FéMenina

História de Amor – Júlia e Eduardo

Oiiie menina do Fé! Tudo bem contigo?

Hoje estou aqui pra contar a minha história de amor pra vocês e te inspirar a continuar sonhando com a sua.

Me chamo Júlia, tenho 23 anos e sou casada com o Eduardo (mais conhecido como Maia) de 30 aninhos haha. Estamos casados há apenas 6 meses e já vivemos tanto.

Nosso primeiro contato foi há cerca de três anos atrás, em um acampamento de carnaval. Nessa época, nós dois estávamos namorando com outras pessoas e nenhum interesse surgiu entre nós (obviamente hahaha). Porém, lembro claramente que quando olhei pra ele no palco, tocando bateria, e uma conhecida falou o quanto achava ele bonito, eu logo pensei “é bonito, mas deve ser metido demais, credo” HAHAHA mal sabia o que estava por vir. 

Vários meses se passaram até termos contato novamente. Começamos a nos aproximar por conta da minha decisão de fazer o Wake Up e ir pra Faculdade Batista Pioneira. Lembro que conversava com ele e outras pessoas que já estudavam na FBP, já que eu estava muito ansiosa para o ano seguinte.

É importante ressaltar que esse foi um período conturbado na minha vida. Eu havia passado por um ano com uma forte depressão devido a perdas que tive, e principalmente, por estar fazendo uma faculdade que naquele momento não era o mais importante pra mim: eu sonhava desde os 14 anos em ir para um projeto missionário e sabia que essa era a vontade de Deus. 

No final do mesmo ano, terminei meu antigo namoro por termos propósitos e chamados diferentes, tranquei minha faculdade e finalmente iria para o lugar que muito tempo queria ir.

O Maia entra nessa história como um bom amigo hahaha. Ele me ajudou em muitas coisas. Fazia o possível pra me deixar bem e confortável, já que estava longe de casa pela primeira vez. Logo, dessa amizade foi surgindo um sentimento diferente.

Para os que conhecem o projeto Wake Up, e para aqueles que ainda não, há uma regra clara: não é permitido iniciar namoro no período do curso, e isso refere-se ao tempo de 6 meses.

Eu entendi claramente que se fosse para concretizarmos algo, esses 6 meses seriam uma grande prova. 

Fiz o Wake Up, curti muuuito cada momento, vivi tanta coisa que a tanto tempo sonhava. Descobri dons que não imaginava ter e me vi sendo usada por Deus em situações inéditas. Ao final desse tempo, nós dois, mesmo não podendo estar tão perto, estávamos mais unidos que nunca. 

Um dia depois da formatura, ele me pediu em namoro para o meu pai e depois, pra mim. Foi tudo lindo e como sempre sonhei.

Pela convivência diária, já tínhamos certeza do nosso futuro. Os nossos propósitos eram os mesmos, o caminho de vida que queríamos trilhar era o mesmo, ninguém precisaria se anular para conseguir fazer parte da vida um do outro.

Cerca de quatro meses depois, já noivamos, e oito meses depois do noivado, casamos.

Casamos em meio à pandemia, onde tudo era incerto, e ficamos com as certezas que Jesus já havia dado pra nós. O nosso casamento foi super simples, tudo realmente feito por nós, desde as lembrancinhas até a decoração do local, mas em tudo Jesus estava presente. 

Esse é um resumo da minha história de amor, aquela que eu sonhava desde pequena. Por inúmeros dias pensei que jamais teria uma história tão linda como as outras que já havia lido no Fémenina anos atrás. Mas nosso Deus é um Deus que cuida de tudo.

Ele cuidou do meu coração. Ele me restaurou dos “machucados” que eu mesma fiz. Ele sarou as dores de um passado todo errado. Ele me perdoou. Não tive paz quando as coisas não estavam do jeito dEle, mas Ele me deu paz quando os nossos planos estavam seguindo o mesmo rumo. Jesus cuidou de tudo pra mim, e certamente tem cuidado de tudo pra você. Nosso Deus faz tudo perfeito!

Júlia Schulz Maia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Postagens Recentes

Categorias