Adolescente pode ter depressão?

Para quem é da área da medicina, da psicologia a pergunta é óbvia, mas para muitas pessoas (sério, muitas mesmo) a depressão em adolescentes é mais uma modinha atual que pode ser curada à base de laço. Ou seja, depressão não é considerada como doença, mas sim falta de disciplina dos pais, falta de trabalho, etc… Será mesmo? Ontem, por várias vezes, vi pessoas postando em suas redes sociais comparações de como era na sua época de adolescência e como é na atualidade.

Mas o engraçado é que muitos que falam que adolescente não pode ter depressão, e o fato deles aderirem desafios como a Baleia azul está na “falta de laço” são os que tomam antidepressivos e precisam de cuidados médicos na vida adulta. Aí nos deparamos com algo esquisito, pois para os adultos a depressão é considerada doença, mas para os adolescentes: frescura e falta de laço.Leia mais…

O “crush” que nunca vem

Olá meninas fé! Hoje estou aqui prá falar um assunto que querendo o ou não, tá no nosso dia a dia, seja pelas fotos engraçadas postadas nas redes sociais, seja nas conversinhas entre nós, meninas, sempre surge o tal do “crush”.

Você que é adolescente, e está naquela fase da vida em que os meninos deixaram de ser aqueles bobões que você tinha vontade de bater quando mais nova e agora começam a ser mais interessantes de uma forma bem diferente… este texto é pra você garota!

Talvez você que esteja começando a sentir umas coisas meio estranhas e confusas dentro de ti. De repente aquele garoto que você vivia achando o maior chato se torna um gato, sim, ele tá muuuito bonito. E quando ele te dá um “oi”, ou vem puxar papo,  você precisa segurar o coração porque a qualquer momento ele pode sair pela boca. hahaha

Estou mentindo, ou tô falando a verdade? Eu sei que você sente isso!

Ah, e a curiosidade? Siiim, todas as meninas da sua turma já beijaram e tem namoradinhos por aí, e você nada, só fica sonhando com esse momento que já da o maior frio na barriga e nervosismo só de pensar. Talvez você se pergunte… “cadê meu crush que nunca chega?”

Leia mais…

A Tal “Ansiedade”!

Na atualidade, a maioria das pessoas ganhou uma amiga de todas as horas: a ansiedade! A ansiedade nada mais é, que o excesso de futuro.

Sabe aquelas horas que você fica acordada antes de dormir, em que você se preocupa pensando no seu futuro – se você vai conseguir entrar na faculdade, se conseguirá o emprego dos sonhos ou até mesmo se vai encontrar o seu “príncipe num cavalo branco”? Então, essa é a tal “ansiedade”.

Crê-se que viver na ansiedade não é, realmente, viver. Sempre se está preocupada com o que comer, vestir, no que acontecerá no dia seguinte, em conseguir ser aprovada no semestre da faculdade…

Acredita-se também, que Deus não formou o ser humano para viver com um sentimento tão ruim dentro de si, que tira a sua paz e suas noites de sono e consequentemente sua alegria de viver!

Para melhor combater a ansiedade, precisa-se desvendá-la. Ninguém melhor do que Jesus para ajudar a combater a ansiedade. Que tal ver o que a Bíblia fala a respeito disso!!!

“Se vocês decidirem por Deus, vivendo para cultuá-Lo, não ficarão aflitas com a comida que terão de pôr na mesa ou se o guarda-roupa está fora da moda. Há muito mais coisas na vida que a comida que vai para o estômago! Há muito mais coisas para se ver que as roupas que vocês usam! Olhem para as aves, livres e desimpedidas: não estão presas a nenhum emprego e vivem despreocupadas, aos cuidados de Deus. E vocês valem para Ele muito mais que os passarinhos!

Será que alguém consegue ficar um centímetro mais alto preocupado diante do espelho? Todo esse tempo e dinheiro gasto com moda, pensam que faz muita diferença? Em vez de correr atrás da moda, caminhem pelos campos e observem as flores silvestres. Elas não se enfeitam nem compram, mas vocês já viram formas e cores mais belas? Os dez homens e mulheres da lista dos mais bem vestidos iriam parecer maltrapilhos comparados às flores.

