FéMenina

COMO FAZER SEU DEVOCIONAL

Olá flor, espero que este­ja bem!

Hoje o papo é sério! Já fez seu devo­cional hoje? Você tem este saudáv­el hábito de parar com tudo para falar com Deus, ouvir sua voz e pas­sar tem­po de qual­i­dade com Ele?

Bom, quan­do amamos alguém, quer­e­mos pas­sar muito tem­po com esta pes­soa, mas só amamos de fato a quem con­hece­mos e só con­hece­mos aque­les que con­vive­mos. Acho que já deu para enten­der onde eu quero chegar né? (rs). Tiran­do os mitos cri­a­dos para este momen­to, as dúvi­das sobre o que faz­er e como faz­er são bem per­ti­nentes. Vamos lá! É mais fácil do que parece, é só começar (rs).

Em primeiro lugar, que mate­r­i­al devo usar? R: A Bíblia! Se você é nova na fé ou não tem famil­iari­dade com o tex­to bíbli­co, sugiro ver­sões com lin­gua­gens mais fáceis como a NVI, NVT ou até mes­mo a NTLH. Você encon­tra facil­mente estas ver­sões no app gra­tu­ito chama­do You­Ver­sion. E por falar neste app, caso sin­ta-se mais con­fortáv­el, ele con­ta com um mate­r­i­al de apoio onde tem vários planos legais e direcionados.

Em segun­do lugar, quan­do devo faz­er o devocional?
R: Pro­cure um horário que você pos­sa parar tudo. Não pre­cisa nec­es­sari­a­mente ter uma lon­ga duração, mas a par­tir de 15 min­u­tos você já con­seguirá aproveitar muito bem o devo­cional. E ao pas­sar dos dias, vá sep­a­ran­do mais temp­in­ho para o Sen­hor. Você consegue?

Ago­ra, em ter­ceiro lugar, onde devo fazer?
R: De prefer­ên­cia em um lugar tran­qui­lo que você pos­sa se con­cen­trar. Escol­ha um can­tinho especí­fi­co. Isso aju­da seu cére­bro a cri­ar o hábito de faz­er o devo­cional, e a enten­der o proces­so de parar tudo, pegar a Bíblia e se sen­tar. Assim, você estará muito mais foca­da para faz­er o devo­cional. Ah! E out­ra coisa impor­tante: o celu­lar deve ficar fora deste can­tinho e no modo silen­cioso! Ape­nas se você real­mente não pud­er usar a Bíblia impres­sa, o app estará lib­er­a­do. Mas desligue as noti­fi­cações, evite as distrações.

Por fim, como devo faz­er o devocional?
R: Bom, exis­tem N maneiras – e eu mes­ma pode­ria lis­tar várias delas – porém, acho que mais atra­pal­ha do que aju­da. Você iria pas­sar mais tem­po lendo o “como faz­er” do que de fato fazen­do o devo­cional. Mas para te dar um “empurrãoz­in­ho” até você achar um modo mais pes­soal de faz­er, lhe sugiro este:

1. Ado­ração: adore ao Sen­hor por quem Ele é, por seus atrib­u­tos. Gaste tem­po conhecendo-os.
2. Leitu­ra: se você for ini­ciante nis­so, comece pelo Evan­gel­ho de Mar­cos e depois pode ir alter­nan­do os livros. Não recomen­do você a ler livros simultâ­neos e pela metade. Provavel­mente você não cos­tu­ma faz­er isso com um livro de romance lendo, por exem­p­lo, o capí­tu­lo 5, depois pulan­do para o 10º, depois para o 12º, e voltan­do para o 1º. Tente ler os livros pequenos que podem ser lidos de uma úni­ca vez. Tente tam­bém ler uma porção por com­ple­to, por exem­p­lo, a história de algum per­son­agem que se pas­sa em 4 capí­tu­los con­sec­u­tivos como a de Jonas, para que a sua com­preen­são seja mel­hor acer­ca do contexto.
3. Med­i­tação: sig­nifi­ca o que você enten­deu do tex­to. Se per­gunte: qual é o princí­pio do tex­to? Como aplicá-lo em min­ha vida de for­ma práti­ca? O que hoje, a par­tir do que eu li, vou mudar em min­ha vida?
4. Oração: ore o tex­to bíbli­co. Se há algo que o tex­to lhe mostrou que você deve mudar em sua vida, peça aju­da ao Sen­hor. Ele é o dono da obra em você. Ao pas­sar do tem­po você pode acres­cen­tar um cader­no de ano­tações para suas orações, pedi­dos, ou até mes­mo para algo que você tirou de lição na med­i­tação. Mas lem­bre-se: este não é o foco. Não se deixe ficar pre­sa em práti­cas e proces­sos. O devo­cional é o seu momen­to de se rela­cionar com um Deus pes­soal. Bom, espero ter aju­da­do. O mais impor­tante é faz­er! Se você ficar algum dia sem faz­er o devo­cional, não fique dois.

Grande abraço,
Ked­ma Barros.

Postagens Recentes

Descomplicando a Teologia Bíblica

Hoje vamos ten­tar descom­plicar para você o sig­nifi­ca­do de Teolo­gia Bíbli­ca. Em primeiro lugar, Teolo­gia Bíbli­ca não é opos­to de teolo­gia heréti­ca, ou seja, não

Leia mais »

Categorias