FéMenina

Mudança de hábitos

Olá FéMeninas!

Se você é amiga íntima da preguiça como eu, mas gostaria de desenvolver mudança de hábitos (passar mais tempo lendo a Bíblia? Orar com mais frequência? Se dedicar mais à leitura de outros livros? Aprender um novo idioma?), continue lendo este texto, porque eu vou te dar algumas dicas de como fazer isso.

Mas primeiro é importante responder a pergunta: Por que os hábitos importam? “Porque pessoas de sucesso fazem consistentemente o que outras pessoas fazem ocasionalmente” (Craig Groeschel). Mas o que isso significa? Significa que as pessoas que alcançam sucesso em determinada atividade fazem essa atividade com frequência, enquanto as demais não a fazem com regularidade. Vejamos o exemplo de Jesus. Jesus alcançou sucesso em seu relacionamento com Deus, ele era íntimo do Pai. Jesus orava, evangelizava e lia as escrituras mais frequentemente do que as pessoas que estavam ao seu redor. O mesmo aconteceu com tantos outros heróis da fé. Eles obtiveram sucesso no relacionamento com o Deus porque eles desenvolveram hábitos que reforçavam este relacionamento.

Nossos hábitos são importantes porque essas pequenas ações (hábitos) que realizamos diariamente mudam quem somos e como nos sentimos, assim como definem aonde chegaremos. Nossa vida é a soma de todas as pequenas decisões que tomamos. Ao longo do tempo vemos como cada pequeno hábito impactou a nossa vida e nos levou a algum lugar (bom ou ruim). O hábito de passar 10 min com Deus diariamente pode parecer pouco, mas certamente fortalecerá o seu relacionamento com Ele ao longo de um ano. Da mesma forma, fumar apenas um cigarro por dia pode não parecer muito, mas em um ano sua condição cardiorrespiratória não será a mesma.

Já que nossos hábitos contribuem no que nos tornamos, é hora de decidir: Quem você quer se tornar?

Quero ser uma mulher de Deus.

Eu quero ser mais saudável.

Quero ser conhecida como uma menina que tem conhecimento em uma ampla gama de assuntos.

Depois de feita essa decisão, pergunte-se: que mudança de hábitos posso desenvolver para chegar lá?

E ai, você me pergunta “como desenvolver esses hábitos?”

  1. Comprometa-se – escolha um hábito que você gostaria de adquirir e se comprometa a fazer esforços para desenvolvê-lo. Para ajudar no comprometimento, visualize como esse novo hábito será benéfico a longo prazo. Se possível, detalhe todas as vantagens que esse novo hábito te trará.
  2. Comece pequeno – comece com um hábito por vez. No início, inserir essa nova atividade na sua rotina irá requerer esforço, mas com o tempo a atividade se transformará em um hábito que faz parte de você. Agora imagine tentar inserir muitas atividades diferentes ao mesmo tempo, o esforço que isso irá requerer? Se isso acontecer, será provável que você desistirá já no início. Um novo hábito por ano, ou a cada 6 meses é o ideal.
  3. Escolha um horário: escolha o melhor horário para fazer a atividade que você está se propondo, um horário que você terá certeza que esterá disponível todos os dias. Quer ler a Bíblia diariamente? Talvez você possa acordar 20 minutos mais cedo para isso, ou talvez o melhor horário é quando chega da escola ou trabalho.
  4. Crie um gatilho: algo que você veja diariamente naquele horário que te lembrará de fazer a atividade. No exemplo de ler a Bíblia, se você escolher a parte da manhã, poderá deixar a Bíblia sobre a mesa na noite anterior. Isto a lembrará de lê-la após tomar o seu café. Ou talvez você queira começar a praticar uma atividade física e decidiu fazer isso quando chega em casa no final da tarde. Neste caso, você pode deixar as roupas para a atividade física perto da porta de entrada de modo que será a primeira coisa que você verá quando chegar e, consequentemente, será lembrada do seu compromisso com o seu novo hábito.

Desenvolver novos hábitos realmente não é fácil, mas o sistema que descrevi acima poderá ajudar você. Escolha um hábito, faça um plano e se comprometa a ele. E se eu falhar um dia? Não desista, comece novamente no dia seguinte.

Tudo de melhor nessa nova jornada!

Um grande abraço!

Bárbara Saur

* Inspirado na preleção “How to form a habit” – Pr. Craig Groeschel

 

 

Postagens Recentes

A Anne dos Livros

Se você está por dentro das séries famosas atuais, já deve ter, pelo menos, ouvido falar de Anne With An E. É uma série linda,

Leia mais »

Categorias