A verdadeira vontade de Deus

Buscando a verdadeira vontade de Deus

Reading Time: 3 minutes

De novo Davi reuniu os melhores guerreiros de Israel, trinta mil ao todo. Ele e todos os que o acompanhavam partiram para Baalá, em Judá, para buscar a arca de Deus, arca sobre a qual é invocado o Nome, o nome do Senhor dos Exércitos, que tem o seu trono entre os querubins acima dela. Puseram a arca de Deus num carroção novo e a levaram da casa de Abinadabe, na colina. Uzá e Aiô, filhos de Abinadabe, conduziam o carroção com a arca de Deus; Aiô andava na frente dela. Davi e todos os israelitas iam cantando e dançando perante o Senhor, ao som de todo tipo de instrumentos de pinho: harpas, liras, tamborins, chocalhos e címbalos.Quando chegaram à eira de Nacom, Uzá esticou o braço e segurou a arca de Deus, porque os bois haviam tropeçado. A ira do Senhor acendeu-se contra Uzá por seu ato de irreverência. Por isso Deus o feriu, e ele morreu ali mesmo, ao lado da arca de Deus. Davi ficou contrariado porque o Senhor, em sua ira, havia fulminado Uzá. Até hoje aquele lugar é chamado Perez-Uzá[c]. Naquele dia Davi teve medo do Senhor e se perguntou: “Como vou conseguir levar a arca do Senhor?” 10 Por isso ele desistiu de levar a arca do Senhor para a Cidade de Davi. Em vez disso, levou-a para a casa de Obede-Edom, de Gate. 11 A arca do Senhor ficou na casa dele por três meses, e o Senhor o abençoou e a toda a sua família.”  2 Samuel 6: 1-11.

Da série histórias que nos inspiram e ensinam… Era um dia de festa, pois a Arca estava voltando para ficar novamente junto ao povo de Israel. Mas, o que era celebração e alegria, terminou com morte e tristeza. Como escrito no trecho retirado da Bíblia e transcrito acima os bois que puxavam a arca no carro novo tropeçaram e para evitar que a Arca caísse no chão, Uzá estendeu a mão e a segurou. Entretanto, por causa disso ele morreu, castigado pela ira do Senhor.

Se pegarmos esse trecho fora do contexto, e sem conhecer alguns outros fatos, podemos nos questionar o motivo da morte de Uzá. O que aconteceu de errado para que se acendesse a ira do Senhor contra este homem? Uma vez que nota-se que o que ele queria era proteger a Arca.

Assim, vamos analisar a história do início. Davi, sempre antes de agir tinha um sábio hábito: consultar ao Senhor, de modo que o Senhor orientava e Davi fazia conforme o querer de Deus. Se voltarmos um pouco, mais precisamente no capítulo 5 do mesmo livro, encontramos o seguinte versículo:

Davi fez como o Senhor lhe tinha ordenado, e derrotou os filisteus por todo o caminho, desde Gibeom até Gezer.2 Samuel 5:25

Ou seja, anteriormente antes de agir Davi consultou ao Senhor, e fez conforme o Senhor havia mandado. Entretanto, ao ler sobre a ideia e o modo como Davi decidiu buscar a Arca verificamos que Davi não consultou ao Senhor.

Assim, já de início podemos perceber o erro de Davi, pois ele em vez de buscar ao Senhor, a vontade dEle, e a forma dEle de agir, simplesmente agiu ao seu modo.

Modo esse, que aos olhos era o melhor, entretanto, não era o modo de Deus. Mesmo que houvesse muito zelo de Davi, aos seus olhos estava fazendo o melhor, encontramos em Êxodo 25:13-15 a maneira que Deus já havia ordenado para transportar a Arca:

“Farás também varais de madeira de acácia e os cobrirás de ouro; meterás os varais nas argolas aos lados da arca, para se levar por meio deles a arca. Os varais ficarão nas argolas e não se tirarão dela”

A instrução do Senhor era de carregar a arca fosse pelos varais. Quando decidiu colocar a Arca num carro novo, por mais luxuoso e que Davi estivesse tentando dar o seu melhor, agiu contrário a ordem de Deus e dessa forma desprezou o mandamento do Senhor. Aos olhos humanos Davi estava fazendo o melhor, entretanto estava desobedecendo uma ordem de Deus.

Quantas vezes na nossa vida tomamos decisões sem consultar ao Senhor? Sem consultar sua palavra? Semelhante ao agir de Davi. Ou tomamos decisões que aos nossos olhos são as melhores e ainda dizemos que foi “Vontade de Deus”.

Precisamos diariamente nos lembrar que a vontade do Senhor deve ser embasamento para todas as nossas decisões, das mais simples (desde que roupa vou vestir, que palavras vou usar…) as mais complexas (com quem vou me casar, onde vou morar, onde vou trabalhar…). E em TUDO devemos agradar ao nosso Deus.

Não adianta tentarmos ao nosso modo, que parece bom aos olhos humanos e que a nossa amiga concorda. O Senhor tem o modo dEle, tem a forma dEle e mesmo que seja contrária ao que a sociedade, as pessoas, nos digam, é a forma correta e é a melhor forma.

Nesse dia, a minha oração é que você que está lendo esse post possa dizer como salmista em Salmos 40:8:

Tenho grande alegria em fazer a tua vontade, ó meu Deus; a tua lei está no fundo do meu coração.Salmos 40:8

Abração

Manu

(Visited 117 times, 1 visits today)
Posted in Edificadas.

Gostou do post? Deixe seu comentário :)