Deus: Meu melhor amigo

Amizade: efeito puro e desinteressado, carinho, afinidade, conexão entre amigos.

Amigo: que tem amizade, amistoso, que gosta muito de algo/ alguém.

( Diccionario de la Lengua Española. P. 56 )

Pela definição do dicionário amizade tem efeito puro e desinteressado, afinidade, conexão entre pessoas. Como o caso aqui é a amizade com Deus, a CONEXÃO deve ser com Ele. Quando temos uma amizade com alguém especial, que realmente faz diferença em nossa vida,  nós, seres  “relacionais”, presamos por cultivar as nossas amizades ou a nossa amizade, às vezes não temos tantas assim, mas todas (os) nós, acredito, temos alguém especial que nos aconselha, ajuda e consola nos momentos difíceis, ou deveríamos ter. Precisamos muito disso!!!

Na bíblia lemos que Abraão era amigo de Deus, sua conexão com o Senhor foi tão grande que mesmo  diante do pedido feito por Deus, para que ele sacrificasse o seu único filho, Isaque, Abraão não duvidou da soberania de seu divino amigo. Ele confiou! (Gn 22.2).

Leia mais…

Amigos amigos, mas se tiver benefícios

Em uma era onde nada se dá apenas se tira, nada é de graça e tudo passou a ser banal, cresce uma geração infantil em que frente as situações adversas, “pega sua bola” e simplesmente para de brincar e agora ninguém mais brinca porque a “bola é minha”. Assim os relacionamentos, tanto profissionais quanto afetivos, tem se construído, tão leves que qualquer brisa os desfaz.

E nesse clima “leve” é que as amizades se constroem, não mais como uma relação afetiva onde nada se ganha e ao contrário, me dou em auxilio daquele a quem considero, mas um amigo é sempre uma fonte de benefícios, sejam eles econômicos, sociais, emocionais ou até mesmo sexuais, por que não? É tão bonitinho ter e estar a disposição só quando eu quero, é tão “aventura”, tão emocionante ter um segredinho, é tão COLORIDO ter um amigo “mais querido”.

Uma amizade colorida pode ser fonte de grandes emoções pra uma vidinha que anda meio parada. Numa amizade colorida se encontram muitas frases de duplo sentido, com aquele “Q” de maldade e segunda intenção. Se encontra aquele olhar de canto que só a dupla entende. Numa amizade colorida se encontra a adrenalina que uma amizade comum não tem, um namoro sadio não tem, que um casamento não tem, porque a adrenalina acontece em momentos de desequilíbrio e relacionamentos equilibrados podem parecer menos emocionantes e portanto, menos satisfatórios.

Leia mais…

Livrai-me do cara que não combina comigo, Amém!

Na minha adolescência, eu tinha certeza de que Deus tinha uma única pessoa certa para mim. Podia ser alemão, holandês, africano, português, tanto faz, desde que fosse o escolhido; se não fosse cristã, diria “a alma gêmea”. Na minha cabeça não havia espaço para erros de minha parte, mas minha amiga, nem tudo aconteceu como o planejado. Nós, seres humanos, somos mais complicados do que imaginamos; e muitas vezes não ouvimos ao Senhor como deveríamos.

Passaram-se os anos, conselhos recebi, vídeos vi e livros li… E sabe de uma coisa? Minha oração recebeu um outro tom e passou a ser: “Deus, tem muito cara legal por aí eu sei, mas por favor, me aproxima daquele que mais combina comigo!”.

Deus sempre soube com quem eu iria casar, Ele é soberano. Mas fazer essa oração aliviou muito o peso da minha mala (literalmente), pois passei a não carregar mais o medo de que eu teria que me tornar uma pessoa totalmente diferente de como eu era antes de casar, pois eu amava ser quem eu era, minha vida de solteira, ser falante, expansiva e amava minha rotina e amava sair para as igrejas pregar, treinar e acompanhar os ministérios.

Leia mais…

Somos um só time…

Costumo dizer que futebol é metáfora da vida e talvez por isso esse lance com a Chapecoense me deixa tão triste. Porque, por mais que torçamos pra Flamengo, Corinthians, Vasco, Palmeiras, Santos e outros grandes times, na vida a gente é mesmo uma Chapecoense. A gente sonha, luta, batalha, joga fechadinho na defesa, aguenta pressão no trabalho, salva bola em cima da linha no último minuto e quer ser campeão de algo, vibrar com a felicidade, alçar vôos altos. A gente é Chapecoense na vida porque, por mais que algumas vezes queira e em outras se sinta impotente, está lá, sempre na peleja. Nem sempre com torcida a favor, às vezes com o estádio da vida lotado, tentando virar o jogo fora de casa, mas estamos lá, buscando nossa realização, nosso conto de fadas. A gente adotou a Chapecoense porque ela é gente da gente. Com essa queda, a gente vê como se importa com bobagem, como perde energia com coisas pequenas, inclusive por aqui. Como a gente se demora em questões que não geram amor. “Donde no puedas amar, no te demores”. Já que vamos seguir na vida, é preciso ser mais Chapecoense. Se encontrar mais, sorrir mais, discordar quando for necessário, mas se respeitar mais. Cultivar os afetos, deixar os desafetos pra lá, nos livrar das âncoras e seguir com as velas. É preciso seguir, é preciso soprar. Vamo, vamo, Chape. Na metáfora dessa vida, jogo de futebol eterno, Chape somos nós…” Por Arthur Crispin

Hoje, dia 29 de Novembro de 2016 ficou marcado pela tragédia com o avião do time do Chapecoense, assim como outros dias que também amanheceram cinzas por alguém estar chorando, estar sofrendo pela perda de alguém querido.

