incomparavel-jen-wilkin-1

Incomparável – de Jen Wilkin | Dica de Livro FéMenina

Incomparável – de Jen Wilkin é a Dica de Livro aqui no FéMenina. Venha ver se vale a pena essa leitura! 😃

Acredito que você consiga dizer alguns dos atributos de Deus, mas você já pensou  em como você se relaciona com isso? Muitas vezes queremos ser como Deus, queremos ser auto existentes, autossuficientes, eternas, imutáveis, onipresentes, oniscientes, onipotentes, soberanas, infinitas e incompreensíveis, sem nem perceber. Ou esperamos que outras pessoas sejam assim, colocamos alguém como deus em nossa vida e depois nos frustramos, por elas não agirem como esperávamos. Porém essas características são somentes de Deus. E isso é bom.

Tentamos medir, controlar, quantificar, esquecemos que temos limites e ficamos frustradas ao não conseguir dar conta de tudo. Mas, Jen Wilkin nos convida em seu livro a aceitarmos nossos limites como um meio para glorificar Deus e a celebrar a liberdade que temos em não estar no controle e descansar no Deus incomparável.

A vida é curta e preciosa demais para gastarmos tempo temendo as coisas erradas, de maneiras erradas.

Este livro nos leva a refletir sobre a forma correta de temermos a Deus e se é dessa maneira que temos agido. Nos leva a colocar Deus no lugar devido em nossas vidas. Reconhecer quem Ele é, um Deus sem limites, diferente de qualquer outra pessoa em nossas vidas.

O livro tem uma linguagem fácil e fluída, então não fique com medo caso não tenha costume de ler muitos livros, é quase uma conversa com a autora. Também é muito bom você usar um caderninho para acompanhar e anotar trechos que te marcaram e responder as perguntas de reflexão que a autora faz no final dos capítulos. É um ótimo livro para usar em leituras conjuntas também.

É uma leitura muito enriquecedora para qualquer cristão, mulher, homem, novo convertido ou mais maduros e necessário para todos nós. Irá te ajudar a reconhecer pecados, rever conceitos sobre quem Deus é, transformar seu relacionamento com o criador e até com outras pessoas. Foi um dos livros que mais me tocou até hoje e ainda hoje fala muito ao meu coração e espero que você também possa crescer em maturidade com esse livro.

Larissa Lana

Obs: O preço dele na Editora Fiel está por R$42,00, mas na Amazon dá pra encontrar mais barato e o ebook está por R$10 e está disponível pra quem é assinante. 🙂

através dos portais do esplendor

Através dos Portais do Esplendor

“A história que chocou o mundo, mudou um povo e inspirou uma nação.”

Esse livro relata a incrível e admirável história de cinco missionários americanos que juntamente com as suas famílias mudaram-se para o Equador na década de 1950 e tinham como alvo principal pregar o amor de Jesus, para a tribo Auca, considerada a mais difícil tribo indígena da floresta equatoriana, devido ao seu histórico de violência e assassinato àqueles que tentavam uma aproximação, no sentido de defesa, porque o invasor branco que ali chegara anteriormente e infelizmente, lhes havia mostrado o caminho para tal comportamento.

Jim Elliot, Nate Saint, Roger Youderian, Pete Fleming e Ed McCully deixaram o prestígio, o conforto e a estabilidade dos quais desfrutavam na América do Norte e vieram para a América do Sul trabalhar com indígenas da floresta. Esses cinco homens tinham em comum, além do amor à Cristo, um profundo e consciente senso do seu chamado missionário e a convicção daquilo que Paulo fala em Filipenses 1.21: “o viver é Cristo e o morrer é lucro”.

Homens de valor que conheciam o Deus ao qual serviam e que entrosados, em um mesmo espírito, prontos ao serviço abnegado, desafiaram a morte para falar do amor de Jesus aos Aucas. Desafiaram e foram realmente mortos de forma brutal pelos indígenas, mas a morte não teve a vitória final porque o improvável aconteceu. Suas esposas e alguns familiares apesar da dor em meio a tragédia, não desistiram de pregar o evangelho aos índios. Elisabeth Elliot, esposa de Jim Elliot e Rachel Saint, irmã de Nate Saint, o piloto missionário, mudaram-se para a tribo dos assassinos de seus entes queridos à convite do chefe Auca e com o tempo a hostilidade e a violência daqueles indígenas foi sendo transformada com a poderosa mensagem do evangelho.

A narrativa escrita por Elisabeth Elliot, traz ao leitor, abençoadoras palavras escritas por seu marido Jim em seu diário, a respeito do claro chamado de Deus para ele e do quanto sentia-se honrado e privilegiado por ser escolhido para tão nobre missão:

“A vida é mesmo parecida com um vapor que se levanta, serpenteando, evanescente, mudando de curso. Que o Senhor nos ensine o significado de viver tendo em mente o final, como Paulo afirmou: ‘Mas em nada considero a vida preciosa demais para mim mesmo, contanto que cumpra com alegria a minha carreira.” Pgs 18 e 19.

Embora, tensão e pavor permearam as agências missionárias daquela época, algo extraordinário aconteceu: não houve falta de missionários para os campos, muito pelo contrário, a coragem, a determinação, a fidelidade e a bravura de Jim, Nate, Pete, Roger e Ed animaram, contagiaram e despertaram muitos cristãos em diversas partes do globo. A obra missionária não teve baixas. O que ocorreu foi um levante de homens e mulheres, que com intrepidez, continuaram e continuam até os dias de hoje, levando o evangelho da graça aos que ainda não conhecem o Deus da graça.

Se quiseres ser impactada e despertada, possivelmente o serás por meio dessa emocionante e inspiradora biografia missionária.

Boa leitura, meninas de Fé!

No amor de Jesus, Helen.