A roupa fala!

Você já olhou para alguém e, mesmo antes de conhecê-la, involuntariamente formou uma imagem a seu respeito apenas pela forma como tal pessoa se vestia? Eu já. E por favor, não me entenda mal. Não tenho o menor orgulho disso, e de forma alguma acredito que a aparência de alguém defina quem ela é por dentro. Estou longe, muito longe de pensar assim.

O fato é que todos nós agimos dessa forma, mesmo sem desejar tais pensamentos. Isso porque a maneira como nos vestimos transmite uma mensagem, mesmo que não sejamos intencionais nisso. Moda é uma forma de comunicação, basta olhar para a História. As indumentárias sempre refletiram a cultura, a economia, os costumes e as condições sociais de sua época.

Da mesma forma, ainda que hoje existam milhares de opções em peças acessíveis, que agradam aos mais variados estilos, a roupa continua falando. Não, definitivamente nossas roupas não definem nosso caráter, nosso coração ou mesmo nossa comunhão com Jesus. Mas elas podem – e provavelmente irão – refletir isso em nós.

Certa vez, em um acampamento de jovens da igreja da qual faço parte, estávamos tendo um tempo muito legal entre as meninas, e lembro que uma de minhas amigas comentou: “ao final destes dias de acampamento, uma das coisas em que mais tenho pensado é que desejo refletir Cristo em tudo o que fizer. Na minha fala, em meu comportamento, na forma como me visto… Quero agradá-Lo em tudo”. Penso que seja exatamente isso o que devemos desejar. Não nos vestimos com decência para parecermos filhas de Deus; mas porque somos suas filhas amadas, nos vestimos como tais.

Em 1 Coríntios 10:31 lemos: Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.

E o que isso significa? Que em tudo, absolutamente tudo o que fizermos, precisamos analisar nossas intenções e refletir se elas trarão glória ao nosso Senhor. Se decidimos entregar nossas vidas a Jesus, precisamos entender que a entrega é completa. Querida, uma vez aceito o senhorio de Cristo sobre nós, Ele precisa ser o dono dos cantos mais profundos de nossa alma, do nosso coração e das nossas ações. E pode ter certeza que Ele fará isso.

Reflita comigo: ao escolher determinada peça de roupa, qual a sua motivação para vesti-la? Como será que as pessoas ao seu redor irão interpretar sua “mensagem”? Sua roupa exaltará Jesus em você ou apenas irá expor seu físico? Lembre-se que o Espírito do próprio Deus habita em nós, e que somos Seu santuário (1 Coríntios 3:16). Quanta honra! E é exatamente por este grande privilégio dado a nós, que devemos sempre pedir a orientação do Espírito Santo em cada uma de nossas ações.

Se você tem dúvidas sobre este assunto, peça ajuda para a líder de sua igreja, para alguma mulher mais velha que possa te orientar e te mostrar passos práticos nessas escolhas. Mas por favor, não deixe de refletir sobre isso. Em todas as nossas escolhas (até mesmo nas mais simples e corriqueiras), temos a chance de optar por fazer o nome do nosso Amado conhecido em nós. Que essa seja a minha e a sua escolha todos os dias.

Eu quero me adornar como uma noiva que aguarda ansiosamente pela volta do seu noivo. Desejo que Ele me encontre fiel em todas as minhas decisões, sejam elas grandes ou pequenas. E definitivamente, vou aproveitar todas as oportunidades que me forem dadas para mostrar meu grande amor por Ele. Quer eu coma, quer eu beba, quer eu me vista, ansiarei fazer tudo para Sua maravilhosa glória. E você?

Um abraço,

Caelen Vargas

 

Posted in Edificadas.

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *