Cuidar de Alguém

Uma missão para 2019: Cuidar de Alguém

Reading Time: 3 minutes

Cuidar de Alguém, você já pensou sobre isso para este novo ano?

Desde pequena fui incentivada a me dar bem com todo mundo. Morava numa cidade de menos de 3.000 habitantes  (minha super querida cidade Erebango <3) e minha mãe era professora. Para chegar na escola, nós tínhamos que praticamente atravessar a cidade e neste trajeto, minha mãe cumprimentava todas as pessoas que encontrava, parava para conversar e pedir como estava o filho, o neto ou o “conhecido” que estava doente. Veio dela o meu gosto por boas conversas e pausas para dar vários “olás”. Além disso, ela sempre tinha “vovós de coração” para mim. Ela sempre tratou muito bem as pessoas de idade e me levava com ela nas visitas – até meu nome veio da sugestão de uma vovózinha que era sua amiga.

Com todo este incentivo, seria difícil eu não gostar de me relacionar com pessoas mais velhas. Mas sabemos que nem todas as meninas estão inseridas neste contexto que favoreça a interação de gerações e enfrentam dificuldades em reter, aprender e conviver com pessoas mais experientes.

Se eu te desse o seguinte desafio: “Pense em alguma mulher mais velha que impacta a sua vida”. Qual seria a sua resposta? A minha seria: minha mãe, minha amiga Ana Cláudia, etc. E para ampliar mais ainda este quadro, se pensasse naquelas mulheres que nem se quer conheci, mas fui impactada por suas histórias, falaria sobre Madre Teresa de Calcutá, Corrie Ten Boom e etc.

Ao olhar para a Bíblia, encontramos o texto de Tito 2. Onde Paulo fala da responsabilidade das mais experientes (velhas) ensinarem as mais novas. Já, já vamos falar mais sobre isso, mas uma das preocupações que me vêm a mente, é que algo se perdeu com o tempo. A sede de aprender das mais jovens e a alegria em investir e ensinar por parte das mais experientes. Quem se perdeu em meio a tudo isso? Tito 2:3-5, diz assim:

“Semelhantemente, ensine as mulheres mais velhas a serem reverentes na sua maneira de viver, a não serem caluniadoras nem escravizadas a muito vinho, mas a serem capazes de ensinar o que é bom. Assim, poderão orientar as mulheres mais jovens a amarem seus maridos e seus filhos, a serem prudentes e puras, a estarem ocupadas em casa, e a serem bondosas e sujeitas a seus próprios maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja difamada”.

No contexto em que Paulo escreveu estas palavras, muitas mulheres pagãs tinham por hábito beber até embebedar-se e não usavam seus lábios para o bem. Sim, “até as doces vovozinhas ficavam bêbadas”. E em meio a tudo isso, Paulo chama as cristãs mais maduras para um novo estilo de conduta. Elas deveriam zelar pela forma que viviam e ensinar as próximas gerações a novidade de vida que receberam em Cristo.

Em outras palavras, a conduta e o amor destas mulheres poderiam influenciar e quebrar ciclos pecaminosos e trazer a transformação que alcançaria até os lares das mais novas. Elas seriam bem influenciadas e poderiam agir diferente. Elas poderiam ter famílias diferentes. Elas poderiam reproduzir algo que seria cuidadosamente ensinado por mulheres mais experientes que elas.

Você concorda comigo que podemos aprender muito com este texto?

Aproveito para dizer que se você é jovem e não interage com as mais velhas hoje, não cumprirá o ensino de Tito 2 quando mudar de posição e se tornar “a mais experiente”.  Afinal, reproduzimos o que recebemos e o que continuamente decidimos fazer. Por isso, preste atenção a quem você tem seguido, pois sua vida será reflexo disso.

Por isso, não esqueça que tem muitas mulheres mais experientes que podem te inspirar, ensinar, ajudar, acolher e amar. Cole nelas! Ande com elas e aprenda tudo o que puder. E por sinal, vale lembrar que hoje, você já é mais velha do que alguém e tem tudo em suas mãos para colocar Tito 2 em prática.

Então, minha pergunta é: e você, tem compreendido que sua missão como garota/mulher é ensinar a próxima geração?

Em outras palavras: sua missão é cuidar de alguém. <3

Por isso, pare um tempinho e pense em alguém que você pode se aproximar para aprender o que é bom e em alguém mais jovem que você pode repassar tudo aquilo que você já aprendeu com Deus. Comece hoje e crie uma nova filosofia de vida que se resume em investir em vidas e se alegrar com o crescimento pessoal e espiritual delas. Vamos lá?

“O sucesso nada tem a ver com o que você ganha na vida ou realiza para si mesmo. Sucesso é o que você faz pelos outros”. Danny Thomas

Ps: Se gostou desse tema, sugiro que nas suas férias você leia o livro Sábia e Conselheira de Martha Peace. É um livro m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o sobre como colocar Tito 2 em prática.

Bjus,

Martinha

(Visited 153 times, 1 visits today)
Posted in Conselhos de amiga.

Gostou do post? Deixe seu comentário :)