Se Deus dá tanta atenção à aparência das flores do campo – e muitas delas nem mesmo são vistas –, não acham que Ele irá cuidar de vocês, ter prazer em vocês e fazer o melhor por vocês? (…)

Prestem atenção apenas no que Deus está fazendo AGORA e não se preocupem quanto ao que pode ou não acontecer amanhã. Quando depararem com uma situação difícil, Deus estará lá para ajudá-las.” – Mateus 6:25-26 (A Mensagem)

Jesus com certeza não quer que ninguém ande ansioso por coisa alguma. Então, é importante observar algumas falhas de atitude, tentar corrigi-las e, com isso, enfrentar essa tal ansiedade:  

  1. Falta de Fé

 O problema da pessoa ansiosa é a falta de fé. Nesse trecho da Palavra de Deus, Jesus diz que não se deve andar ansioso ou que não se deve preocupar-se em demasia.

Se vocês decidirem por Deus, vivendo para cultuá-Lo, não ficarão aflitas…”

“…não acham que Ele irá cuidar de vocês, ter prazer em vocês e fazer o melhor por vocês?”

 “…Deus estará lá para ajudá-las.”

 John Piper escreveu que, quando a falta de fé passa a ter domínio sobre o coração, um dos efeitos é a ansiedade. A raiz da ansiedade é a desconfiança de tudo que Deus prometeu dar a seus filhos em Jesus.

Resumindo: A ansiedade revela uma enfermidade horrível na alma, a falta de fé. Porém, sabe-se que Jesus é o médico dos médicos, o médico da alma e que Ele é capaz de agir por meio da cura quando houver um pedido de ajuda.

“(…)Assim que Jesus disse essas palavras, o pai do menino exclamou: ‘Eu creio, mas me ajude a vencer as minhas dúvidas’.” – Mc. 9:24 (A Mensagem)

  1. Pensar Demais

A pessoa ansiosa vive com a mente ligada. São pensamentos intrusos, que não param de chegar, perturbando a paz e o sossego. Sempre há alguma coisa com que se preocupar, desde o que é importante até às bobagens.

“…Será que alguém consegue ficar um centímetro mais alto preocupado diante do espelho?”

  1. Os Perigos da Pessoa Ansiosa
  • A ansiedade impede você de desfrutar do que é mais importante: “(…)não ficarão aflitas com a comida que terão de pôr na mesa ou se o guarda-roupa está fora da moda.”
  • A ansiedade faz você esquecer da sua importância para Deus: “Se Deus dá tanta atenção à aparência das flores do campo – e muitas delas nem mesmo são vistas –, não acham que Ele irá cuidar de vocês, ter prazer em vocês e fazer o melhor por vocês?”
  • A ansiedade leva você a viver de mentiras e ilusões: “Todo esse tempo e dinheiro gasto com moda, pensam que faz muita diferença?”
  • A ansiedade cega você para as promessas de Deus: “(…)não acham que Ele irá cuidar de vocês, ter prazer em vocês e fazer o melhor por vocês?”
  • A ansiedade transforma você no que você nunca deveria ser: “Se vocês decidirem por Deus, vivendo para cultuá-Lo, não ficarão aflitas com a comida que terão de pôr na mesa ou se o guarda-roupa está fora da moda. Há muito mais coisas na vida que a comida que vai para o estômago! Há muito mais coisas para se ver que as roupas que vocês usam!”
  • A ansiedade causa uma destruição física (consome a saúde), emocional (destrói aos poucos o nosso caráter, pois leva a cometer muitos outros pecados), espiritual (tira a paz da pessoa com Deus) e, também, destrói relacionamentos (conviver com uma pessoa ansiosa é insuportável).
  • A ansiedade é um câncer na alma! 
  1. “Dar um Jeitinho” no Coração Ansioso

 Se a raiz da ansiedade é a falta de fé, então cabe ao ansioso encher o coração das promessas de Deus, crendo e vivendo pela fé em cada uma delas. Em Mateus 6.25-34 existe, ao menos, sete promessas dadas por Jesus para ajudar a vencer a ansiedade.

