Deixe a tristeza melhorar o seu coração

Melhor é a tristeza do que o riso, porque o rosto triste torna melhor o coração. Ec 7.3

Não há quem não tenha enfrentado dias difíceis, nublados ou escuros. Em Eclesiastes, o autor diz que melhor é tristeza do que o riso. Quem em sã consciência afirmaria isso? Alguém nesse mundo gosta de sofrer?

À primeira vista, parece que o autor está fora da realidade e que suas palavras estão distantes de um coração que realmente enfrenta sofrimento, mas não, ele sabe do que está falando.  Podemos ir para o Novo testamento e perceber que em nenhum momento Jesus disse que não sofreríamos. Ele nos garantiu a sua paz e companhia (Jo 14.28 – Mt 28.20), não a ausência de lágrimas (Jo 16.33).

Em meio a tantas “teologias” equivocadas sobre o sofrimento é importante dizer: “Mesmo que você for fiel a Deus e amá-lo de todo o coração você poderá sofrer”! Se no seu coração, esta verdade não estiver alicerçada, na dor o seu coração não resistirá e sua fé será abalada.

Saiba que os dias difíceis fazem com que tenhamos uma visão clara de como estamos, nossas fragilidades, motivações e limitações são totalmente expostas. É como se alguém entrasse dentro do nosso coração e colocasse um espelho que nos revelasse.

Essa revelação pode nos levar ao caminho da dependência de Deus, pois ao nos sentirmos pequenos, frágeis e recorrermos ao Deus que tudo pode fazer, aperfeiçoar, curar e mudar. A dependência de Deus na dor faz com que mesmo que não consigamos mudar nada ao nosso redor, estejamos no caminho certo que é nos braços do Pai – ali haverá tempo para chorar, ser consolada, meditar, avaliar a vida e inclusive: melhorar o coração.

Sim. O sofrimento pode tornar melhor o coração, nos deixar sensíveis as necessidades dos outros, ampliar nossa visão e nos ensinar a valorizar as coisas simples da vida como abraçar a mãe, um irmão, dizer eu te amo para os amigos, poder caminhar, respirar e até mesmo nos impulsionar a parar de protelar e aproveitar as oportunidades que Deus tem nos dado para falar de Jesus, orar mais, começar a discipular alguém, ajudar a quem está precisando, ir naquele projeto social…etc e etc.

Mesmo que seja difícil, agradeça a Deus pela dor e peça que Ele “melhore” o seu coração.

Que ela te faça agir.

Que ela te faça olhar para o alto.

E não esqueça: Deus continua no controle!

Colunista-01

(Visited 151 times, 1 visits today)
Posted in Edificadas.

Gostou do post? Deixe seu comentário :)