Outubro Rosa

Reading Time: 3 minutes

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referentes ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama.
Todas as ações eram e são até hoje direcionadas à conscientização da prevenção pelo diagnóstico precoce. Para sensibilizar a população, inicialmente, as cidades se enfeitavam com os laços rosa, principalmente nos locais públicos, depois surgiram outras ações como corridas, desfile de modas com sobreviventes (de câncer de mama), partidas de boliche e etc. (www.pink-october.org).
A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes, teatros e etc. surgiu posteriormente, e não há uma informação oficial, de como, quando e onde foi efetuada a primeira iluminação. O importante é que foi uma forma prática para que o Outubro Rosa tivesse uma expansão cada vez mais abrangente para a população e que, principalmente, pudesse ser replicada em qualquer lugar, bastando apenas adequar a iluminação já existente.
A popularidade do Outubro Rosa alcançou o mundo de forma bonita, elegante e feminina motivando e unindo diversos povos em torno de tão nobre causa, isso faz que a iluminação em rosa assuma importante papel, pois se tornou uma leitura visual, compreendida em qualquer lugar no mundo. http://www.outubrorosa.org.br/historia.htm
Querida amiga do Fémenina!!
O diagnóstico precoce ainda é a maneira mais rápida para se detectar um câncer, não me refiro apenas ao câncer de mama. Cada uma de nós tem um histórico, uma carga genética, uma maneira de viver a vida. Uma alimentação saudável, a prática saudável de exercícios, o cuidado com a exposição da pele ao sol, o cuidado com a higiene íntima e bucal, não fumar, não ingerir bebida alcoólica, as consultas com ginecologista e exames preventivos já reduzem em muito o risco de desenvolver a doença. Hoje estamos rodeadas de recursos e informações, mas, muitas vezes por achar que “comigo não vai acontecer” ou por descuido e relaxamento, pode-se pagar um alto preço. Não espere até os 35 ou 40 anos para começar a fazer os exames. Faça o autoexame das mamas todo o mês. Converse abertamente com seu médico, não tenha vergonha de expor suas dúvidas. Converse com sua família, procure descobrir se há ou houve casos de câncer entre seus familiares. Minha avó paterna faleceu aos 49 anos de idade por causa do câncer de mama, na época não tinha os recursos disponíveis que temos hoje, por isso, faço mamografia desde os 29 anos.
Fique atenta e cuide-se.
Acesse os links abaixo e você poderá saber mais sobre este assunto.
Deus te abençoe.
Beijos
Cristina Nehring








Obs.: Durante 9 anos trabalhei como voluntária na Liga Feminina de Combate ao Câncer de Panambi/RS e Rede Feminina de Combate ao Câncer de Braço do Norte/SC.