Fé nas promessas de Deus para livrar-se da ansiedade significa buscar na Palavra de Deus promessas em que se pode apegar-se e crer permitindo, assim, que não haja pouca fé no coração.

Além da fé nas promessas de Deus, Jesus mostra à pessoa ansiosa que se deve ter foco no Reino de Deus. Pessoas pagãs focam-se neste mundo, buscam as coisas deste mundo e vivem para os prazeres deste mundo. Cristãos, por outro lado, focam sua vida no Reino de Deus e na Sua justiça, confiantes de que todas as coisas necessárias para viver (roupas, comida, saúde…) Deus dará.

Quando busca-se o Reino de Deus em primeiro lugar, não tem como ficar ansioso!

  1. Conclusão

Uma vez que, a vitória sobre a ansiedade passa pela fé, entregando-se diariamente a Cristo, logo, viver sem fé em Cristo é morrer de ansiedade crônica a caminho do inferno. Portanto, arrependa-se, entregue-se e viva para Cristo, então, sua alma viverá.

Camila Scholl/ Apucarana – PR

Por que o Getsêmani?


Muitas pessoas consideram que a vitória concedida a nós sobre a morte eterna foi consumada na cruz, e de fato, pouco antes de morrer, Jesus exclamou ali: “Está consumado” (João 19:30). Mas, a verdadeira certeza de que teríamos a salvação se confirmou no Jardim do Getsêmani.
Depois de cear com os discípulos, Jesus foi ao jardim para orar e se preparar espiritualmente para encarar a dor e o sofrimento que teria de passar (ou não). Mas porque “ou não”?
Porque Jesus tinha a opção de dizer não ao plano do Pai, afinal, Ele era e é Deus. Mas Jesus se submete ao Pai.
Repare: “Meu Pai, se for possível, afasta de mim este cálice; contudo, NÃO SEJA COMO EU QUERO, mas sim COMO TU QUERES.” (Mt.26:39)
Ele poderia ter mandado que seus exércitos celestiais descessem e acabassem com aqueles sacerdotes e fariseus. Mas não. Nosso Senhor demonstrou mansidão, um dos frutos do Espírito (Gl 5.22-23.) Não fez nada, apenas obedeceu em silêncio. Como ele conseguiu reagir dessa maneira?
“Bem, Ele era Deus!” Não, irmãzinha, não foi porque Ele era Deus, afinal, Ele também passou por todo o tipo de tentação como nós (Hb. 4:15). Você sabe por quê?
1º: Jesus ora. Não uma oração comum, uma oração fervorosa. A Bíblia relata que seu suor era como gotas de sangue (Lc 22:44). Ele estava angustiado e sabia que a única fonte de paz era Deus. Pela oração ele conseguiu sair daquele jardim cheio de paz e confiança para morrer e sofrer por nós.
2º: Jesus se submete à vontade de Deus: Ele obedece. “Seja feita TUA vontade.” O espírito recebeu forças através da oração para que Ele obedecesse e fosse fiel ao Senhor. Percebe que uma coisa está ligada à outra? A oração fortalece o espírito!
3º: Ele sabia que sua morte tinha um propósito e que, no futuro, as consequências seriam melhores (Hb.12:2b). A alegria de saber que a vontade de Deus seria feita foi maior que a vergonha ou que qualquer outra coisa. Ele foi para o Calvário com o sentimento de vitória dentro de si.
Bem, mas o que isso tem a ver com você?
Todo dia, nós passamos por uma luta. Nossa vida é uma guerra espiritual e cada dia é uma batalha. Você já teve problemas com seus pais em casa? Já ficou cansada ao passar a manhã na escola ou no trabalho e ter de chegar em casa com uma porção de coisas para fazer? Já teve vontade de faltar ao culto no domingo por falta de ânimo? Já foi tentada a colar na prova ou a falar o que aquela pessoa merecia? Pois é, são lutas diárias e a maneira como reagimos a cada uma dessas lutas mostra nosso caráter.
Precisamos nos esvaziar de nós mesmas e clamar para que Deus nos molde para que tenhamos o caráter de Cristo.
Amiga, quando acordar para mais um dia, procure ter a mesma atitude de Jesus: ore. Não apenas quando acordar, mas o tempo todo. Esteja em comunhão com Deus em pensamento. Peça ajuda a Ele, agradeça, louve, confesse seus pecados e peça perdão. Separe um tempo para isso. Deus considera precioso todo tempo que usamos buscando a sua face! Através da oração, o Espírito Santo age e te leva para a vontade de Deus.
Obedeça. Reconheça que o plano de Deus é o melhor e se entregue à vontade dele. É difícil, eu sei. É uma luta espiritual, não humana (Ef 6.12). Mas seja forte e exerça o fruto do domínio próprio (2Co 5.18,19), dizendo NÃO ao pecado e a si mesma.  
Por fim, tenha certeza de que Deus não te colocou na situação em que você está à toa. Ele tem um propósito, assim como tinha um propósito para a vida de Jesus aqui na terra: salvar aqueles que estavam perdidos, ou seja, todos nós.
Que Deus nos abençoe e nos ajude a crescer mais e mais! 
Larissa Kriger
São Paulo/SP

