eu-uma-discipuladora

Eu – uma discipuladora?

Ter uma discipuladora é como ter uma professora que ensina a matéria mais importante da vida – só que fora da sala de aula. Alguém que ensina, que é divertida, que é séria quando precisa ser, que está perto para nos ouvir quando mais precisamos. É alguém que ensina a Bíblia, ensina princípios, dá conselhos, oferece os ouvidos e acima de tudo ensina sobre Jesus. Você já tem alguém assim?

Ao longo de sua vida, provavelmente, você terá muitas discipuladoras e poderá ser discipuladora de muitas meninas também. Por isso, preste atenção em duas coisas importantes na hora de seguir os passos de alguém:

1. Ela ama a Deus?

Amar a Deus de todo o coração é indispensável para poder falar sobre Ele. “Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento” (Mateus 22:37).

2. Ela busca aprender e parecer-se com Jesus?

Quando você pensa em alguém para seguir os passos, aprender, sempre precisa ficar atenta se esta pessoa se parece com Jesus, se é amável, bondosa, paciente, fiel, etc. “Aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas” (Mateus 11:29).

É muito bom ter alguém por perto para abrir o coração e ser ensinado, pois nem sempre estamos fazendo aquilo que agrada a Deus e precisamos de correção. Nem sempre estamos super felizes e precisamos de abraços bem apertados de pessoas que amam a Jesus.

Ter uma discipuladora é ter alguém para aprender tudo o que puder para poder começar a aventura do telefone sem fio. Opa! Deixe, eu te explicar melhor sobre isso. Eu tenho quase certeza que você já brincou de telefone sem fio. Estou certa? Nesta brincadeira, fazemos um círculo e uma das crianças recebe uma frase ou palavra que deve ser repassada individualmente, no ouvido do próximo colega que também deve repassar ao outro, até chegar na primeira pessoa que disse a frase.

O discipulado é como um telefone sem fio diferente. Quem começou a brincadeira, não apenas vai passar o conhecimento sobre Jesus, mas vai explicar bem direitinho o seu significado, vai mostrar com a vida, vai ensinar com calma e o próximo do círculo, vai aprender a fazer a mesma coisa e vai repassar para o outro, que vai repassar para outro e isso se tornará uma aventura sem fim. Por isso, preste muita atenção em tudo o que você tem aprendido, pois vai chegar a sua vez de ser uma discipuladora de alguém. Que tal, desde agora, você se preparar?

Anote as dicas:

  1. Ame muito a Jesus – daquele amor de preencher o coração;
  2. Leia a Bíblia e memorize partes dela – sublinhe os textos que mais mexem no seu coração – isso te ajudará a levar o que você tem aprendido para todos os lugares que você for: escola, casa, shopping, parques. Se a Bíblia estiver na sua mente e coração, você sempre poderá fazer a melhor escolha;
  3. Importe-se com seus amigos e amigas – aprenda a olhar o coração das pessoas, muitas vezes elas podem estar passando por momentos muito difíceis e estarem disfarçando. Pergunte sobre a família, convide-os para irem a sua igreja, fale de Jesus para eles;
  4. Vá a igreja – aprenda a louvar e adorar a Deus e, além disso, estar junto com pessoas que amam a Deus “alimenta” o coração;
  5. Ore de verdade – tenha um tempo todo o dia – só seu e de Deus. Fale com Ele como se estivesse falando com seu melhor amigo;
  6. Conte a alguma amiga o que você tem aprendido nos encontros;
  7. Leia bons livros e anote tudo o que você tem aprendido com Deus. Anotar em um diário, ou até mesmo digitar e salvar numa pastinha no computador, faz-nos memorizar melhor os conteúdos.

Grave isto em seu coração: sempre que você aprende algo novo com Jesus, tem experiências com Ele é como se você estivesse escrevendo um livro que mais para a frente poderá ler para outras meninas. A Bíblia, em Tito 2.4, fala que as mulheres mais velhas devem ensinar as mais novas. Fique esperta, pois você já, já, poderá repassar para as outras meninas tudo o que você tem aprendido com a sua discipuladora.

Ps: Se você ainda não tem uma discipuladora, ore a respeito disso e converse com o seu Pastor. Ele poderá te ajudar a encontrar uma mulher especial na sua igreja para te acompanhar e cuidar.

Um beijo,

Martinha

Posted in Adole-ser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *