Beijo

Um beijo nunca é só um beijo

Reading Time: 3 minutes

Hoje o papo é reto! Vamos falar sobre “ficar”

Olá guriasss! Tudo bem com vocês?

Ficar é uma relação afetiva sem compromisso, com qual objetivo? Saciar a carência afetiva e os desejos da carne, ou talvez para ser aceita por um grupo. A carência, os desejos da carne e a pressão das amigas podem influenciar na decisão de se manter pura e firme, mas lembrem-se: meninas que não servem a Deus saem ficando com todo mundo, e você não é assim, você é diferente!

Um beijo, nunca é só um beijo, existem muitas coisas envolvidas (além das bactérias trocadas). O beijo é uma porta de entrada para a intimidade sexual, o desejo carnal aumenta, os pensamentos pecaminosos em relação ao corpo da outra pessoa afloram e logo o beijo não será mais o suficiente.

Infelizmente, essa prática, tem invadido até mesmo grupo de adolescentes e jovens dentro da igreja. E não preciso nem dizer que Deus não se agrada nenhum pouco disso.

O apóstolo Paulo, em sua carta aos Gálatas, escreveu um texto muito interessante sobre O Espírito de Deus e a natureza humana:

“Por isso digo: Vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne. Pois a carne deseja o que é contrário ao Espírito; o Espírito, o que é contrário à carne. Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês não fazem o que desejam. Mas, se vocês são guiados pelo Espírito, não estão debaixo da Lei. Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti: Aqueles que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei. Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos. Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito.” (Gálatas 5.16-25).

Lido esse texto, quero deixar dois destaques que merecem nossa atenção e reflexão:

  1. Não devemos alimentar ou satisfazer os desejos da carne.

Eu amo flores! Mas sou péssima em cuidar das plantinhas, seguidamente esqueço de dar água e pimba! Lá se foram elas… Se nós não alimentarmos algo que vive, esse algo morrerá. Sério! A única maneira de vencer os desejos pecaminosos da natureza humana que habitam em nós é não alimentando esses desejos. Se você se sente pressionada pelas suas amigas a ficar com algum menino, saia dessa! As más companhias corrompem os bons costumes (1Co 15.33). Você deve se manter firme e seguir sua fé e seus princípios cristãos. Se elas forem mesmo suas amigas irão entender que você é diferente! E fique ligada, que essa também é uma ótima maneira de testemunhar sua fé em Jesus.

  1. Quem pratica as obras da carne não herdará o Reino de Deus

Isso é sério! Se você não achou a palavra “ficar” na lista de obras da carne que o apóstolo Paulo nos deixou, deixe-me explicar. Imoralidade sexual diz respeito a muitas coisas, a lascívia (sensualidade), indecência, prostituição. E se olharmos no dicionário, o termo prostituição além de vender o corpo, também significa se corromper, se desonrar, se desmoralizar. Somos morada de Deus. Quem distribui a muitos a sua boca, seu corpo, se deixa usar e usa pessoas para satisfazer suas vontades e desejos está se prostituindo! Ficar também se encaixa no egoísmo, impureza, libertinagem (comportamento imoral, uso da liberdade sem o bom senso). #FalaDeus.

Gurias! Não vim tocar o terror em ninguém. Eu também já fui adolescente e já errei nessa área. Mas não sou eu quem estou falando, é a Palavra de Deus.

Quero que imaginem essa ilustração comigo: imaginem uma maçã bem vermelhinha! Agora pense que essa maçã é o seu coração. Cada vez que você “fica” com alguém essa pessoa dá uma mordida na maçã. Os buraquinhos que ficam das mordidas na maçã não são preenchidos novamente. Assim é com o seu coração, você entrega partes suas que não voltarão. Pense nisso!

Se você está vivendo dessa maneira desonrosa, eu te desafio a se arrepender, a se colocar diante de Deus e passar a viver e andar pelo Espírito. E se você já largou ou nunca entrou nessa vida, eu te desafio a permanecer firme. A recompensa é certa!

Bjs,

Maxi Krüger Araujo

(Visited 322 times, 1 visits today)
Posted in Adole-ser, Conselhos de amiga, Edificadas.

3 Comments

Gostou do post? Deixe seu comentário :)