser col­hi­dos. Nós pre­cisamos dar espaço para Deus em nos­sas vidas e corações. 

Quem sabe, esta­mos ape­gadas em algu­mas fol­has secas que já dev­eríamos ter deix­a­do ir há alguns out­onos? E jus­ta­mente essas fol­has estão rouban­do o espaço e os nutri­entes de uma nova fol­ha que Jesus quer traz­er em nos­sas vidas.

O Out­ono nos lem­bra que pre­cisamos deixar ir aqui­lo que não nos serve mais, aqui­lo que já sec­ou ou ressec­ou em nos­sas vidas e coração. Pre­cisamos soltar aque­las “fol­has” que podem nos impedir de sobre­viver­mos para a próx­i­ma estação, por exem­p­lo: pes­soas, com­por­ta­men­tos, pen­sa­men­tos, von­tades, obje­tos, livros, filmes, séries, músi­cas e tan­tas out­ras coisas que tem nos afas­ta­do de Deus e impe­di­do de dar fru­tos maduros, bem nutri­dos e saudáveis. 🍑

Pre­cisamos ter esse cuida­do e avaliar­mos a nós mes­mas com sin­ceri­dade e ver­dade, e se, encon­trar­mos algu­mas “fol­has secas” que por mais lin­das que sejam, inter­fer­em no nos­so rela­ciona­men­to e cresci­men­to com Deus, temos que deixar ir, para que pos­samos rece­ber vida ren­o­va­da do Sen­hor e viver­mos as bênçãos que Ele tem para nós de for­ma completa. 🌳

Out­ono é um tem­po de intro­specção, é impor­tante refle­tir­mos sobre nos­sos com­por­ta­men­tos e ati­tudes, pois talvez seja necessário colo­car­mos a mão na con­sciên­cia e assumir­mos um com­pro­mis­so mais sério com Deus. Lem­bre-se que a chega­da do out­ono é uma opor­tu­nidade que temos para crescer e amadure­cer. 

Só se pode con­hecer a essên­cia de uma árvore quan­do ela não está cober­ta de flo­res ou fru­tos. Por isso, o out­ono é a estação per­fei­ta que nos per­mite ver e saber como real­mente somos e onde real­mente está a nos­sa essên­cia. O Out­ono é a estação onde as árvores ficam “desp­i­das”, onde podemos enx­er­gar de for­ma min­u­ciosa suas imperfeições. 

E é jus­ta­mente assim e nesse tem­po que deve­mos nos achegar mais e mais a Deus, pois Ele é o úni­co que real­mente nos con­hece como somos na nos­sa essên­cia e nas nos­sas imper­feições, é nesse pon­to que Deus quer tratar e preparar o solo do nos­so inte­ri­or. O mais incrív­el é que Ele quer nos moldar e trans­for­mar exata­mente aí, Ele quer que ten­hamos a essên­cia de Cristo. Vamos deixar que Deus se aprox­ime e nos molde, trans­for­man­do con­forme a Sua boa von­tade para cada uma de nós. 🧡

Vamos aproveitar essa opor­tu­nidade que o out­ono nos dá e nos achegar­mos a Deus como real­mente somos, sem “fol­has e fru­tos” deixan­do Deus tratar, curar, restau­rar e moldar nos­sas vidas, corações e mentes con­forme a Sua Palavra e von­tade. Deus é bom, Sua Palavra é fiel e jamais aque­les que O bus­cam, con­fi­am e esper­am nEle serão confundidos. 

No próx­i­mo tex­to, quero com­par­til­har com você sobre out­ra car­ac­terís­ti­ca inter­es­sante dessa estação: Out­ono é um tem­po de tran­sição entre os extremos de tem­per­atu­ra do verão e do inver­no. (Choque de tem­per­atu­ra que pode causar fis­sura, trin­ca ou rachadura).

Não des­perdice a estação do Out­ono! Este­ja acessív­el e dis­pos­ta para tudo aqui­lo que Deus pode faz­er em sua vida e no solo do seu coração durante esse período.

Deus te abençoe meni­na de Fé! 

Até o próx­i­mo texto. 

Um abraço apertado. 

Michelle Kuhn.

Postagens Recentes

Alegrem-se (parte 1)

“Ale­­grem-se sem­pre no Sen­hor. Nova­mente direi: Ale­­grem-se!” (Fil­ipens­es 4.4 — NVI) Oi, guria!! Como você está? Aqui é a Mari e a Ked, esta­mos aqui pra

Leia mais »

Nem Frio e Nem Quente

Heeey guria, tudo bem?  Depois de pas­sar pelo calor do verão, esta­mos con­tem­p­lan­do a estação do out­ono por aqui. Con­fes­so que, como a cringe que sou, a

Leia mais »

Categorias