Espaço Teen: Nathana

 Esperar no Senhor
Oi Meninas,

Ficar!?
Será que vale a pena?
Com certeza, não!

Se tem algo que coloquei como propósito na minha vida é isso: de não ficar. Acredito que não vale a pena e que não devemos desagradar a Deus com essa atitude.
Mas, aí vocês podem me perguntar: “E quando bate aquela paixonite ou aquela atração? O que devemos fazer?”.
Situação complicada, mas não há nada de errado em se interessar por alguém, desde que saibamos o que queremos. Nada de encontros sozinhos, olhares maliciosos e encontros no escurinho. Somos princesas do Senhor, então nada de agir como as meninas do mundo!
Mas, se o interesse for por um guri cristão, a história muda? De certo ponto sim. No entanto, é preciso orar para saber se é da vontade de Deus, para só depois, namorar e casar.

Se você acha que precisa de um namorado, não está pronta para namorar. Todas sabemos que só o Senhor pode preencher o nosso coração, então nada de ficar sonhando e pensando que quando tiverem um namorado vão estar satisfeitas e felizes.  A verdadeira felicidade a gente só encontra em uma verdadeira relação de intimidade com o Senhor.

Gurias, “Guiem-se pela sabedoria e usem sempre o bom senso.Se você sente que um comportamento não é conveniente, provavelmente, não é mesmo.”

Paixonites passam;
– Olhares são momentos
– Ficar é apenas um momento.

Escolham ser purase viver em santidade.
Se está solteira, viva essa fase!
Eu creio que Deus espera de nós atitude como a de Rebeca (Gn. 24), que estava tão distraída servindo e foi surpreendida pelo pedido de casamento de Isaque.
Que sejamos mulheres que esperam em Deus de tal forma, que quando a pessoa certa chegar seremos surpreendidas.

Garotas de Deus, valorizem-se, por favor!
Tenham postura de mulher virtuosa!

Por isso, aprendam a confiar e descansar no Senhor.

Abraços suas lindas,
Deus abençoe!

