FéMenina

História de Amor — Júlia e Eduardo

Oii­ie meni­na do Fé! Tudo bem contigo?

Hoje estou aqui pra con­tar a min­ha história de amor pra vocês e te inspi­rar a con­tin­uar son­han­do com a sua.

Me chamo Júlia, ten­ho 23 anos e sou casa­da com o Eduar­do (mais con­heci­do como Maia) de 30 anin­hos haha. Esta­mos casa­dos há ape­nas 6 meses e já vive­mos tanto.

Nos­so primeiro con­ta­to foi há cer­ca de três anos atrás, em um acam­pa­men­to de car­naval. Nes­sa época, nós dois está­va­mos namoran­do com out­ras pes­soas e nen­hum inter­esse surgiu entre nós (obvi­a­mente haha­ha). Porém, lem­bro clara­mente que quan­do olhei pra ele no pal­co, tocan­do bate­ria, e uma con­heci­da falou o quan­to acha­va ele boni­to, eu logo pen­sei “é boni­to, mas deve ser meti­do demais, cre­do” HAHAHA mal sabia o que esta­va por vir. 

Vários meses se pas­saram até ter­mos con­ta­to nova­mente. Começamos a nos aprox­i­mar por con­ta da min­ha decisão de faz­er o Wake Up e ir pra Fac­ul­dade Batista Pio­neira. Lem­bro que con­ver­sa­va com ele e out­ras pes­soas que já estu­davam na FBP, já que eu esta­va muito ansiosa para o ano seguinte.

É impor­tante ressaltar que esse foi um perío­do con­tur­ba­do na min­ha vida. Eu havia pas­sa­do por um ano com uma forte depressão dev­i­do a per­das que tive, e prin­ci­pal­mente, por estar fazen­do uma fac­ul­dade que naque­le momen­to não era o mais impor­tante pra mim: eu son­ha­va des­de os 14 anos em ir para um pro­je­to mis­sionário e sabia que essa era a von­tade de Deus. 

No final do mes­mo ano, ter­minei meu anti­go namoro por ter­mos propósi­tos e chama­dos difer­entes, tran­quei min­ha fac­ul­dade e final­mente iria para o lugar que muito tem­po que­ria ir.

O Maia entra nes­sa história como um bom ami­go haha­ha. Ele me aju­dou em muitas coisas. Fazia o pos­sív­el pra me deixar bem e con­fortáv­el, já que esta­va longe de casa pela primeira vez. Logo, dessa amizade foi surgin­do um sen­ti­men­to diferente.

Para os que con­hecem o pro­je­to Wake Up, e para aque­les que ain­da não, há uma regra clara: não é per­mi­ti­do ini­ciar namoro no perío­do do cur­so, e isso ref­ere-se ao tem­po de 6 meses.

Eu enten­di clara­mente que se fos­se para con­cretizarmos algo, ess­es 6 meses seri­am uma grande prova. 

Fiz o Wake Up, cur­ti muu­uito cada momen­to, vivi tan­ta coisa que a tan­to tem­po son­ha­va. Desco­bri dons que não imag­i­na­va ter e me vi sendo usa­da por Deus em situ­ações inédi­tas. Ao final desse tem­po, nós dois, mes­mo não poden­do estar tão per­to, está­va­mos mais unidos que nunca. 

Um dia depois da for­matu­ra, ele me pediu em namoro para o meu pai e depois, pra mim. Foi tudo lin­do e como sem­pre sonhei.

Pela con­vivên­cia diária, já tín­hamos certeza do nos­so futuro. Os nos­sos propósi­tos eram os mes­mos, o cam­in­ho de vida que queríamos tril­har era o mes­mo, ninguém pre­cis­aria se anu­lar para con­seguir faz­er parte da vida um do outro.

Cer­ca de qua­tro meses depois, já noiva­mos, e oito meses depois do noiva­do, casamos.

Casamos em meio à pan­demia, onde tudo era incer­to, e ficamos com as certezas que Jesus já havia dado pra nós. O nos­so casa­men­to foi super sim­ples, tudo real­mente feito por nós, des­de as lem­branc­in­has até a dec­o­ração do local, mas em tudo Jesus esta­va presente. 

Esse é um resumo da min­ha história de amor, aque­la que eu son­ha­va des­de peque­na. Por inúmeros dias pen­sei que jamais teria uma história tão lin­da como as out­ras que já havia lido no Fémeni­na anos atrás. Mas nos­so Deus é um Deus que cui­da de tudo.

Ele cuidou do meu coração. Ele me restau­rou dos “machu­ca­dos” que eu mes­ma fiz. Ele sarou as dores de um pas­sa­do todo erra­do. Ele me per­doou. Não tive paz quan­do as coisas não estavam do jeito dEle, mas Ele me deu paz quan­do os nos­sos planos estavam seguin­do o mes­mo rumo. Jesus cuidou de tudo pra mim, e cer­ta­mente tem cuida­do de tudo pra você. Nos­so Deus faz tudo perfeito!

Júlia Schulz Maia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Postagens Recentes

Dia de render graças

Na data de hoje, em alguns país­es do mun­do, cel­e­bra-se o Dia de Ação de Graças. Meu intu­ito aqui não é traz­er aspec­tos históri­cos, culturais,

Leia mais »

Frustrações

Quan­do somos cri­anças, dese­jamos muitas coisas. Quer­e­mos aque­le brin­que­do que é lança­men­to, uma roupa igual aque­la que a mel­hor ami­ga tem, a nova sandália ou

Leia mais »

Viajando juntas

Esta sem­ana nós temos fal­a­do sobre amizades aqui no fé! Ami­gas que oram jun­tas, que cam­in­ham jun­tas… e hoje vim falar um pouquin­ho sobre amigas

Leia mais »

Investindo em Boas Amizades

Des­de a esco­la à igre­ja e ativi­dades extra, é prováv­el que você este­ja rodea­da de ami­gas. Algu­mas que você con­hece há muito tem­po, out­ras nem

Leia mais »

Desconstruindo um TABU

O que é a vida ide­al para a maio­r­ia de nós?🤔 Talvez seja con­tin­uar sendo chama­da de prince­sa mes­mo após adul­ta, encon­trar o seu príncipe do

Leia mais »

Categorias