Me Salvou – Loni Doehl Scholl

Sei que Deus me ama muito e tem muita compaixão para comigo. Gosto muito do Salmo 139.16, que diz: “Tu me viste antes de eu ter nascido. Os dias que me deste para viver foram todos escritos no Teu livro quando ainda nenhum deles existia”.

Aos 8 anos de idade, num intervalo de um mês, passei por duas cirurgias bem difíceis e quase não sobrevivi. Mas pela misericórdia de Deus, os meus dias de vida já estavam escritos no seu livro. E por causa dos planos que Ele ainda tinha para minha vida, Ele me agraciou com mais um tempo aqui junto com os meus queridos. Ele me deu um esposo e 3 filhos amados. Alguns anos depois me deu 2 genros, uma nora e agora já está chegando o sexto neto. Todos servindo a Deus com alegria. Sou muito grata ao meu Deus! Em toda minha vida não conseguirei agradecer a Ele por tudo que já tem feito na minha vida e da minha família!

Aos 8 anos eu ainda não havia entregue minha vida a Jesus. Eu não sei o que seria de mim se tivesse morrido. Mas louvo a Deus sempre pela vida que Ele me devolveu e pela saúde que Ele me restabeleceu! Sou grata a meus pais, que não mediram esforços para que eu pudesse ter o atendimento médico num tempo quando não existia SUS e nem planos de saúde. Como meus pais trabalhavam na roça, eles venderam tudo o foi possível para juntar dinheiro, como gado e cereais, para pagar o hospital e os médicos. Naquele tempo, além de mim, meus pais tinham mais 3 filhas; todas pequenas. Mais tarde nasceram mais três.

Deus me deu um pai maravilhoso, que sempre se preocupava com a vida espiritual da família, mesmo num tempo quando ele ainda não havia entregado sua vida por completo a Jesus. Ele era professor de EBD na igreja luterana e todos os domingos pela manhã, nós, minhas 3 irmãs e eu, íamos com ele. Na época da minha doença, meus pais aceitaram Jesus. O meu pai lia muito a Bíblia e gostava de lê-la para nós crianças. Todas as noites, ao lado de uma lâmpada a querosene, enquanto minha mãe cuidava dos afazeres da casa ou costurava para a família ou para os vizinhos, meu pai lia um capítulo de uma história da Bíblia para nós. A minha preferida era a história de José do Egito.

Hoje eu sei e entendo que Deus tinha um plano para minha vida como Ele tem para todo o ser humano. Eu tive um encontro real com Jesus aos 12 anos de idade, numa conferência evangelística de uma semana. A partir disso minha vida mudou e muito. O Espírito Santo encheu minha vida com a alegria do Senhor! Começaram os estudos Bíblicos semanais na nossa casa e eu esperava toda semana ansiosa por este dia. A sala da nossa casa ficava impecável para receber o pastor que vinha nos ensinar a Palavra de Deus. Comecei a ler a Bíblia e estudá-la, fazer cursos bíblicos por correspondência. E aprendi que devemos testemunhar aos outros a respeito do que Jesus fez na nossa vida. Então, nesta alegria de levar a Palavra de Deus aos outros, comecei, mesmo ainda sabendo muito pouco, a fazer estudos bíblicos com os nossos vizinhos. Eu queria muito que eles também pudessem sentir o que eu estava sentido.

E logo os jovens da igreja batista começaram a nos dar apoio e começamos, minhas irmãs e eu, a frequentar o grupo dos jovens e também alguns cultos. Em seguida conheci Helmuth, que hoje é meu esposo, que sempre me incentivou e me ajudou a crescer e amadurecer na vida espiritual. Mas senti um desejo forte no meu coração de ser missionária.

Em janeiro de 1978 noivamos e, em seguida Helmuth foi ao Seminário em São Paulo. Desde logo planejamos que em quatro anos nos casaríamos. No ano seguinte fui ao seminário em Ijuí, também para me preparar, para melhor servir ao meu Senhor. Em dezembro de 1981 ambos nos formamos. Em janeiro do ano seguinte nos casamos e, em seguida, assumimos nosso primeiro ministério, junto à Igreja Batista Pioneira de Guaíra, no PR. Assim estamos até hoje, há mais de 35 anos, servindo ao nosso Deus, levando a Sua Palavra até aos confins da terra, como Ele mandou. Não há alegria maior do que estar fazendo aquilo para o que Deus nos chamou. E quero continuar a fazer isso pelo restante da vida que Deus me der. A cada novo dia consagro minha vida a Jesus que me salvou, para fazer conhecido o seu Evangelho e ser instrumento para a salvação do maior número possível de pessoas.

Loni Doehl Scholl

Missionária da JEVAM na CBP em Santa Felicidade, Curitiba, PR

(Visited 61 times, 1 visits today)
Posted in Me salvou.

Gostou do post? Deixe seu comentário :)