Me Salvou – Amanda Cima

Eu venho de uma família católica. Que eu lembre, sempre soube que Deus existia, mas eu nunca tive um relacionamento com Ele. Embora fosse ativa no grupo de jovens da igreja, eu me sentia muito distante de Deus… Vazia e sozinha, como se Ele não se importasse comigo. E, ao longo da minha vida, eu vi pessoas tendo um relacionamento tão íntimo com Ele, e queria muito aquilo pra mim, mas não sabia como.

No ano de 2012 fui fazer um intercâmbio de 2 anos nos EUA. No meu primeiro ano eu morei com uma família cristã, ia com eles na igreja às vezes, mas continuava meio perdida… minha busca por Deus ainda continuava. No ano seguinte mudei de cidade, e lá comecei a ir a uma igreja cristã e, devagarinho, Deus começou a abrir meus olhos. Na semana do meu aniversário, depois de uma janta de comemoração, eu fui dormir na casa de uma amiga. Questionei à ela o porquê de nascermos pecadores e ela me explicou tudo sobre a queda e o sacrifício de Cristo. Eu lembro-me de pensar: “Como ninguém me falou disso antes? Faz todo sentido”. Nós oramos, e ali começou a transformação em minha vida, o véu começou a cair! Quando eu ia à igreja as coisas passaram a fazer sentido.

Até que, mais ou menos 1 mês depois,  eu acordei no meio da noite com muita dor na barriga. A família que me hospedava chamou a ambulância, e fui para o hospital, sozinha.

Depois de passar um dia inteiro fazendo todos os exames possíveis, os médicos resolveram me internar, pois eles não sabiam o que eu tinha. Na manhã seguinte os médicos vieram me dar um parecer e disseram que havia algumas possibilidades: poderia ter sido um cisto que rompeu, tuberculose ou câncer. Aquelas palavras pareceram-me como um soco no estômago, como se todo ar me tivesse sido tirado. Então, chorando, peguei meu fone de ouvido, coloquei na minha música de louvor favorita e tive uma das conversas mais sinceras com Deus. Eu disse: “Ok Deus, quando eu decidi fazer o intercâmbio eu não pedi por isso… para estar numa cama de hospital, completamente sozinha, longe de todos que eu amo… mas, se for pra ser assim: tá tudo bem! Eu sei que o Senhor está comigo e eu estou te dando o controle de tudo e, estamos juntos nessa!”.

Pela primeira vez na vida eu ouvi Deus, eu pude sentir a presença dEle. Foi como se Ele me dissese: “Filha, você não está sozinha. Na verdade, você nunca esteve, você só não se permitia enxergar.”

Uma paz tão grande me tomou, e todo medo se foi. Os 4 dias que eu passei naquele hospital até finalmente descobrirem que o que eu tinha: um cisto rompido e fazer cirurgia, foram dias muito difíceis. Fazer skype com meus pais e fingir que estava tudo bem não foi nada fácil. Mas, Deus me deu uma força que só Ele poderia me dar, e pela primeira vez na vida eu me não me sentia sozinha… Deus falou tanto comigo! E lembro dEle falando sobre os planos que eu havia feito para aquela semana, e, num piscar de olhos, estava ali, numa cama de hospital. Era como se Ele dissesse: “Então, porque você se preocupa tanto? O papel de controle é meu, o seu papel é viver e me seguir, então viva e deixa que eu cuido do resto. Quando você não tiver forças, deixa que eu te carrego.” Quando eu finalmente entendi isso a vida ficou tão mais leve!

Eu saí daquele hospital uma nova Amanda. Uma Amanda feliz. Eu passei a ver o mundo de uma maneira totalmente diferente. Porque não há nada melhor do que você saber que você não está só, que você tem um Pai que ama, um Pai que cuida e um Pai que ensina. E, a vida com Cristo é isso: uma aventura maravilhosa, que muitas vezes não e fácil, e Ele também nunca prometeu que seria, apenas que Ele estaria conosco em todos os momentos, basta permitirmos! E não existe promessa melhor que esta!

Amanda Cima

(Visited 52 times, 1 visits today)
Posted in Me salvou.

Gostou do post? Deixe seu comentário :)