Ele se cansou de mim - edificadas

Ele se cansou de mim

O ato de perdoar é extremamente difícil, ainda mais nos dias de hoje, onde o orgulho se enraíza.

Cristo nos fala sobre a importância do perdão por diversas vezes, contudo, em seu maior discurso Ele não precisou de palavras: Sua morte na Cruz! Ele morreu para que alcançássemos o perdão dos pecados, para nos achegar a Ele… e, o melhor: tudo isso por amor a nós!

Muito se fala em perdoar ao próximo, fato que com toda certeza é essencial na vida de um cristão autêntico. Mas a pergunta em questão é: como temos nos portado em relação ao perdão que nos é oferecido através da Cruz de Cristo? Você tem se martirizado e convivido com o remorso por quem você era, por coisas que fez, ou pelo que você já disse? Infelizmente muitos tem permitido terem sua fé esfriada pois pensam que, de tanto pecar, Deus já não os suporta mais, e acabam por não aceitar o perdão que Cristo nos oferece.

A questão é: quem você é hoje? Você busca fazer o que agrada a Deus e honrar a Ele com sua vida hoje?

Na última celebração da Ceia na Igreja em que frequento foi abordado um tema que me confrontou grandemente, e acredito que outros possam se identificar também…

Em João 21:15-17 Jesus pergunta três vezes a Pedro se ele o ama: “Simão, filho de João, você me ama?”. Nunca fui fã do português, mas não é difícil perceber que o tempo verbal da pergunta é o presente.

Jesus, esquecendo-se do que Pedro fez anteriormente, queria saber se ele o amava naquele exato momento. Não perguntou se Pedro o amava no dia anterior, ou na semana anterior… o que importava (e ainda importa) era o presente!

Ainda, pode-se pegar como exemplo a parábola do filho pródigo, em Lucas 15:11-32. A felicidade do pai ao reencontrar seu filho perdido, que, após uma série de escolhas erradas, resolve retornar ao lar. É assim que Cristo nos recebe sempre que pedimos por Sua presença! É com todo esse amor que Ele nos aguarda retornar para Seus braços!

Durante a caminhada na fé cristã, vivenciamos lutas frequentes contra nossa carne. A todo momento somos confrontados com desejos que não agradam a Deus, e, infelizmente, o pecado se faz presente na vida dos cristãos. A grande questão é saber se prostrar diante de dEle e pedir por seu perdão, pois é isso que Ele nos pede. Ele não sugere que façamos grandes sacrifícios para obter o perdão dos nossos pecados: tudo já foi feito naquela Cruz. O que nos compete é pedir perdão pelas nossas falhas, arrependermo-nos verdadeiramente, e assim continuar buscando e lutando para que isso não se torne frequente e comum em nossas vidas.

Esse é o ponto, o problema: quantos já cansaram de lutar contra o pecado e o aceitaram, pois pensam “Deus já se cansou de mim”, “Deus já se cansou dos meus pecados”?

Se você arrepender-se verdadeiramente de seus pecados e pedir perdão, a consequência será a transformação de sua vida, e é isso que você deve buscar! Não deixe que o remorso de saber que o que você fazia, quem você era, permita que você se distancie da presença de Deus e impossibilite que você viva a plenitude de uma vida com Cristo.

Somos indignos de tudo que Cristo nos proporciona… tudo que temos e somos é por sua infinita graça e bondade por nossas vidas. Ele continua sendo justo e fiel mesmo quando não respondemos a Ele da forma devida. Por isso, permita-se achegar-se mais uma vez na presença do Pai, pois Ele lhe pergunta: você me ama hoje?

Carol Sebem

(Visited 101 times, 1 visits today)
Posted in Edificadas.

Gostou do post? Deixe seu comentário :)