FéMenina

Confiar e Obedecer

Olá flor, espero que este­ja bem!

Mas se você não se sente tão bem assim, eu te enten­do. Nem sem­pre esta­mos ple­nas e ain­da mais nesse perío­do tão criti­co que atravessamos.

“O Sen­hor, o Sober­a­no, é a min­ha força;

ele faz os meus pés como os do cervo;

faz-me andar em lugares altos.”

Este ver­sícu­lo de Habacuque 3.19 é lin­do, exal­ta ao Sen­hor, colo­ca nEle con­fi­ança e esper­ança saben­do que o que Ele fará sem­pre é o mel­hor.  Mas essas palavras gan­ham mais sen­ti­do e força para nós quan­do vemos o con­tex­to em que o pro­fe­ta esta­va, pois o momen­to não era nada pos­i­ti­vo. Ao ler os 2 primeiros capí­tu­los vê-se como nem ele entende essa situ­ação e como que­ria que Deus viesse em res­gate do seu povo. E nos ver­sos ante­ri­ores a esse em destaque, depois de tudo que ele fala final­iza inten­cional­mente se colo­can­do na posição de ser­vo obe­di­ente e que espera em seu Sen­hor. É lin­do de ver, não foi nada fácil declarar isso, assim como quan­do enfrenta­mos dias maus não é fácil ter esper­ança, mas sabe­mos em quem temos a nos­sa esperança. 

A nos­sa fonte de vida é alguém que sabe muito bem o que é não ter esper­ança, sofr­er e se sen­tir só. Em João 16:33 Jesus nos deixa um lem­brete: “Eu disse essas coisas para que em mim vocês ten­ham paz. Neste mun­do vocês terão aflições; con­tu­do, ten­ham âni­mo! Eu ven­ci o mun­do”.

E assim como Habacuque (3:17–18) pos­samos declarar:

“Mes­mo não flo­rescen­do a figueira

e não haven­do uvas nas videiras,

mes­mo fal­han­do a safra de azeitonas

e não haven­do pro­dução de ali­men­to nas lavouras,

nem ovel­has no curral,

nem bois nos estábulos,

ain­da assim eu exultarei no Senhor

e me ale­grarei no Deus da min­ha salvação.”

Neste tem­po que pos­samos nos saciar na fonte de esper­ança que é Cristo, trazen­do a memória coisas boas. Aqui deixo uma dica de pod­cast muito ani­mado­ra que você seja toca­da como eu fui.

Esper­ança Durante a Pan­demia | Pod­cast Glo­cal EP16T07 https://www.youtube.com/watch?v=Nx3AxBO3tKE

Grande abraço,
Ked­ma Barros.

Postagens Recentes

Sangue do meu sangue

Sangue do meu sangue “O ami­go ama em todo o tem­po, e na angús­tia nasce o irmão. ” (Pv 17.17). “Ami­go é o irmão que

Leia mais »

Categorias