Me lembrei de ti…

“Se você quer deixar uma marca indelével no mundo,
a única maneira poderosa de deixá-la é unir-se aos propósitos
de Deus por meio da oração.
A oração chega aonde não chegamos.”
(Irmão André e Al Janssen- 2016)

Você conhece algum missionário? Quando eu era adolescente conheci alguns e só faltava pedir autógrafos! Eu curtia muito ouvir cada história dos missionários que visitavam nossa igreja trazendo relatos do campo. Eles eram heróis pra mim. E não deu outra, me tornei aquilo que eu admirava!

Nos cultos em que era falado de missões sempre havia aqueles incentivos de orar, ir, apoiar, investir em algum missionário. Eles vinham com suas famílias, relatavam algum acontecimento bonito ou trágico que sempre levava em direção a vidas a serem salvas, libertas, abençoadas. Como que o Espírito Santo direcionando, sustentando, suportando, animando, pelejando por aqueles servos. Suas roupas (às vezes engraçadas) típicas nos levavam a um outro mundo. Conhecíamos um pouco de outra cultura. Ouvíamos também um cântico na língua ou dialeto deles ou um louvor típico de outra região.

Você consegue lembrar de um culto destes?

Agora pense naquela pessoa que boquiaberta escuta tudo, com olhos brilhando, muitas vezes em lágrimas, se compadecendo ou se alegrando com os relatos. Que no momento do apelo por “quem quer ser um missionário?” é a primeira a pedir oração e dizer: “eis-me aqui!”

Pois é, eu!! Um pouco tímida, não era a primeira, mas estava ali entre aquele grande grupo que se colocava à disposição do serviço do Reino. Bah! Me lembro bem de muitas fotos e pregações, tenho na lembrança algumas músicas trazidas por eles.

Nunca pedi autógrafo, mas lembro de cada missionário: Silmar da Namíbia, Pedro do nordeste brasileiro, Fredy e sua família de Guiné Bissau, e agora Tym (filho do Fredy) com sua esposa Agnes na África também, Mariana da Colômbia, enfim, havia também os grupos de americanos e grupos de Angolanos…

Meu coração ainda se alegra só de pensar neles.

(Pausa: Vou ali orar por eles e já volto.) É isto que quero lhe incentivar hoje!!

Lembrou-se de algum missionário de sua congregação, alguém que você apoie ou que já tenha visitado sua igreja. Pare um pouquinho e ore por ele e sua família. Não estou dizendo de chegar em casa e no seu quarto, no seu tempo de consagração, pois até lá você pode esquecê-lo. Ore agora mesmo. Leve este missionário ou equipe missionária diante de Deus, e aquilo que você tiver no coração peça para Deus em favor deles. Depois, com certeza você vai entrar em alguma rede social. Que tal mandar um “oi” pra eles?

Mostre que você lembrou-se deles. Escreva algo que incentive seu dia, diga que orou por ele hoje. Isso faz diferença para quem está longe. Saber que seus amigos, sua igreja, seus líderes estão apoiando o ministério nos enche de ânimo. Mande um “alô” para um amigo missionário e encha ele de Fé, Menina.

Leidi Cristiane

(Visited 132 times, 1 visits today)
Posted in Missões.

Gostou do post? Deixe seu comentário :)