Nathana Sistherenn
Getúlio Vargas – RS

Espaço Teen: Angela

Amizades
Oi FÉmeninas,
Tudo bem com vocês?
[Cuidado] Não se deixem enganar: “as más companhias corrompem os bons costumes”. 1Coríntios 15:33
Bom a minha OMA, Op’s quer dizer, minha líder Martinha (HAHA), pediu para escrever um post para o nosso blog.
Desde então, tenho pedido muita sabedoria e discernimento ao Senhor sobre o que eu poderia escrever. Muitas ideias me vieram à cabeça e também muitas dúvidas sobre o que eu escreveria. Mas, com o decorrer dos dias, muitas coisas acarretaram a decidir escrever sobre o tema AMIZADE!  :  )  
É um assunto em que é preciso tomar muito cuidado e prestar bastante atenção, ainda mais por sermos meninas. Amizade é algo necessário e, além disso, é preciso que paremos um pouco para pensar e refletir sobre a maneira como estamos tratando os nossos amigos.
O tratamento que damos a eles é adequado e correto de uma cristã?
Em primeiro lugar, devemos analisar as pessoas com quem temos andando. Pergunto: temos amizades saudáveis que nos aproximam do Senhor ou elas estão servindo só pra encher nossas mente de ‘’abobrinhas’’ e  ‘’caraminholas’’ e, que por sinal, acabam  nos afastando do Senhor?
A palavra de Deus  orienta quando nos diz sobre a ESCOLHA e o TRATAMENTO que devemos ter com nossos amigos, pois querendo ou não as nossas amizades acabam nos influenciando, seja para coisas boas ou ruins, e às vezes isso acontece e nem percebemos o quanto somos influenciados.
“O justo serve de guia para o seu companheiro, mas o caminho dos perversos os faz errar” (Provérbios 12:26).  
Você já parou para analisar quem são os seus amigos?
Já colocou em uma balança e notou o quanto eles te fazem ficar mais próxima do Senhor?
Ou se de alguma forma eles acabam te afastando de Deus?
Se você ainda não fez isso, te aconselho a analisar as suas amizades! 
Eu mesma nunca fui uma menina de ter multidões de amigos. Sempre fui aquela de analisar e escolher as minhas amizades, as que me faziam crescer!
Morei dois anos em Florianópolis e digo: fiz amizades verdadeiras e amigos maravilhosos. Em pouco tempo, aprendi o que é uma amizade verdadeira, onde há união e comunhão, algo verdadeiro vindo do Senhor!
Aí, vem a questão de você saber escolher bem seus amigos, saber escolher quem são as pessoas que você deseja que estejam ao seu lado.
Por isso meninas, digo que é importante escolher os amigos com quem andamos e dividimos as nossas vidas. Quem anda com os sábios será sábio, mas o companheiro dos insensatos se tornará mau “ (Provérbios 13:20).  
A Bíblia nos dá o exemplo de um homem que recusou seguir os caminhos errados, que outros homens seguiam, e com isso mostrou a sua enorme lealdade ao Senhor.
Vocês sabem quem foi esse homem? Esse homem se chamava Abraão e ele  “Foi chamado de amigo de Deus” (Tiago 2:23). 
Gurias,
Devemos escolher muito bem nossas amizades, especialmente porque elas irão ajudar na nossa vida espiritual.
Amizade é muito mais que você ter várias pessoas ao redor de você;
Amizade é algo que tem que ser saudável;
É algo que tem que te alegrar;
É algo que te inspira a fazer e viver coisas boas.
E, principalmente, não dever ser algo que te afasta de Deus, que te afasta da família e que te leva a percorrer caminhos escuros.
Escolha ter amigos que te aproximam do Senhor. Procure ter amigos que amem o Senhor mais que tudo nessa vida, amigos que têm Deus no centro do seu coração.
Procure amigos firmes no amor de Jesus Cristo, porque se você vier a cair ou apenas tropeçar, com certeza esses amigos vão te levantar, segurar firme em suas mãos e irão te ajudar a continuar a andar ao  maior e inesquecível encontro de nossas vidas, que é o encontro com o nosso Senhor Jesus Cristo.
Não há amigo melhor e que nos ama mais do que Ele, JESUS! : )

O amigo ama em todo o tempo; e para a angústia nasce o irmão.
Provérbios 17:17
Abraços,
Angela Durans
Igreja Batista Pioneira Floripa/Maranhão