Leia mais…

SOMOS TODOS CORRUPTOS!

Em fevereiro de 2015, o Estadão de São Paulo fez uma campanha com esta afirmação: Somos todos corruptos! Esta frase de impacto choca e desafia ao leitor a fazer uma troca de papeis; ao invés de tratarmos pessoas distantes como corruptos, apontamos o dedo para alguém mais próximo: nós mesmos.Leia mais…

Toda menina cristã deve ser….grata!

A gata da minha vizinha da frente criou…uma ninhada de gatinhos pretos…lindos, fofíssimos, dá vontade de apertar… mas apesar de brincarem todos os dias bem na minha frente eu não tinha visto… sério…não vi! Precisei receber a visita dos meus pais e do meu pai dizer: “Você viu a ninhada de gatinhos?”. Fiquei impressionada de não ter visto antes, eles até já estão crescidinhos e eu não tinha percebido.Leia mais…

Toda menina cristã deve ser… cristã.

Parece redundante, mas não é. Tudo começou com os “do Caminho”, ou seja, os primeiros seguidores de Jesus, que mais tarde, ficaram conhecidos como cristãos. Daí, o nome. Gosto de ver entrevistas ou ler comentários de pessoas que não se identificam como cristãos, mas têm pontos de vista muito interessantes sobre nós. Estou falando de pessoas sensatas, que tem algo a contribuir. É como se ver de fora. Ás vezes, essa indagação pode nos trazer um certo receio. Afinal, como sou vista como pessoa? A minha vida é relevante?

Vamos voltar um pouco no tempo, lá para igreja primitiva. Alguém de fora já fez essa observação dos cristãos há muito tempo e deixou registrada em uma carta a sua impressão. Esse documento histórico, escrito provavelmente entre o II ou III séculos é a “Carta a Diogneto”. Acredita-se que Diogneto foi tutor do imperador Marco Aurélio. Na edição de março/abril de 2013 da Revista Ultimato, o teólogo Paul Freston discorre sobre essa carta. Super recomendo esse artigo.

Olha só, que interessante o que o escritor da carta observou. Escrevo aqui apenas alguns trechos, para nos dar um gostinho: “A diferença entre os cristãos e o resto da humanidade não é uma questão de nacionalidade ou linguagem ou costumes. Os cristãos não vivem separados em cidades próprias, nem falam um dialeto peculiar, nem praticam um modo de vida excêntrico.” Tampouco “seguem esta ou aquela escola de pensamento humano”. Leia mais…

O que eu NÃO posso esquecer ao crescer?

“Quero trazer a memória o que me pode trazer esperança”. Lamentações 3.21

Quando eu era criança, surgiu uma história de uns homens maus que arrancavam os olhos das crianças. Eu, bem pequena, morria de medo de que eles me “pegassem”. Até hoje eu lembro das pessoas comentando. Diziam que era real, e eu acreditava piamente naquela história. Mesmo que em minha casa nunca fui incentivada a “criar” medos de estimação, a febre era geral entre meus coleguinhas e eu também passei a tê-lo.Leia mais…

Um papo sobre pureza – Parte 2

Como estão queridonas? Espero que muito bem.

Espero de todo o coração que você esteja mantendo seu corpo puro para glória e honra de Deus.

Hoje iremos continuar falando sobre pureza, mas o foco será um pouquinho mais pra cima… Isso mesmo, a nossa mente. Minha mãe sempre me dizia: “Minha filha, quando a cabeça não pensa, o corpo padece…”. Depois de alguns anos vejo como isso é cada vez mais real neste mundo. Falamos muito sobre a pureza do corpo e como conservar um hímen intacto, mas esquecemos que tudo começa na mente. O pecado começa na mente. Tiago nos fala o seguinte:

Quando alguém for tentado, jamais deverá dizer: “Estou sendo tentado por Deus”. Pois Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido. Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte. (Tg 1.13-15). Então vem as seguintes perguntas:

  • É errado ser tentada? Não, o errado é cair na tentação!
  • De onde vem a tentação? O próprio Tiago responde: Da nossa cabecinha!

Precisamos estar em constante alerta com a nossa mente. Romanos 12.1 e 2 lembra que nossa mente precisa ser transformada para que o corpo possa ser um sacrifício vivo e santo, agradável a Deus. “A queda é um constante ceder” quando nossa consciência fica cauterizada, o pecado vai ser tornando normal. E daí minha filha, o corpo padece mesmo!!!

Leia mais…