Para os dias agradáveis de outono, cardigans!

Pois é meninas, o cardigan já se tornou uma das peças “tem que ter” no guarda-roupas não é mesmo? quando falamos de estilos, peças de roupa retrô e etc.. o cardigan é o exemplo perfeito! Quem nunca viu a avó usando aqueles casaquinhos de lã para proteger os ombros do frio? as temperaturas estão começando a cair, mesmo em lugares mais quentes as temperaturas ficam mais amenas, e os cardigans se tornam uma opção prática e confortável para proteger do frio, dependendo do modelo escolhido também se torna uma ótima opção para dar um ar mais estiloso e moderno ao look.

Falando um pouquinho de história, o cardigan é um suéter sem gola bem fininho criado pelo conde inglês Cardigan no ano de 1854. Ele era um paletó militar que com algumas adaptações foi transformado em um dos itens mais importantes no vestuário feminino. Hoje ele apresenta inúmeros modelos e cores, mas nunca perdeu o estilo de casaco, sempre acompanhando as tendências da moda!
O conceito de moda está sempre evoluindo, se adaptando e mudando conforme a necessidade das pessoas. Os cardigans por exemplo, há muito tinham sido esquecidos pelas mulheres e de repente voltaram com tudo!  Hoje eles podem ter variações que vão dos mais básicos aos mais estilosos com bordados, estampas, aplicações,  etc. Há modelos de vários tipos de texturas, comprimentos e densidades, com tecidos mais pesados para serem usados em dias mais frios ou com tecidos mais leves para serem usados em dias mais quentes. Combinar produções com cardigans é muito fácil tanto para o dia a dia como para uma ocasião mais formal. Vamos então a algumas dicas para usar e combinar?
 Cardigan + Saia: o cardigan com saia é uma ótima opção para dias mais fresquinhos. É ideal pra quem se incomoda com aquele ventinho batendo nos braços, por exemplo. Mesmo nos dias mais frios também dá para usar os cardigans com saia, combinando ele com uma meia calça quentinha, fica estiloso e super gostoso de usar.


  Cardigan + Short: com o mesmo conceito das saias, os shorts também são boas opções para os dias mais frescos, já que no anoitecer a temperatura tende a cair, para dias mais frios, também aposte no uso de meia calça. 

 


Cardigan + Vestido: a melhor combinação para mulheres mais adeptas ao estilo romântico. A sugestão para esse composê é procurar jogar peças estampadas e lisas no mesmo look, é importante tentar não misturar muitas texturas ou estampas pra não carregar demais. 


Cardigan + Calça: para aquelas que não curtem muito qualquer friozinho essa é a melhor opção! Além de confortável, cardigan e calça jeans são duas peças que te deixam um pouco mais quentinha nos dias mais frios e fica muito bonito. A calça, você pode escolher a que mais se adequa ao seu estilo e ao seu corpo. É a escolha perfeita pra quem quer conforto combinado com estilo.

 


 Cardigan + Cinto: combinação feminina, despojada e pode ser usada com qualquer peça debaixo do cardigan, principalmente para cardigans mais compridos. Ajuda a marcar a cintura de forma bonita e discreta. 

Cardigan + Cachecol: Ficou frio?! Aposte nos lenços e cachecóis junto com os cardigans, fica suuuper estiloso e você bem aquecida. 

● Cardigan em Comprimento Maxi: no inverno, as peças maxi dão um ar estiloso e bem casual, despojado, são modernos e bastante  confortáveis.

Cardigan Fechado + Blusa com gola embaixo: o melhor jeito para mulheres que procuram sempre fugir do óbvio além de manter o corpo super aquecido. Basta usar uma blusa com gola por baixo, jogar o cardigan por cima e, pronto! 

Cardigan larguinho:  essa é uma peça bem versátil, que você pode usar com um cinto na cintura dando um estilo mais marcante e delicado. Eles são perfeitos para serem usados com vestidinhos; 

Cardigan longo, abaixo da cintura: esse tipo de cardigan é perfeito para as mulheres mais baixas e cheinhas. As texturas e trabalhados a mão devem ser evitados procure as combinações mais lisas que são perfeitas para mulheres com esse perfil; 

