Eu e o dinheiro: Como fazer essa relação dar certo?

Reading Time: 3 minutes

Na série sobre finanças pessoais vamos falar sobre orçamento, como planejar melhor, sair do endividamento, e conhecer o seu perfil como investidora. Na era da inteligência artificial negociamos com computadores ou os deixamos decidir por nós!! Surgem os bancos sem sede física para atendimento aos clientes. Já se fala em fim do papel moeda em alguns países. Novos nomes são incorporados ao jeito de fazer trocas, através das criptomoedas (moedas digitais), por exemplo.

Em meio a tantas novidades, no ano de 2017 o Prêmio Nobel de Economia foi concedido a um norte-americano de 72 anos, Richard Thaler, por suas contribuições sobre a economia comportamental. Já falamos sobre esse tema em um artigo anterior. Em síntese, explica que controles que consideram apenas a lógica e a matemática nas finanças pessoais passarão pelo filtro das emoções e de comportamentos que influenciarão na tomada de decisão.

Os cristãos podem e devem estar sempre à frente do seu tempo, pois a Palavra de Deus é viva e atual. Temos um norte, uma inspiração e sempre um conselho de sabedoria para tomar decisão em qualquer época. Para nós, além da razão (não a ignorem!) e emoção, devemos considerar a vontade de Deus. Que contraria a lógica com freqüência e estabiliza as emoções no momento certo. Basta você querer.

O livro de Deuteronômio, na bíblia, nos ensina sobre como os israelitas deveriam viver para desenvolver um relacionamento de amor com o Senhor e como isso impactaria na vida abundante que o Senhor prometeu ao seu povo.

O texto abaixo está em Deuteronômio 30.19-20. Observe os conselhos deixados por Moisés após apresentar ao povo tantos preceitos da lei. Saiba que serão muito úteis no jeito de aplicá-las ao uso do dinheiro, pois atuam na base das nossas escolhas.

“Hoje invoco os céus e a terra como testemunhas contra vocês, de que coloquei diante de vocês a vida e a morte, a bênção e a maldição. Agora escolham a vida, para que vocês e os seus filhos vivam, e para que vocês amem o Senhor, o seu Deus; ouçam a sua voz e se apeguem firmemente a ele. Pois o Senhor é a sua vida, e ele lhes dará muitos anos na terra que jurou dar aos seus antepassados, Abraão, Isaque e Jacó.”

A relação com quem gostamos é o melhor dos mundos! Com quem não gostamos, faz parte. Vem no combo… rsrs. Relacionar-se com Deus é tudo de bom.

Mas eu e o dinheiro? Como fazer essa relação dar certo? Olhando para as nossas escolhas! Pois elas revelam o nosso compromisso com Deus.

Leia o que Moisés disse no versículo 11 do mesmo capítulo: O que estou lhes ordenando não é difícil de fazer, nem está além do seu alcance. O que significa que é possível às pessoas comuns, cheias de incertezas como eu e você. E se aplica à realidade em que estamos inseridas. Seja no muito, no pouco ou no que está por vir.

Então, antes de pensar em finanças, gostaria de te pedir para orar a Deus para que ele te ajude a saber administrar de acordo com a vontade Dele. Espero que você seja bem sucedida em suas finanças. Venha a ter o suprimento necessário, caminhe em direção aos seus sonhos, que envolvem finanças, e tenha como abençoar os outros.

Se você está em sérios apuros ou vive frustrada com suas finanças, ore também e deixe o Pai falar ao seu coração. Sinta-se cuidada por Ele. Se como filha, Ele precisar disciplinar você, aproveite porque será benção. Deus conhece o seu amanhã e quer o melhor para você. Apegue-se ao Senhor Jesus com todo o seu coração e vamos caminhar com Ele pela área financeira da sua vida.

Fabiana Silvestrini

(Visited 147 times, 1 visits today)
Posted in Bolsa Blindada, Séries.

Gostou do post? Deixe seu comentário :)