Dicas de Atividades #2

Reading Time: 2 minutes

Olá meninas!!!

Tudo bem???
Vou dar algumas dicas para vocês cuidarem melhor da saúde dos seus corpos e, também, para não ficarem sedentárias!!!
São apenas seis dicas, mas que já vão fazer diferença no seu dia a dia.
A primeira dica, e mais importante, está escrita na Bíblia, sabiam???
Pois é, lá em Provérbios 3. 5 a 8 diz assim:
Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento;
reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas.
Não seja sábio aos seus próprios olhos; tema ao Senhor e evite o mal.
Isso lhe dará saúde ao corpo e vigor aos ossos. (Provérbios 3:5-8)
Legal né! Então, confiar, reconhecer e temer ao Senhor com certeza só trará benefícios a nossa saúde!
Segunda dica: ajudem nos trabalhos domésticos: varrer, passar pano, lavar louças, arrumar o quarto e muito mais! Além de mexer o corpo, você se sentirá bem consigo mesma e sua mãe ficará orgulhosa de você!
Terceira dica: Reserve de 10 a 20 minutos por dia para fazer abdominais. Esse grupo muscular, quanto fortalecido, nos faz melhorar a postura. Mas, não esqueça que abdominal não tira barriga!
Quarta dica: Alongue-se sempre que puder. Na frente do computador, no carro ou no ônibus. Use a sua imaginação. Os músculos vão agradecer e você se sentirá bem mais relaxada!
Quinta dica: Exercite-se no banho. Coloque ou cante uma música e pule, dance, mexa o corpo! Você vai ver que seu banho se tornará mais prazeroso!
Sexta dica: Pule corda em casa ouvindo música ou assistindo TV. Convide uma(s) amiga(s) e veja quem pula mais. Será divertido!
E nunca esqueçam: “…o vosso corpo é santuário do Espírito Santo…” (1 Cor. 6:19)
Então, nada de ficarem paradas. MEXAM-SE!
Beijos.
Talita M. Cavalcante
Florianópolis-SC

Empadinha da Martina

Reading Time: 2 minutes

Ingredientes da Massa:
1 xícara de óleo
1 xícara de leite
3 ovos
1 tablete de caldo de galinha
1 colher (sopa) de queijo ralado
1 colher de royal
1 colher (chá) de sal
2 xícaras de farinha de trigo
Modo de fazer:
Coloque todos os ingredientes líquidos no liquidificador e bate bem. Acrescente o caldo, o sal e a farinha de trigo peneirada com o fermento e bate até a massa ficar bem lisa.
Unte as fominhas e enfarinhe bem. Na sequência, coloque uma colher de massa em cada forminha de empada, depois uma colherada de recheio no centro da forminha e, por fim, cubra o recheio com mais uma colherada de massa.
Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus até dourar (de 20 a 30 minutos).

Sugestões de recheio:
– Presunto, queijo e tomate picados, requeijão e queijo ralado e salsinha.
– Frango pré-cozido desfiado, tomate, salsinha e cebolinha picados, requeijão ou queijo cremoso ou catupiry.
Observação:
Se preferir fazer empadinha doce, não coloque o caldo de galinha, substitua o sal por duas colheres de açúcar e recheie com doces de sua preferência.

Martina Rogalski
Erebango-RS

É tempo de viver coisas novas

Reading Time: 1 minute
A partir do momento em que conhecemos a Deus, nossa vida começa a ser diferente. De fato, ela é nova se nos dedicarmos a vivermos em Cristo e para Ele. Mas, muitas vezes com o passar do tempo acabamos no acomodando em uma rotina e acreditamos que estamos vivendo a nova vida e a liberdade que Cristo nos oferece.
E às vezes, não é isso que estamos vivendo, pois é fácil deturparmos o real significado dessa nova vida com liberdade. A liberdade não é fazermos tudo o que queremos, na hora em que queremos. Essa é a falsa liberdade, essa é aquela a qual pensamos que a dominamos, mas a triste verdade é que é ela quem nos domina.
O mundo nos diz para vivermos os prazeres momentâneos, mas precisamos ter a maturidade de ver que a verdadeira liberdade é ir contra ao que o mundo diz, e poder dizer: “Não, obrigada, eu sei me cuidar” e se cuidar, não é se autodestruir, mas sim se preservar.
E a nova vida em Cristo? Ela só é verdadeiramente vivida a partir do momento que realmente deixamos as coisas velhas para trás, pois “…quem está em Cristo NOVA PESSOA é, e eis que tudo se fez NOVO”.
Então vamos deixar de tudo aquilo que nos afasta de Deus, pois é TEMPO DE VIVER COISAS NOVAS!

Abrir os olhos e querer mudar é uma questão de escolha e atitude!
Delize Gabriela Grando
Florianópolis-SC


“Seu All Star azul combina com o meu preto de cano alto” – Parte 2

Reading Time: 2 minutes

Parte 2
Olá Meninas!
Sou Ana Karla e volto a contar, por meio deste abençoado Blog, a nossa história de amor. Pensaram que havia acabado? Que nada! A vontade de Deus foi feita!
O namoro
Quando começamos a namorar tivemos boas conversas com os nossos pastores (achamos isso importantíssimo) e, além disso, sempre fizemos questão de sermos acompanhados por um Pastor e sua esposa. Depois de 1 ano e 4 meses de namoro, muita água rolou. Poderíamos sim, escrever um livro, mas enfim, nós nos CASAMOS. *-*
O casamento
Nosso casamento foi muito abençoado por Deus. Nós não tínhamos condições financeiras para casar. Mas, conversando com o nosso pastor, nunca vou me esquecer do seu comentário “Casar é: Juntar o nada teu, com o nada dele!”, e isso faz todo sentido!
Sabíamos que o nosso casamento era um sonho de Deus. E então, decidimos nos casar. As questões financeiras não eram mais com a gente, eram com Deus! Que certamente iria suprir.
Foi bem pela FÉ mesmo.
Nossa festa toda custou R$ 50,00. Sem mentira. O valor gasto foi no meu calçado, que comprei numa liquidação.
Cada irmão e cada amigo ajudaram numa parte.
Um fez a decoração. Fizeram uma vaquinha e nos deram de presente, foi tudo meio surpresa…
Outro pagou a janta.
Minha mãe nos ajudou e a mãe dele também. E o nosso casamento foi lindo.
Ao ar livre com uma linda cascata como plano de fundo. VEEERY GOOOOD.
                          
Como a mulher sempre deve acompanhar o seu esposo, eu tranquei o meu sonho por um tempo: a faculdade de Enfermagem na Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS. Com isso, vim morar com ele em Frederico Westphalen, onde ele termina, nesse ano, a sua faculdade de Engenharia Florestal, e então voltarei para a minha faculdade.
O Sonho
NOSSO sonho é futuramente, depois de “fazermos” o Seminário, termos uma casa Geriátrica, a fim de cuidarmos com carinho de nossos idosos.
Bem, a gente vê, que juntos, a gente faz muitas coisas, mais e melhor.
Enxergamos que foi Deus quem nos uniu. Acima de um casal somos amigos, somos cúmplices, parceria total.
Amamos de paixão uma folia, temos nossas discussões bobas, que graças a Deus acabam “em pizza”. Ele cuida muito bem de mim e com muito amor eu tento fazer o melhor para ele.
Meninas, no próximo post, conto para vocês um segredo.
Aguardem.
Um abraço,
Ana Karla
Frederico Wesphalen – RS

Dicas de Atividades #1

Reading Time: 3 minutes

É tempo de dançar
Escrevo primeiramente para vocês, jovens e adolescentes, embora saiba e creia que a dança pode chegar de fato aos corações de todos, desde as crianças até os mais velhos.
Nos dias de minha vida, entretanto, com os jovens e adolescentes é que tenho tido a oportunidade de dividir e discutir o que a dança me ensinou ao longo destes 20 anos como bailarina. É primeiro para vocês, portanto, que falo.
E minha palavra vem para pedir, assim como fez Paulo, quando escreveu a Timóteo (1Tm 4.14): “Não negligencie o dom que lhe foi dado…”

Sou líder da base de expressão corporal de nossa igreja. Lá coordeno, com a ajuda de outros líderes, os ministérios de dança adoração, hip hop, baby class, e teatro. É onde estou cercada de jovens e adolescentes, todos unidos no propósito de servir ao Senhor. Pelo ministério da dança meu coração fica conectado com o que Deus pode fazer através do talento de cada um.
Mas, o meu desejo, a minha oração e a minha ansiedade querem que as vidas de todos os que dançam e os que louvam a Deus através da dança, estejam guardadas no trono de Deus. Por isso, a Ele eu peço,

·   Que todos sejam abençoados e abençoadores;
·   Que os seus corações sejam consagrados a Deus;
·   Que as suas mentes sejam cativas a Cristo;
·   Que os seus olhos sejam reflexo da luz do Pai;
·   Que as suas bocas sejam canais de benção a todos os ouvintes;
·   Que as suas mãos estejam abertas para doar e abraçar;
·  Que os seus pés tenham força para andar sempre no caminho do Senhor;
·   Que os seus joelhos se dobrem a Deus.

Esse é o caminho para uma verdadeira adoração por meio da dança. É quando nos rendemos inteiramente Àquele que nos criou para o louvor de Sua glória, isso é adoração.  
Há uma passagem na Bíblia que diz: “Naquele momento, o véu do santuário rasgou-se em duas partes, de alto a baixo. A terra tremeu, as rochas se partiram” (Mt 27.51). A imagem do véu que separava e já não separa mais nos diz que em Jesus nós temos liberdade para adorar a Deus em todo tempo e lugar, de inúmeras formas – pela dança inclusive.
Penso que a dança é certamente uma das formas mais intensas de expressar a alegria e a gratidão a Deus – é o momento de profunda intimidade com nosso Senhor, em todas as vezes que é dedicado inteiramente a Ele.
O que Deus propõe que sejamos como adoradores deve refletir nossa consagração, nossa entrega total, nossa rendição a Deus como propões o apóstolo Paulo “Não ofereçam os membros do corpo de vocês ao pecado, como instrumentos de injustiça; antes ofereçam-se a Deus como quem voltou da morte para a vida; e ofereçam os membros do corpo de vocês a ele, como instrumento de justiça”. (Rm 6.13)
Quando nos entregamos a Deus e deixamos que Ele nos conduza, nossa vida ganha propósito, nosso coração se enche de paz e alegria. Podemos adorar a Deus de modo imperfeito, mas não podemos adorá-lo sem sinceridade. O melhor estilo de adoração por meio da dança é aquele que mais genuinamente representa nosso amor por Deus, baseado na formação e na personalidade que Ele nos Deus.

Que Deus use você como um vaso de honra na vida das pessoas que lhe cercam!

Joice Dufloth
Líder do Ministério de Dança da PIB Erechim


“Seu All Star azul combina com o meu preto de cano alto” – Parte 1

Reading Time: 3 minutes

Parte 1

Me chamo Ana Karla, Prazer Meninas!
Por meio deste abençoado Blog, quero contar um pouco da minha história de amor. Antes, de o Geovane aparecer na minha vida, tudo era muito diferente. Os meninos que me relacionei (namorei) no passado, não eram os que se encaixavam como duas pecinhas de um quebra-cabeça.
Sabe quando você tenta encaixar uma peça do quebra- cabeça num lugarzinho onde não se encaixa? Ou quando encaixa, mas logo percebe que não combina com o desenho que deve ser formado?
E você insiste, insiste e insiste… Era bem assim!
Tentava encaixar, mas nunca dava certo e mais, nunca ficava perfeito como quando Deus encaixa. =D
Mas o Geo, o Didjo… Ele, SIM, era a minha combinação “perfect”. Aaa peça.
O início
Nos conhecemos no 1° Retiro Vocacional (da Faculdade Batista Pioneira) em novembro de 2009, no Acampamento Batista Pioneiro – ABP. Me lembro como se fosse ontem.
Eu o vi chorando muito na hora do louvor (ele chora como uma criança), e aquilo me comoveu. Senti uma vontade tremenda de correr abraçá-lo, mas como? Se nunca tinha o visto. No mínimo, me acharia uma louca. Então, fiquei na minha e pensei comigo “ele deve estar sendo tocado por Deus, que FOFO”!
Depois do culto, conversei muito com o pastor sobre o meu chamado para a Obra do Senhor, e ele comentou comigo da importância de meu namorado também ter esse chamado… Depois de horas de conversa fui deitar, refletindo muito em tudo o que havíamos conversado.
Pela manhã, no café, estava à procura de uma carona que me levasse até a rodoviária, em Ijuí, para voltar para minha casa. O Geo estava por perto ouvindo o meu pedido e acabou me ajudando. De imediato arrumou uma carona para mim.
Mais tarde, ele me chamou e pediu meu MSN, Orkut… Eu achei supernormal (vocês sabem que sempre em congressos a galera se troca endereços virtuais), então anotei num papel e deixei com ele.  Naquele momento, conversamos um pouco sobre o que ele fazia e tal, e também se ele tinha sentido o chamado de DEUS para a Obra. A resposta foi “Sim!”. Legal né?! *-*
Depois do almoço, no término do retiro, peguei as minhas malas e na hora de entrar na Kombi, ele estava ali… Ao lado. Dei tchau para ele e um forte abraço e ele retribuiu. E esse abraço foi muito diferente, foi confortador (um abração), como SE eu o entendesse e ele me entendesse completamente. Caramba, nem eu nem ele sabemos explicar “aquele” forte abraço.
Indo para casa eu orei muito sobre isso e pedi para Deus que se fosse “besteira”, que eu e o Geo nem se quer conversássemos por MSN, que fosse algo sem futuro.
Haha’eu não queria me envolver com ninguém naquele tempo. Queria um tempo pra mim, com Deus. E por isso sentia medo de me envolver, de sentir algo, de gostar de alguém, porque pouco tempo antes tinha me frustrado amorosamente.
Quando cheguei em casa, ele já tinha me adicionado no Orkut. Conversamos também por MSN e tentava achar ele chato, mas no fundo achava muito bom conversar com ele, ele me entendia =D Era bem legal.
Aí, que vem a parte boa…
A gente foi se conhecendo e a nossa amizade foi nos aproximando de DEUS. Sacou?! Nós marcávamos jejuns… Orávamos pelos outros e pelas nossas vidas (não pelo nosso relacionamento – como muitas pessoas fazem, não!) a gente orava muito pelas nossas dificuldades financeiras, pelos nossos familiares, pelas igrejas… Enfim, por tudo.
Com o tempo, começamos a fazer estudos como “Retorno a Santidade”, isso tudo por MSN, afinal eu morava em Carazinho e ele em Frederico Westphalen. E, depois de um tempo, começamos a orar por nós dois, como um casal de namorados, pedindo que fosse feita a vontade de Deus.
E será que a nossa história termina assim? Meninas, fiquem ligadas.
Logo, logo conto mais…
Um abraço,


Ana Karla
Frederico Wesphalen – RS

Torta de Leite Condensado e Limão da Camila

Reading Time: 1 minute

Ingredientes:
1 lata de leite condensado
½ lata de suco de limão coado (use a lata de leite condensado vazia para medir)
1 pacote de biscoito Maria triturado (200 gramas)
3 colheres de (sopa) de manteiga
3 ovos (claras e gemas separadas)
1 lata de creme de leite sem soro
4 colheres de (sopa) de açúcar

Preparo:
Em uma tigela, misture o biscoito com a manteiga até formar uma massa. Com ela, forre uma forma de aro removível de 30 cm de diâmetro e leve ao forno médio, pré-aquecido, por 5 minutos. Retire do forno e reserve. No liquidificador, bata o leite condensado, o suco de limão, as gemas e o creme de leite. Despeje por cima da massa reservada sobre a forma. Bata as claras em neve e adicione, aos poucos, o açúcar. Espalhe as claras batidas sobre o creme e faça desenhos com um garfo. Leve ao forno alto, pré-aquecido, por 15 minutos ou até dourar levemente. Espere esfriar e leve à geladeira por 2 horas antes de servir.
Camila Centenaro
Getúlio Vargas – RS

Resultado: Sorteio 03

Reading Time: 1 minute

Oii meninas!
Saindo fresquinho o resultado do nosso sorteio:


Você pode não ter ganho, mas novos sorteios virão. Não deixe de participar e nunca esqueça: Tenha Fémenina! Beijos.

Experiências: Como é bom viajar…

Reading Time: 2 minutes

Uma das paixões da minha vida é viajar. Acho ótima a sensação de poder passar alguns dias longe da correria de São Paulo, podendo apreciar a natureza que Deus criou ou a criatividade que Ele deu aos homens, para que pudessem construir coisas tão legais, como por exemplo, um Parque de Diversões.

Com isso paro para pensar em um dos lugares que eu mais gostei de visitar ao longo desses anos: Bonito – MS.

Não vou conseguir descrever a beleza desse lugar em palavras, então deixo com vocês algumas fotos.
Quando eu era juniora, em uma das nossas reuniões, o líder que trouxe a palavra falou sobre como Deus poderia ter feito o mundo todo em escala de cinza. Mas, em vez disso, Ele criou uma infinidade de cores, cheiros, texturas, e como isso tudo é maravilhoso!


Que graça teria a cidade de Bonito – MS se aqueles rios tivessem a cor do Rio Tietê e se todos os peixes fossem iguais? Se todas as folhas das árvores fossem cinza e se na hora do almoço não pudéssemos sentir o delicioso aroma do assado?
Por isso, Louvo a Deus, que pensa em cada detalhe e que criou um mundo maravilhoso para habitarmos!


Obs: Se alguém quiser companhia para alguma viagem, é só me chamar! 😉

Ana Pydd
São Paulo-SP