Para mulheres mais baixas e ou acima do peso: a dica é combinar a cor. Os looks monocromáticos escuros e tons sóbrios devem harmonizar com as calça, como com os sapatos, dessa forma vai criar a impressão de silhueta mais alongada. Os modelos com decotes em “V” são os mais indicados, o ideal é usar desabotoado e também deve ser confeccionado em tecido mais fino.11 16
As mulheres que são magras e altas: as mulheres magras e altas podem usar e abusar do cardigan de todos os modelos e estilo. Saias mais longas de cintura alta e marcada são perfeitas na confecção do visual, as calças jeans também ficam muito bem com os cardigans. O uso de cinto sobre o cardigan agrega charme e feminilidade ao look deixando-o muito mais moderno e estiloso. 27

 


Existem muitas opções para o uso do cardigan não é?! E a ideia é essa mesmo, com certeza vocês vão ficar apaixonadas pela versatilidade e vão querer ter vários deles, sem contar que é uma peça útil, barata, confortável e que combina com tudo! E mais importante é colocar o seu estilo no look, seja ele qual for. Agora que vocês têm várias dicas, (e já sabem que os cardigans não são apenas para tomar chá em volta da lareira ou proteger os ombros do frio :D) usem a criatividade e montem looks lindos e cheios de personalidade. Apostem nessa ideia sem medo!
Michelly Muller
Frederico Westphalen/RS

Fica a Dica: Sempre a menininha do Papai – H. Norman Wright

#Recomendo para todas as meninas!

“As palavras de Norman Wright não podem dissipar a dor dos abraços não recebidos de um pai distante, mas oferecem ajuda significativa para promover a cura emocional e espiritual” (Gary Smalley e John Trent).
Li este livro com muita calma do início ao fim e não apenas o recomendo pelo assunto que eu super curto: pai (a propósito, um beijão para o meu J), mas porque além de mandar bem neste tema geral, enquanto ele descreve o pai e sua influência em nossa vida, fala sobre as feridas abertas nos corações, a auto estima, as prisões do passado, a possibilidade de começar de novo, ou de continuar bem.
Este resuminho que dei acima, o fiz sem anotações, pois para vocês gosto de compartilhar aquilo que marca, então não procurem estes subtítulos no livro que Não acharão.
Um exemplo que eu curti foi o da Oprah Winfrey, uma das principais entrevistadoras dos talk-shows nos Estados Unidos.
Separei um pedacinho e vou mostrar para vocês:
“Ela é extrovertida, articulada, equilibrada e controlada, apesar de ter tido uma infância e adolescência miseráveis. Quando criança, Oprah foi jogada de cá para lá entre os pais em conflito, sendo frequentemente enviada para a casa da avó que a espancava. ‘Quando minha avó me dava uma surra’, conta Oprah, ‘ela dizia: Faço isto porque amo você! ’ E eu tinha vontade de dizer: ‘Se me amasse, não faria isso’. Continuo pensando que aquilo não era amor.
Aos nove anos Oprah foi estuprada por um primo de 19 e ficou com medo de estar grávida. Com essas e outras lembranças tristes dos seus primeiros anos, Oprah Winfrey tinha boas razões para ser amarga e zangada. O fato de estar ligada ao seu passado poderia ter arruinado o seu presente, mas ela decidiu vencer o passado.
‘Compreendo que muitas pessoas são vítimas’, diz ela, ‘ e algumas pessoas sofreram muito mais do que eu. Mas você deve ser responsável por reivindicar as suas próprias vitórias. Se viver no passado e permita que ele defina quem você é, nunca vai crescer. ’ p. 191
Esta história da Oprah é apenas uma, entre tantas, que Wright aborda, deu para ficar com vontade de continuar lendo? Tomara que sim…

Ps: Talvez você pense: “ Ah, eu me acerto muito bem com meu pai, não tem porque ler um livro desses”. E eu te respondo: “Temmmmm sim e ponto 🙂
Martinha – Equipe FéMenina

