prejuízos-do-feminismo

Prejuízos do Feminismo – Culpa sua ou culpa minha?

Reading Time: 2 minutes

Olá menina, moça, mulher querida! Tudo bem por aqui? Espero que sim 😉

Voltando ao nosso papo sobre prejuízos do feminismo, o assunto deste post é uma sequência do último : a interferência dos homens nas nossas vidas 🤭 ou não! Kkk

Um dia desses me deparei com alguns novos vocábulos do universo feminista. Você já ouviu sobre manterrupting, bropriating, gaslighting e mansplaining?

Pois é, são todos termos originários do inglês e que foram criados para indicar o machismo nos relacionamentos e classificar as atitudes masculinas em relação às mulheres. Vamos entender cada um:

Manterrupting: (man = homem; interrupting = interrupção) => homens que interrompem, ou seja, quando uma mulher é diversas vezes interrompida por homens ao redor e assim não consegue concluir o pensamento. Geralmente acontece em reuniões e palestras;

Mansplaining: (man = homem; explaining = explicando) => quando um homem passa a explicar de forma didática algo óbvio a uma mulher, mostrando uma possível incapacidade dela de compreender o raciocínio;

Bropriating: (bro, abreviação de brother = irmão; appropriating = apropriação) => quando um homem se apropria e leva os créditos da ideia já expressa por uma mulher;

Gaslighting: (a luz inconstante de um candeeiro a gás) => é a forma de levar uma mulher a pensar que está equivocada sobre um assunto, ou seja, fazer com que ela duvide da sua linha de raciocínio, memórias, sanidade e senso de percepção. Também chamado de tentativa de manipulação.

As feministas dizem que vivenciar umas dessas situações é estar dentro de relações machistas. Bom…. sim e não.

Sim, ainda vivenciamos muitas circunstâncias onde o homem se impõe arbitrariamente sobre as opiniões de uma mulher, e aqui falta mesmo o respeito e a consideração. Não, pois certamente existe também o termo womansplaining, mostrando que a mulher pode também agir da mesma forma com um homem.

Sendo assim, entendemos que experimentar situações assim é possível dos dois lados. Homens e mulheres podem ser indivíduos desprovidos de educação, respeito e gentileza. Homens e mulheres precisam verificar se não estão tendo esse tipo de comportamento, porque realmente é muito feio e mostra o quanto podemos ser deselegantes, mal-educados e antissociais, etc. e tal.

Portanto, não podemos configurar dificuldades nos relacionamentos pelo ponto de vista apenas das mulheres. Atribuir exclusivamente aos homens a responsabilidade de todos os equívocos ocorridos é um erro, é falar que o outro é culpado por erros que eu cometi. Mulheres e homens erram e precisam acertar o passo no cuidado em se relacionar, seja com quem for.

Então, vamos aprender com a Palavra de Deus quando diz que o “fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio” (Gálatas 5:22,23) e o verso conclui – “Contra essas coisas não há lei”!!!!

Wow!!! Podemos e devemos reavaliar e mudar!

Querida, a Bíblia nos ensina tão claramente como se posicionar em amor, como argumentar em mansidão, como ganhar a simpatia de quem nos ouve, seja essa pessoa quem for… como é bom deixar-nos ser moldadas pela perfeita, agradável e boa vontade de Deus, que é nos aperfeiçoar em Cristo para vivermos relacionamentos saudáveis e agradáveis. Que Deus nos ajude…

Refletindo… precisamos assumir nossas culpas e conversar sobre o que nos incomoda em amor.

Beijos,

Elaine Calza Higino

(Visited 84 times, 1 visits today)
Posted in Séries.

Gostou do post? Deixe seu comentário :)