Espaço Teen: Martina

E agora? O que fazer? Deus me ajuda!
Estamos chegando a mais um final de ano, o que por um lado é um alívio, pois sempre temos mil coisas para fazer durante o ano e quando chegamos ao fim pensamos “ufa, consegui fazer tudo (ou pelo menos boa parte) de tudo o que tinha planejado para esse ano”. Mas por outro lado é tempo de ter aquele friozinho na barriga, porque um novo ano nos espera, cheio de novos desafios. Imagino que esse friozinho é muito maior para aquelas que esse ano, concluíram o Ensino Médio, que é o meu caso.
Quando eu era menor, tudo era mais simples. Terminava as aulas, vinha o natal, chegava um novo ano, ia ao Acajumer e depois voltava às aulas. Simples. Não tinha o que decidir. Porém, nesse ano tive que decidir muita coisa, como por exemplo: onde prestar vestibular, que curso escolher, ficar em casa e fazer alguma faculdade perto ou ir para mais longe, etc. Muita coisa para decidir…
Como são decisões difíceis para serem tomadas, nada melhor do que pedir a ajuda de Deus. No início, eu estava super confiante de que Deus ia me dizer exatamente o que eu deveria fazer. No entanto, o tempo foi passando e a minha resposta não vinha. Comecei a perder as minhas esperanças, cheguei a me revoltar e a me questionar. Foi ai que me recordei de um versículo.
“Deus marcou o tempo certo para cada coisa. Ele nos deu o desejo de entender as coisas que já aconteceram e as que ainda vão acontecer, porem não nos deixa compreender completamente o que ele faz.” Ec 3.11
Então, lembrei-me de uma mensagem que eu ouvi em que dizia que talvez Deus não esteja te dizendo “sim” ou “não”, mas ele pode estar te dizendo “espera”. Deus quer que eu simplesmente espere, pois no momento certo ele me dirá o que fazer. Eu ainda não tenho certeza do que fazer, mas sei que Deus vai me ajudar.
Muitas vezes é difícil manter a sua fé em Deus, mas é muito importante, pois Deus só quer o melhor para você, eu sei que ele não vai me deixar tomar nenhuma decisão errada, pois Ele está comigo.
Se você também precisa tomar decisões difíceis como eu, confie Nele.

“Só eu conheço os planos que tenho para vocês: prosperidade e não desgraça e um futuro cheio de esperança. Sou eu, o Senhor, que está falando.” Jr 29.11

Martina Rehn
Panambi-RS

Espaço Teen: Dáphini

Já pensou em se conectar com o mundo cristão de uma maneira diferente?

Fazer intercâmbio é uma decisão muito difícil, além de ser um passo enorme na vida, é um forma de você conhecer outras culturas e aprender outra línguas. Além disso, você tem que estar firme e forte em seu relacionamento com Deus, porque lá você vai estar por si, são suas decisões, e ainda mais ninguém te conhece.
É realmente uma provação, algo muito intenso, são dois caminhos: o de se manter no foco, firme no Senhor, ou deixar a carne falar mais alto. Tenho muito o que falar sobre, pelo fato de ter tido essa experiência e vivenciar essas escolhas.
Antes de viajar eu orei muito sobre o assunto, até realmente entender a vontade de Deus. E depois dessa confirmação eu percebi os planos perfeitos que Deus tem pra cada um de nós.
No dia da viagem, ganhei uma devocional do meu pastor e que hoje eu posso dizer que foi fundamental no meu crescimento espiritual.
Senti que foi um tempo pra mim, sabe? O tempo certo, em que eu precisava curar mágoas antigas e viver uma nova vida no Senhor.
Também conheci pessoas dos quatro cantos do mundo, e cada uma com uma história diferente, e eu conseguia ver nelas a necessidade do amor de Cristo. Foi a melhor experiência da minha vida, aproveitei tudo o que eu consegui e com certeza fiz a diferença.
Quando você tem a oportunidade de fazer um intercâmbio cristão é melhor ainda, porque você além de estar morando em outro país, vai ter a oportunidade de participar de missões, ministérios, atuar nas igrejas e estudar em faculdades cristãs. Se Deus tem colocado isso no seu coração, vai fundo e aproveite essa oportunidade.
“O homem faz seus planos, mas o Eterno é quem possibilita que sejam realizados.” Provérbios 16.9
“Espere confiante no Eterno; não abandone o caminho. Ele dará a você um lugar ao sol enquanto você observa o ímpio ser desbancado.” Salmos 37.34
Dáphini Lamb
Curitiba-PR