#nãoénormal

É fim de semestre e no contexto acadêmico, muitas coisas precisam ser entregues. Provas, seminários, trabalhos, maquetes, desenhos, relatórios, projetos, portfólios. Muitas palavras para avaliações estressantes. É claro, o sistema exige as avaliações para conclusão das disciplinas. Mesmo no emprego, é necessário lidar com prazos e metas. Mas deixar a saúde de lado faz parte?

Na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP (Universidade de São Paulo) os alunos começaram um movimento de que #nãoénormal. Achei muito interessante porque também aborda os extremos que muitas vezes precisamos chegar para atingir as metas exigidas.

Deixar de dormir, de se alimentar com qualidade ou mesmo deixar amigos e família como segundo plano para entrar em uma caverna e concluir todas as atividades não é normal.

Slide4Slide3Não sei se você tem visto isso, mas muitos amigos e colegas tem sofrido em relação ao bem estar mental e emocional – o estresse pode nos derrubar! Se você está nessa situação ou conhece alguém que tem passado por isso, fique atento!

Saúde mental é um termo usado para descrever o nível de qualidade de vida cognitiva ou emocional. Ter saúde mental é muito mais do que não ter um transtorno mental. Ou seja, é..

  • Estar bem consigo mesmo e com os outros;
  • Aceitar as exigências da vida;
  • Saber lidar com as boas emoções e também com aquelas desagradáveis, mas que fazem parte da vida;
  • Reconhecer seus limites e buscar ajuda quando necessário.

Nesse sentido, é muito importante se conhecer e saber quando a sua mente precisa de um tempo. A saúde é algo que não depende apenas do seu físico, também tem o psicológico e o social!

Lembre-se: é preciso estar atento as pessoas que estão por perto… muitas vezes a tendência é guardar os problemas para si, deixar o grupo de amigos, abandonar atividades de lazer, não frequentar mais ambientes como a igreja, dizer que as coisas estão bem e parar por aí. Não se contente com as respostas dos seus amigos “tudo bem e ponto”.

Para manter a sua saúde mental em dia…

–> Mantenha sentimentos positivos consigo, com os outros e com a vida;

–> Aceite as qualidades e limitações que você possui e também das outras pessoas;

–> Busque qualidade de vida!

–> Não use drogas ou medicamentos sem prescrição médica;

–> Reserve tempo em sua vida para o lazer, a convivência com os amigos e família;

–> Mantenha bons hábitos alimentares;

–> Durma bem!!!

–> Pratique atividades físicas regularmente.

Todas essas dicas podem parecer muito difíceis na correria do fim do semestre (ou mesmo da vida!). Mas não estar bem #nãoénormal. Se você se identificou com as frases da campanha ou percebeu que a sua saúde mental está debilitada, procure sua líder do FéMenina, sua família ou uma amiga próxima. Você também pode contar com os profissionais da saúde! Você não está sozinha nessa!

Busque qualidade de vida, não deixe sua devocional de lado e não viva para o calendário dos trabalhos! As demandas é que precisam se encaixar na sua agenda 🙂

Estar saudável mentalmente precisa ser normal!

Um super abraço de urso,Colunistas_responsáveis-19

(Visited 200 times, 1 visits today)
Posted in Boa forma e Saúde.

Gostou do post? Deixe seu comentário :)