Minha História de Amor – Giana e Rafael – Parte 2


Continuando…
Passados alguns dias começamos o período de oração com a benção dos nossos líderes: Emérson e Laryssa. E aqui quero expressar minha gratidão pelas palavras, conselhos, orações e por fazerem parte desta história. Eu poderia citar o nome de diversos amigos aqui que também estiveram conosco neste tempo, mas posso correr o risco de esquecer alguém… Cada amigo foi uma confirmação de Deus pras nossas vidas.
E o mais legal do tempo de oração é que Deus confirma de todas as maneiras possíveis. Valeu a pena esses quase três meses! Ter aprovação da família e amigos não tem preço. Ter Deus ministrando em cada situação vale a pena o preço a ser pago e tantas renúncias! Mas uma das coisas mais especiais que eu guardo desse período foi ver como o Rafa trata as pessoas, não era só comigo que ele gostava de presentear, era atencioso e carinhoso, educado, gentil… Era com todo mundo! E isso fez toda a diferença…
Agora nada se compara quando um relacionamento nasce no coração de Deus primeiro. Quando Deus tem um propósito. Sou grata a Deus pelas vidas que pudemos tocar (e ainda tocamos hoje)! É impressionante como eu o Rafa temos um coração muito parecido para pessoas. Maneiras criativas… Bilhetinhos no guardanapo pro garçom… Apenas uma coisa que já fizemos juntos, e no tempo de oração ainda! E não há nada melhor que ser testemunha de quando Deus toca alguém! E não há nada mais perfeito do que fazer isso com quem a gente gosta!
Chegado o grande dia… 24 de março…
Uma manhã normal. Mais um dia de trabalho. E eu apenas tinha esquecido o celular em casa. Como era mais um dia normal, nada para se preocupar. Até que o meu ramal toca… E o dia que era pra ser mais um dia se transformou no dia mais que especial! E eis que tudo muda… A Ana me pede para ir até a recepção. Eu cheia de coisas pra fazer quase falei que não ia, mas resolvi respirar e ir ver o que ela queria. Quando vou me aproximando vejo um buquê de rosas. Minhas pernas ficaram bambas. “É hoje que ele vai me pedir em namoro!”… Minhas mãos tremiam… Óbvio que eu ganhei autorização pra ir em casa buscar o celular. Quando finalmente falei com o Rafa, fui avisada de que o dia seria cheio de surpresas… E detalhe, cada surpresa acompanhada de uma carta…
Próximo do meu horário de almoço eu já bem ansiosa pensando no que seria a próxima surpresa. Como uma pessoa esperta liguei pro celular do Rafa pra ver se ele estava em casa, e ele não estava! “Ah, peguei ele, quer ver que ele está vindo aqui pra almoçar comigo…” Engano meu. Nada aconteceu. Hora de retornar. Quando estou chegando a Ana me entrega uma caixa CHEIA de chocolates. E mais uma carta…
Que dia que custou pra passar! Acho que nunca olhei tanto o relógio como naquela quinta-feira…
E por fim as últimas surpresas ao encontrar o namorado mais lindo, mais de Deus, mais carinhoso, mais fofo… Enfim… (Pausa pra um suspiro…) O livro que era lançamento do Max Lucado: Você mudou minha vida para melhor. Uma arte de computador com fotos das coisas que eu gosto, baseada no conceito do livro Desafio de Amar de conhecer quem se ama. E por último a nossa aliança de compromisso e o pedido de namoro mais romântico… Deus é bom!
E meio que de propósito deixei pra falar por último de um assunto… Você deve pensar, “e o problema do Rafa? Como foi pra você Giana?” Primeiro, que eu nunca vi como um problema. Então isso nunca foi um problema pra mim pensar ao me apaixonar por ele. Esse era um dos maiores medos do Rafa. Mas quer saber, hoje é um dia a menos e eu CREIO na cura do Rafa! Que por sinal, tem por significado do nome: DEUS CUROU! E quer saber mais? Não me importo com os olhares ou o preconceito. Se eu olhasse pro preconceito, perderia todo esse amor que tem feito tanta diferença no meu coração.
Não, eu não vejo o Rafa como um deficiente. Muito, pelo contrário. Reconheço que ele tem as limitações dele, mas não que isso venha a atrapalhar… Uma frase que o Pastor Flávius sempre usa resume bem essa situação: “Sozinho se vai mais rápido, mas junto se vai mais longe”. Não me custa dar passos mais lentos pra acompanhar o Rafa, se os meus passos são hoje mais alegres. Não me custa dar um apoio, quando tenho todo apoio que necessito. Aprender a conviver também é aprender a caminhar junto… E se o Rafa tem limitações externas, tanto ou mais eu tenho internas. É um ser curado diariamente, em cada gesto de amor e carinho… O Rafa é um bilhetinho com um presente de Deus: “sinta-se amada por Mim!”.
E o fim da história? Bem, não existem fim… É só o começo… E o fim é a eternidade… E o alvo é Cristo! 

