Pecados Intocáveis: a língua!

A língua é um músculo tão pequeno, mas que é capaz de nocautear até o mais forte dos lutadores. É com ela que se pode ferir, entristecer, desanimar, destruir sonhos, reputações e até vidas. Por outro lado, a língua também pode ser fonte de bênçãos, pode incentivar, alegrar, dar novo ânimo e esperança de vida. Sendo assim, é muito importante saber como e quando exercitar o músculo da língua!

Provérbios 10:19 diz que “Quando são muitas as palavras, o pecado está presente, mas quem controla a língua é sensato”. Só neste livro escrito pelo sábio rei Salomão, há cerca de sessenta advertências sobre os pecados cometidos pelo falar!! E podemos ir ainda bem mais profundo olhando para a Palavra de Deus, pois o próprio Jesus avisou que prestaremos conta de TODA palavra inútil que pronunciarmos (Mateus 12:36).

Em Efésios 4:29-31, o apóstolo Paulo aponta para uma série de coisas que fazemos muitas vezes, sem nem nos dar conta, mas que são pecados, e entristecem o Espírito Santo de Deus.

“Não digam palavras que fazem mal aos outros, mas usem apenas palavras boas, que ajudam os outros a crescer na fé e a conseguir o que necessitam, para que as coisas que vocês dizem façam bem aos que ouvem”. Ef 4:29

Neste verso acima está um resumo de tudo o que se relaciona aos pecados da língua, ou seja, todas as palavras que fazem mal a outras pessoas, e aí a lista pode ser longa: fofoca, maledicência, mentira, difamação, palavras grosseiras, palavras de ingratidão, palavras na hora da raiva (iradas), sarcasmo, zombaria, críticas, entre outras que você pode se lembrar neste momento.

Mas, de todos esses pecados da língua, parece que alguns insistem em fazer raízes na grande maioria das pessoas e, infelizmente, também na igreja de Cristo, a fofoca, a maledicência e as críticas costumam estar bem presentes da boca dos cristãos também, para nossa vergonha, muitas vezes tem estado mais presente no meio cristão do que no meio secular. Pare e pense a respeito. Precisamos urgentemente mudar essa triste realidade! Com fofoca, maledicência e críticas, corremos sérios riscos de machucar e até destruir outras pessoas, além do fato de estarmos pecando e sabemos que o pecado nos afasta de Deus. O pior de tudo é que os pecados intocáveis da língua na verdade provêm é do coração, como disse Jesus em Mateus 12:34b “A boca fala do que o coração está cheio”.

Não pecar por meio da língua é um desafio e tanto, pois como Tiago nos diz em seu capítulo 3, verso 2: “Se alguém pode dominar a sua língua, isso prova que ele tem perfeito domínio de si próprio em tudo o mais”. Isso só será possível a partir da renovação da nossa mente. A Bíblia nos traz vários ensinos de como ter um renovo de mentalidade, mas quero destacar dois textos que são chaves para iniciarmos uma mudança (ou, ainda melhor, para continuarmos firmes no propósito de mudança).

Tiago 1:19 – “Meus amados irmãos, tenham isto em mente: sejam todos prontos para ouvir, tardios para falar e tardios para irar”.

Salmos 19:14 – “Que as palavras da minha boca e a meditação do meu coração sejam agradáveis a ti, Senhor, minha Rocha e meu Resgatador!”.

Que a partir da busca pela renovação da nossa mente, possamos nos apropriar da preciosa Palavra de Deus e colocá-la em prática no nosso dia a dia. Para nos ajudar, podemos também sempre lembrar da história das 3 peneiras: Verdade, Bondade e Necessidade. Se você quiser saber mais sobre essas peneiras, você pode encontrar a história completa no link https://www.pensador.com/frase/NTU5ODg/.

E então, comece a ser um despenseiro de bênçãos por meio de suas palavras. Você verá que as pessoas ao seu redor parecerão até mais agradáveis, mas na verdade, será você quem estará sendo uma oferta viva, santa e agradável a Deus!

(Visited 84 times, 1 visits today)
Posted in Séries.

Gostou do post? Deixe seu comentário :)