Concurso Público! Você Encara? PARTE II

Vamos continuar a falar sobre como passar em Concursos públicos. Deu uma olhadinha no post de ontem?

(  ) Sim?  (  ) Não?

Então dê uma passadinha AQUI e não perca nenhum detalhe destas super dicas!

Prontas? Então vamos lá!

Tudo começa com…

FOCO

Há no Brasil uma gama muito ampla de concursos públicos em diversas áreas que você pode optar por dedicar-se a estudar. Para tanto, aí vai um conselho importante: Escolha uma área específica e especialize-se nela. Sem subestimar sua capacidade, mas ter um foco é muito importante, pois a quantidade de conteúdo a ser estudada de cada disciplina é grande e se você optar por concursos em áreas diferentes poderá ter dificuldade em memorizar tanto conteúdo de tantas disciplinas diferentes pois dificilmente encontrará concursos de áreas diferentes com programa semelhantes.

Além de escolher uma área específica tenha o cuidado na seleção do material que você utilizará como apoio. Seja uma apostila, um curso presencial ou um curso EAD, busque o melhor dentre aqueles especializados na área. Muitas vezes sua preocupação em economizar pode lhe custar a aprovação. Contudo, não falo isso para dizer que o mais caro é o melhor, mas para alerta-lo a buscar informações quanto ao melhor método, escola com maior número de aprovações no curso pretendido, bem como a valores adequados aos serviços e/ou produtos oferecidos. As redes sociais são um meio bastante eficaz nessa busca. Você facilmente obterá as respostas de que precise com os “concurseiros de plantão” nos grupos de estudo.

ORGANIZAÇÃO

Outro aspecto importante durante sua maratona de estudos é organizar-se quanto a forma de selecionar as disciplinas e o tempo dedicado a cada uma delas. Haverá conteúdos com maior facilidade de aprendizagem e que lhe trarão prazer em estudar. Entretanto, na maioria das vezes, o problema não são os assuntos difíceis ou “chatos”, mas você que ainda não os dominou ou compreendeu ou teve alguma experiência ruim no passado relacionados a eles ou a quem os ensinou. Se você dedicar-se, compreenderá o conteúdo e acabará sendo agradável o que antes era exaustivo.

Para que haja um aproveitamento melhor é importante intercalar os conteúdos fáceis com disciplinas que ainda são difíceis. Além disso, ao final de cada módulo de estudo, é importante a resolução de muitos exercícios (quando você já resolveu todos, resolva muitos outros ainda), provas passadas e, dependendo do prazo até data da prova, alterne simulados semanais, quinzenais ou mensais. O resultado obtido nessas revisões trará um certo equilíbrio, ou seja, você não ficará empolgado ou demasiadamente confiante em si mesmo, pensando que dominou tudo, bem como o impedirá de sinta-se exageradamente desanimado, condição essa que o levaria a desistir do projeto. Tenha cuidado com suas emoções: EQUILIBRIO pode ser decisivo antes e durante a prova.

Não deixe nada pela metade, termine o conteúdo que começou a estudar, mesmo que tenha que revê-lo mais tarde e tenha a determinação de ir até o fim, ou seja, busque respostas para todas as suas dúvidas. Tendo uma base sólida a construção do conhecimento será firme.

AUTOCONHECIMENTO

Conheça-se. Descubra como a sua memória funciona e explore-a. Há muitas formas de se aprender. Somos pessoas diferentes umas das outras e cada uma tem um tipo de habilidade. Algumas são:

Visuais: aprendem visualizando

Manuais: aprendem colocando a mão na massa

Auditivos: aprendem escutando

Escritores: aprendem o que escrevem

Ensinadores: aprendem enquanto ensinam para outros

Há ainda aqueles que são:

Estressados: aprendem sob pressão

Facilitados: aprendem de tudo com facilidade

Alunos: aprendem através de uma autoridade

Copiadores: aprendem visualizando ou copiando outrem


Estão gostando? Amanhã teremos a última parte 😀 Aguardem…

Colunistas-Wanda

(Visited 57 times, 1 visits today)
Posted in Conselhos de amiga, Papo de Universitária.

Gostou do post? Deixe seu comentário :)