FéMenina

Como usar a criatividade de maneira correta nas redes sociais?

Nesse mês de jun­ho esta­mos falan­do sobre a cria­tivi­dade, e se você está acom­pan­han­do as redes soci­ais do Fémeni­na, já deve ter vis­to os difer­entes con­teú­dos que estão rela­cionadas ao ato de cri­ar, por que e para quê exercer a cria­tivi­dade cri­a­da por Deus.

Nos últi­mos anos, as redes soci­ais tomaram con­ta da vida das pes­soas. É difí­cil encon­trar alguém, até mes­mo de ger­ações ante­ri­ores, que não pos­sua aces­so a algu­ma rede social, seja What­sApp, Face­book ou Insta­gram (as prin­ci­pais). O que antes só era vis­to por meio da TV e lido em revis­tas, hoje pode ser visu­al­iza­do em qual­quer lugar e horário por meio das redes soci­ais no celu­lar.  Através delas todos nós con­sum­i­mos algum tipo de con­teú­do, por vídeo, tex­to, músi­ca ou ape­nas imagem. Inde­pen­dente do for­ma­to, através daque­le con­teú­do, alguém tem o obje­ti­vo de trans­mi­tir algu­ma mensagem.

Com isso, as redes soci­ais têm se con­sol­i­da­do cada vez mais como um gigante “acer­vo” de con­teú­do, de todos os tipos e opiniões. Então, como pos­so me inserir nesse mun­do, usar a cria­tivi­dade de for­ma cor­re­ta e ain­da ser orig­i­nal, crian­do algo relevante?

Vamos lá, algu­mas obser­vações que pre­cisamos levar em con­ta ao colo­car em práti­ca a nos­sa cria­tivi­dade nas redes sociais:

  1. Faça para a glória de Deus - “Por­tan­to, se vocês comem, ou bebem ou fazem qual­quer out­ra coisa, façam tudo para a glória de Deus. ” (1Co 10.31).

Deus nos chamou para edi­ficar-nos uns aos out­ros, dis­cip­u­lar pes­soas, procla­mar sua palavra. Você pre­cisa ter em mente que trans­mi­tir con­teú­do nas redes soci­ais é para servir, não para gan­har. Como cristão, faz­er com o obje­ti­vo de aju­dar out­ras pes­soas. Os resul­ta­dos são ape­nas um bônus à parte.

  1. Con­teú­do do coração“A pes­soa boa tira o bem do bom tesouro do coração, e a pes­soa má tira o mal do mau tesouro; porque a boca fala do que está cheio o coração.” (Lc 6.45).


A boca fala daqui­lo que o coração está cheio, e assim tam­bém é nas redes soci­ais. Basi­ca­mente, a inter­net reflete aqui­lo que somos e que con­sum­i­mos. Sendo assim, se você con­some con­teú­do de qual­i­dade e a sua intenção é ensi­nar as pes­soas ao seu redor, você con­seguirá trans­mi­tir aqui­lo que fez e/ou faz difer­ença primeiro em você.

  1. Cuide da sua mente“Final­mente, irmãos, tudo o que é ver­dadeiro, tudo o que é respeitáv­el, tudo o que é jus­to, tudo o que é puro, tudo o que é amáv­el, tudo o que é de boa fama, se algu­ma vir­tude há e se algum lou­vor existe, seja isso o que ocupe o pen­sa­men­to de vocês. ” (Fp 4.8).

Assim como na vida, nas redes soci­ais é pre­ciso ter a sabedo­ria e dis­cern­i­men­to como um fil­tro. É muito fácil ser lev­a­do pelas polêmi­cas, chatear-se com comen­tários neg­a­tivos ou cri­ar expec­ta­ti­vas, mas nem tudo é rel­e­vante. Se não tem relação com os teus obje­tivos, man­ten­ha o foco e con­tin­ue normalmente.

  1. Seja per­se­ver­ante - “E não nos canse­mos de faz­er o bem, porque no tem­po cer­to fare­mos a col­hei­ta, se não desan­i­mar­mos.” (Gl 6.9).

Para cri­ar, é pre­ciso ter um foco, um obje­ti­vo. Fale sobre o que é rel­e­vante para você, não tente faz­er só porque out­ros fazem ou falam. A par­tir do obje­ti­vo, você con­seguirá apro­fun­dar mais e mais, sem­pre cuidan­do do foco prin­ci­pal. Mes­mo que ven­ha o desân­i­mo, lem­bre-se que se ape­nas uma pes­soa foi alcança­da com o seu con­teú­do, já fez a diferença.

Essas são ape­nas qua­tro obser­vações de muitas que pre­cisam ser lev­adas em con­ta. Inde­pen­dente da rede social que você está ou quer atu­ar, é necessário colo­car ess­es detal­h­es em práti­ca. Inclu­sive se você aux­il­ia nas redes soci­ais da igre­ja, fique aten­to, pois é muito impor­tante todo o cuida­do ao trans­mi­tir um conteúdo.

Assim como Jesus e seus dis­cípu­los uti­lizaram as fer­ra­men­tas cul­tur­ais da época para mar­car aque­la ger­ação, nós temos ao nos­so dis­por mui­ta capaci­dade e cria­tivi­dade para faz­er a difer­ença na sociedade em nome do Reino de Deus.

Um abraço, Taynara.

Postagens Recentes

Descomplicando a Teologia Bíblica

Hoje vamos ten­tar descom­plicar para você o sig­nifi­ca­do de Teolo­gia Bíbli­ca. Em primeiro lugar, Teolo­gia Bíbli­ca não é opos­to de teolo­gia heréti­ca, ou seja, não

Leia mais »

Categorias