Toda menina cristã deve ser… missionária!

São palavras de  Charles H. Spurgeon: ‘’Todo cristão ou é um missionário ou é um impostor!’’.

Calma meninas! Não penso que todas  nós temos de ser missionárias de “carreira’’, largar tudo e ir para a África ou Índia viver entre aqueles povos e lhes ensinar do evangelho de Jesus.

Refiro-me, a sermos um referencial do Senhor, buscando a Ele a cada dia e pedindo a direção do Seu Santo Espírito para termos a ousadia necessária, conforme nos orienta Paulo a pregarmos em tempo e fora de tempo, pedir para que Ele nos direcione, nos sensibilize às necessidades daqueles que estão ao nosso redor, em casa, no trabalho, na faculdade, na vizinhança, na igreja e por onde mais nosso Deus nos permitir estar. Gosto muito de uma frase que diz que ser missionário, não é ir para outros continentes, percorrer grandes distâncias, mas sim é a difícil tarefa de sairmos de dentro de nós e irmos ao encontro do outro.

Por onde formos, encontraremos pessoas que sofrem longe de Jesus, devemos ser meninas/mulheres cristãs missionárias. Nossa missão neste mundo é viver, sentir e transmitir o amor do nosso Deus, caso contrário, não haveria motivos para continuarmos neste mundo de dor, pecado e sofrimento.

É muito gratificante quando nos deixamos ser usadas por Deus para sermos semeadoras da Sua palavra. Eu tenho lembranças lindas de vezes que fui a hospitais e vilas bem carentes, levar a mensagem de Cristo, como estes momentos foram importantes para o meu crescimento espiritual! Incentivo as pessoas a participarem de eventos deste tipo, porque eles nos fazem crescer muito e servem de  grande aprendizado, precisamos nos deparar com a realidade de fato como ela é, se procurarmos na história da igreja, encontraremos servos do Senhor, fiéis, homens e mulheres que aceitaram o desafio de ‘’saírem de dentro de si e irem ao encontro do outro.’’

Atualmente e a oito anos eu trabalho em um projeto social da igreja da minha cidade e sou missionária educadora. Tenho o privilégio de pregar a palavra para crianças de 6 a 12 anos e ver o quanto o evangelho tem feito a diferença na vida delas, é caríssimo! Tive muitos momentos de angústia e tristeza, mas a alegria de presenciar as mudanças no comportamento dos pequenos é sentida  periodicamente. As emoções são diversas e oscilam, mas a graça, sabedoria e misericórdia do Pai são constantes.

Sejamos meninas/mulheres cristãs missionárias onde quer que nosso Pai nos enviar!

Vamos indo!

Colunistas_responsáveis-10

(Visited 123 times, 1 visits today)
Posted in Missões, Missões.

Gostou do post? Deixe seu comentário :)