“Sugerido por Pati Geiger” (Repost)

Giana Guterres da Silva
São José dos Pinhais/PR











Retirado do site Coisas da Gi

Botas Esquimó

Oi meninas! Tudo bem com vocês?
Então.. ta cada dia ficando mais friiiiiio, e precisamos nos agasalhar bem! Sempre pensamos muito nos blazers, blusas manga longa, casacões… mas, será que nos preocupamos assim com os nossos pezinhos? Pois deveríamos! Uma moda super fofa que pegou agora, é a bota “esquimó”.

Antes a ideia que a gente tinha sobre essas botas (eu pelo menos) era que elas eram feitas somente com couro de animal e somente para proteger do frio, nem ligando para a aparência. Massssss, sabe de uma coisa? Isso não é verdade! Hoje o design delas é lindo e super estiloso! Pelo fato de ser uma bota mais “cheinha”, combina super com calças mais justas, se bem que, há alguns modelos de calça larga que “casam” bem com ela também (vai depender muito do seu estilo). Vale lembrar que, pelo fato de elas serem maiorzinhas, elas não são desconfortáveis não! Pelo contrário, elas são sinônimo de conforto e estilo!
Vai aí alguns looks pra você se inspirar e aderir a essa bota suuuuper quentinha!

É isso meninas, espero que tenham gostado!
Beijocasss
Bruna Hepfner
Passo Fundo/RS

Por que eu não tenho o que ela tem?




Você acordou de ótimo humor. Tudo parece estar indo bem. Aqueles sapatos que você comprou no último final-de-semana parecem adicionar um novo balanço no seu caminhar. Você está convencida que o seu jeans está te deixando uns 5 kilos mais magra hoje. O seu cabelo está exatamente do jeito que você queria, finalmente! Você está se sentindo confiante! Então, acontece. Seja lá o que for. Talvez você percebeu que a garçonete que te atendeu na hora do almoço é linda. Ela é mais magra que você. De repente, você está odiando aqueles jeans que antes te deixaram mais magra. Talvez, haja uma garota nova no trabalho, que está recebendo inúmeros elogios, e você tem feito seu trabalho bem por mais de 5 anos, sem receber mais que um “obrigado”. Talvez você tem sido super grata por seu Corsa, quando uma loira, alta estaciona sua  Eco Sport ao seu lado.
“O que ela tem que eu não tenho?” Raramente alguma de nós irá dizer isso em alto e bom som. Mas com certeza, todas nós já pensamos isso. Nós estamos constantemente em comparação com o que os outros tem que nós não temos. A comparação é a “ladra da alegria”, é o fundo do poço da falta de confiança e auto-depreciação. Comparação é cobiça e substitui a gratidão. Ela nos faz pensar de forma egoísta em nosso interior. “Eu queria ter o corpo dela, o trabalho dela, a vida dela, o marido dela. A verdade é que quando nós lutamos com a comparação com a vida dos outros, sua vida, seu trabalho e seu marido, nunca serão suficientes. A grama sempre será mais verde em outro lugar.
Se você se encontra no buraco da comparação, aqui vão algumas verdades bíblicas para conseguir lidar com isso:
1. “Cada um examine os próprios atos, e então poderá orgulhar-se de si mesmo, sem se comparar com ninguém, pois cada um deverá levar a própria carga”. Gálatas 6:4-5.
Em outras palavras, faça o que Deus lhe chamou para fazer. Corra a sua corrida. Permaneça no seu caminho. Foque em fazer suas coisas bem ao invés de focar aonde o caminho dos outros está levando eles.
2. Finalmente, meus irmãos, alegrem-se no Senhor! Escrever-lhes de novo as mesmas coisas não é cansativo para mim e é uma segurança para vocês. Filipenses 3:1.
Genuinamente, alegre-se com os outros quando eles são abençoados. Quando suas amigas se casam, seja agradecida por seu novo esposo, o qual você sabe que ela orou, ao invés de focar na sua própria solidão. Quando seu vizinho compra um carro novo, se alegre com ele. Se alegre quando você vê Deus agir na vida de outra pessoa. Ele tem planos maravilhosos para você também. Podem ser planos diferentes ou em um tempo diferente. No entanto, os planos são maravilhosos.
3. Não estou dizendo isso porque esteja necessitado, pois aprendi a adaptar-me a toda e qualquer circunstância.
Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade.
Filipenses 4:11-12
Aprenda a ser agradecido por aquilo que Deus coloca nas tuas mãos, não naquilo que você pensa que deveria ter. Confie que Deus tem o melhor interesse em mente. Ele nos conheceu antes mesmo de termos nascido. Ele nos escolheu. Ele nos ama.
Comparação causa divisão. Ela nos leva a não gostar da linda garçonete que está nos servindo, a nova garota do trabalho, a dona do EcoSport. Nós todos temos nossas próprias cruzes para carregar. Nós todos temos triunfos e derrotas, alegrias e dores de cabeça. Não fique secretamente desejando a vida de outra pessoa. Esteja cheia de gratidão pela sua própria vida.
Jeniffer Maggio
Texto extraído do site “I believe
Tradução por Roberta Ernst

