aonde-estiver-campo-missionário

Aonde estiver, campo missionário

Seu coração arde por fazer o nome de Cristo conhecido?

Você sente constante vontade em falar sobre tudo que Ele já fez em sua vida? Contar sobre as mudanças que Ele lhe proporcionou, sobre as dores que Ele sarou, as feridas cicatrizadas…

Qual o seu ânimo para ir e falar aos outros sobre quem Ele é pra você?

Se as suas respostas foram positivas, você realmente tem buscado ser quem Ele espera que você seja.

Vimos no início da semana que, lá em Gálatas 5.22-25, encontramos características que devemos transparecer ao aceitar a Cristo como Senhor e Salvador, sendo então chamadas filhas de Deus. Além desta passagem, vários outros textos tratam com clareza sobre o nosso comportamento quando nascemos de novo em Cristo, além das “missões” deixadas para nós. Um texto muito conhecido, apesar de pouco colocado em prática, está lá em Mateus 28.19-20:

“Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos.”

Jesus não delimita lugares para falar dEle, muito pelo contrário, Ele nos pede para levar Seu nome à todas as nações. Mas, e o que tudo isso tem a ver com ser jovem, universitária e cristã? Pois bem, vamos aos fatos: estive por 4 anos na graduação, e continuo no ambiente acadêmico, e o que posso concluir desse tempo é que, todos os dias, jovens estão descobrindo e se perdendo nos “prazeres” carnais e terrenos que a vida universitária oferece.

Muitos jovens, incluindo “cristãos”, aproveitam a vida universitária para desenvolver um tal de “autoconhecimento”, que mais diz respeito a uma fascinação com todas as coisas que compõem uma vida mundana, levando a uma libertinagem desenfreada. São diversas as experiências que, se você não manter a cabeça no lugar, buscando continuamente intimidade com Deus, pode vir a buscar preencher sua vida com coisas que apenas nos afastam de Cristo.

Ao ingressar na universidade, ou mesmo você que já está inserida neste contexto, não esqueça de quem você é, e de quem Cristo espera que você seja. Escolha, então, desempenhar a maior missão deixada por Ele: cumpra seu IDE na universidade! Os seus colegas, professores, e todos os que te cercam estão sedentos por ouvirem o amor de Cristo. Escolha fazer da sua universidade o seu campo missionário!

Não precisa analisar muito para perceber que a atual situação dos acadêmicos está cada vez pior! Em uma rápida busca na web, encontramos informações que demonstram que os índices de depressão, ansiedade, ataques de pânico, e até mesmo suicídio só tem aumentado nesse meio. A pressão da vida universitária, com várias disciplinas, provas, trabalhos e prazos apertados só tem afetado negativamente a vida de diversos jovens.

Aproveite essa situação para brilhar a luz de Cristo nesse meio que tanto precisa de amor. Aproveite para confortar seus colegas, compartilhando sobre a paz que apenas Ele pode nos dar. Aproveite para espalhar as boas novas que um dia chegaram até você. Não tenha vergonha ou fique reprimida por optar não participar de determinadas ocasiões que não acrescentam em nada na sua vida com Cristo e, pelo contrário, podem te levar a se afastar do nosso Criador. A vida na universidade nos abre diversas portas para as mais “incríveis experiências” que o mundo oferta aos nossos ouvidos todos os dias.

É triste ver o quanto isso tem afetado a vida dos jovens nas Igrejas. Muitos optando (e se saindo muito bem) por uma vida dupla: durante semana se esbaldam em uma vida completamente contrária ao que Cristo espera de nós, e aos finais de semana batem o ponto na Igreja, sem nunca apresentar nenhum sinal de arrependimento e mudança de comportamento. É comum, e não precisa ser expert para notar que nossos jovens cristãos estão conseguindo se adaptar muito bem, e muito rapidamente, a uma vida dupla. Afinal, apesar da mudança no Instagram quanto aos likes, a vida segue sendo pura aparência.

Menina, não se perca pensando que você precisa participar de coisas que não agradam a Deus para conseguir se enturmar. Não perca a cabeça pensando precisar da aprovação de seus colegas para ter anos tranquilos de convivência durante a graduação. Cristo nos chamou para sermos a diferença nesse mundo que caminha para a perdição. Escolha ser luz e falar de Jesus onde ele lhe plantou! Escolha ser missionária no meio de jovens sedentos pela Palavra de cura e amor que nosso Salvador tem! Uma vida com Cristo pede que sejamos a diferença, mesmo em ambientes que pareça impossível louvar à Ele. A decisão é sua, entre andar com Deus ou dar as mãos para aqueles que só tem a lhe oferecer a perdição.

Caroline Sebem

Posted in Conselhos de amiga.

One Comment

  1. Nossa esse texto veio exatamente na hora, nesse segundo semestre ingressei na Universidade, e portanto me preocupo bastante com essas questões.
    Excelente texto meninas!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *