Minhas razões para viver! Deus me perdoa

Reading Time: 2 minutes

Acredito que o perdão é a maior prova de amor que alguém pode nos dar. Não um simples “me desculpe”, mas um perdão sincero e genuíno só pode vir de um coração que ama incondicionalmente.

E Deus te ama.

Mesmo quando você se sente rejeitada, sozinha, abandonada, esquecida pelas pessoas – Deus não se esqueceu de você. E ainda mais: Ele nos enviou o seu Filho Unigênito por amor. A Bíblia, que é a Palavra de Deus, soberana e perfeita, nos diz em 1ª João 4, nos versículos 9 e 10:

Leia mais…

Pinterest + Moda = Inspiração!

Reading Time: 3 minutes

O próprio slogan do Pinterest já diz muito! ‘’O catálogo mundial de ideias’’. Depois que eu comecei a usar ele para buscar inspiração na hora de escolher o que vestir, gente… a vida ficou bem mais fácil!!! Eu encontrei muitas combinações incríveis e até consegui reaproveitar muita coisa que eu já tinha, só com as ideias que achei por lá.  É sobre isso que quero falar hoje, a utilidade do Pinterest pra inspirar nossos looks

Leia mais…

Minhas razões para viver! Deus é bom para mim

Reading Time: 2 minutes

Mas para mim, bom é aproximar-me de Deus; pus a minha confiança no Senhor DEUS, para anunciar todas as tuas obras. Salmos 73:28 

Bom é se aproximar do Senhor porque Ele é bom, meninas. Ele é uma maravilha!!! Bom é Deus, diz Asafe uns versos antes. Bom, verdadeiramente bom… O nosso Deus é uma maravilha e não há nada melhor que estar com Ele (“Não há nada melhor, não há nada igual, a que se comparar a esperança viva… Tua presença!” já cantou a Laura rs).

Leia mais…

Quando o Dia das Mães é difícil

Reading Time: 3 minutes

Eu perdi meu primeiro bebê. Eu lembro de estar chegando em casa quando eu recebi a notícia, meu casaco vermelho apertado em volta de mim por causa do vento. De repente ficou claro que aquele casaco se ajustou tão bem, que eu poderia apertá-lo firmemente em torno do meu ventre porque ele não estaria preenchido. E eu o apertei ainda mais.

Dia das Mães pode ser um solitário e difícil momento para muitas mulheres. Você pode ter perdido sua mãe, você pode lamentar por uma mãe ausente na sua vida, você pode desesperadamente querer estar grávida e ser infértil. Igrejas distribuem rosas e fazem sessão de fotos de família no Dia das Mães e você pode encontrar-se excluída e sozinha. Em muitas culturas as mulheres são vistas primeiramente como mães, é difícil quando você não se encaixa no modelo. Se o Dia das Mães proporciona tal dor, como nós ainda sim encontramos esperança no evangelho?

Leia mais…

Livrai-me do cara que não combina comigo, Amém!

Reading Time: 3 minutes

Na minha adolescência, eu tinha certeza de que Deus tinha uma única pessoa certa para mim. Podia ser alemão, holandês, africano, português, tanto faz, desde que fosse o escolhido; se não fosse cristã, diria “a alma gêmea”. Na minha cabeça não havia espaço para erros de minha parte, mas minha amiga, nem tudo aconteceu como o planejado. Nós, seres humanos, somos mais complicados do que imaginamos; e muitas vezes não ouvimos ao Senhor como deveríamos.

Passaram-se os anos, conselhos recebi, vídeos vi e livros li… E sabe de uma coisa? Minha oração recebeu um outro tom e passou a ser: “Deus, tem muito cara legal por aí eu sei, mas por favor, me aproxima daquele que mais combina comigo!”.

Deus sempre soube com quem eu iria casar, Ele é soberano. Mas fazer essa oração aliviou muito o peso da minha mala (literalmente), pois passei a não carregar mais o medo de que eu teria que me tornar uma pessoa totalmente diferente de como eu era antes de casar, pois eu amava ser quem eu era, minha vida de solteira, ser falante, expansiva e amava minha rotina e amava sair para as igrejas pregar, treinar e acompanhar os ministérios.

Leia mais…

Me Salvou – Dani Gouvea da Costa

Reading Time: 1 minute

Olá, sou Daniela de Porto Alegre, tenho 33 anos e venho com poucas palavras falar como tive um encontro com Jesus… Comecei ir na igreja com minha família com 7 anos e com o tempo acabei me afastando, tive muitos problemas familiares, embora frequentei a igreja por muitos anos, eu nunca tinha tido um encontro verdadeiro com Jesus.

Leia mais…

Me Salvou – Amanda Cima

Reading Time: 3 minutes

Eu venho de uma família católica. Que eu lembre, sempre soube que Deus existia, mas eu nunca tive um relacionamento com Ele. Embora fosse ativa no grupo de jovens da igreja, eu me sentia muito distante de Deus… Vazia e sozinha, como se Ele não se importasse comigo. E, ao longo da minha vida, eu vi pessoas tendo um relacionamento tão íntimo com Ele, e queria muito aquilo pra mim, mas não sabia como.

No ano de 2012 fui fazer um intercâmbio de 2 anos nos EUA. No meu primeiro ano eu morei com uma família cristã, ia com eles na igreja às vezes, mas continuava meio perdida… minha busca por Deus ainda continuava. No ano seguinte mudei de cidade, e lá comecei a ir a uma igreja cristã e, devagarinho, Deus começou a abrir meus olhos. Na semana do meu aniversário, depois de uma janta de comemoração, eu fui dormir na casa de uma amiga. Questionei à ela o porquê de nascermos pecadores e ela me explicou tudo sobre a queda e o sacrifício de Cristo. Eu lembro-me de pensar: “Como ninguém me falou disso antes? Faz todo sentido”. Nós oramos, e ali começou a transformação em minha vida, o véu começou a cair! Quando eu ia à igreja as coisas passaram a fazer sentido.Leia mais…

Me Salvou – Mariane Eckert

Reading Time: 2 minutes

Olá, meu nome é Mariane, tenho 18 anos. Sou natural de Santa Rosa, da Igreja Batista de Candeia, mas atualmente moro em Ijuí. Sempre achei que meu minha história fosse tão normal que não faria diferença para as pessoas, mas percebi que permanecer na igreja é tão difícil quanto viver uma vida totalmente distante de Deus.

Nasci numa família cristã, tanto meus pais como meu irmão sempre foram a igreja e por isso eu sempre ia também. Quando eu tinha 10 anos fui num acampamento de crianças da igreja e lá foi meu primeiro contato com o Evangelho. Antes disso, eu apenas ia a igreja porque minha família toda frequentava. Nunca fui uma menina de aprontar, nunca fiquei com nenhum menino, nem nada dessas coisas, mas quando estava nesse acampamento percebi que precisava me entregar a Deus assim como minha família já tinha se entregado. Nesse dia, percebi o meu pecado e que precisava do perdão de Deus, foi quando tomei a decisão de entregar totalmente minha vida para ele. Minha conversão foi um processo. Sempre gostei muito de ir na igreja e quando estava com 15 anos comecei a ajudar no ministério de crianças.Leia mais…

Me Salvou – Lucinéia Honnef

Reading Time: 2 minutes

Oie meninas, tudo bem?

Bom, hoje vou contar um pouco da minha história, é um pouco difícil falar sobre minha vida pessoal, mas vamos lá! 😀

Eu ainda bem nova já saia para festas, já “ficava”, tinha uma vida “normal” de adolescente, mesmo com meus pais bem rígidos, eu sempre dava um jeitinho para conseguir o que eu queria. Achava meus pais os mais chatos, os mais rígidos, os que mais cobravam (comparando com todos os meus amigos), enfim o que eu mais desejava era ficar adulta, ser independente, pra ninguém poder mandar mais em mim (mal sabia eu como era difícil ser adulta 😝).Leia mais…

Me Salvou – Gabrielli Beuter

Reading Time: 5 minutes

Eu cresci em um lar religioso, ouvindo as histórias da bíblia, frequentando e fazendo parte da igreja. Quando era criança, lembro muito bem de como me animava ao ouvir as histórias como de Jonas sendo engolido por um peixe grande, de Moisés abrindo o mar vermelho, Noé na arca com todos aqueles animais e tantas outras histórias incríveis que eu ficava encantada. Porém, nunca entendi direito como tudo aquilo podia ser real, acho que pensava que poderia ser como em um conto de fadas, semelhantes aos filmes da Disney.

Na minha pré-adolescência, após nos mudarmos para o Rio Grande do Sul com a minha família, passei por um momento delicado, onde conhecia poucas pessoas e ficava muito tímida em meio as mudanças que aconteciam em minha vida, além de me sentir deslocada fora da igreja, não me sentia aceita pelas pessoas e tinha insegurança em quem eu era. Era vista como estranha, pois não fazia o que outros da minha idade acostumavam e gostavam de fazer.Leia mais…