Fica a Dica: Conheça e encante-se: Carol Gualberto

Oie meninas!
Desta vez este post foi algo irresistível para mim… é sério! Estava fazendo trabalhos do mestrado e dei uma pausa para fazer o Fica a Dica, pois pensava: “As meninas vão curtir a Carol! ”
Então, vamos lá!
Uma amiga (Bruna Kaiser Wasem) me apresentou as músicas da Carol e desde então estou cantarolando o dia inteiro.
Suas músicas são leves, doces, profundas e ainda por cima são estilo MPB e até me acalmam (missão possível? Hahaha).
Para quem curte MPB, música gospel e voz feminina (doce sem ser enjoativa) tem que conhecer o trabalho da Carol Gualberto.
Separei algumas músicas para vocês conferirem:
●  Rotina
●  Meu Melhor

●  Querer te amar

●  Paz:

Um super beijão e até a próxima inspiration 
Martinha – Equipe FéMenina

Minha História de Amor – Giana e Rafael – Parte 1





Antes de ir para o início preciso pontuar algumas coisas de meses anteriores. Só os meus amigos mais próximos sabem o quanto os primeiros meses de 2010 não foram nada fáceis. Deus começou um ciclo de cura interior que até hoje não tem sido muito fácil de lidar (no arquivo do blog tem vários textos sobre o tema). 
Quantas vezes, em lágrimas, com o coração doendo, Papai me trazia ânimo falando da “minha família”. E aquele doce sussurro do Espírito Santo, “teu futuro esposo está orando por ti neste momento”. E aquela sensação de paz e conforto invadia meu interior… A diferença é que hoje eu tenho alguém para “andar junto”. E o Rafa tem sido um dos maiores instrumentos de cura desde então…
E coisas que fazem todo sentido com nossa história. Em julho eu participei do treinamento Youth Power Invasion aqui em Curitiba, e vivi coisas grandes em Deus, inclusive minha primeira ministração em um púlpito. Então foram meses que eu não tinha a mínima vontade de estar com alguém. Deus me completava tanto que eu me perguntava se eu realmente tinha vontade de casar. Meu relacionamento com Deus supria tudo e todas as minhas carências.
Em setembro era meu aniversário. Durante aquela semana iniciava a primavera, e Deus me trouxe muitas palavras sobre esse tempo e sobre o próximo verão. “Veja! O inverno passou; acabaram-se as chuvas e já se foram. Aparecem flores na terra, e chegou o tempo de cantar já se ouve em nossa terra o arrulhar dos pombos. A figueira produz os primeiros frutos; as vinhas florescem e espalham sua fragrância. Levante-se, venha, minha querida; minha bela, venha comigo. Cantares 2:11-13 (Versículo que Deus também deu para o Rafa sobre a área sentimental no mesmo período, está num texto ema azul no blogdele). Essa última parte específica relacionada a área sentimental. Só que fiquei pensando comigo mesma, “não estou interessada em ninguém, não estou procurando alguém e não pretendo conhecer alguém até lá, então acho que é bem improvável eu estar com alguém no verão”. 
Ainda bem que os nossos planos algumas vezes, não são os mesmos de Deus para nós, não é mesmo!? “Pois os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os meus caminhos”, declara o Senhor. Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos e os meus pensamentos mais altos do que os seus pensamentos.” Isaias 55:8-9
Então voltando ao Youth Power Invasion que é parte fundamental desta história. Eu deveria escolher uma igreja para a parte 2. Escolhi uma em São José dos Pinhais, pois seria mais próximo para mim. Na minha equipe estavam várias pessoas da Comunidade Vida Plena. Uma das pessoas mais especiais que conheci naquele final de semana foi a Elines. (Quando conheci o Rafa descobri que era pra ele estar na mesma equipe que eu, mas houve uma alteração de última hora). Após aqueles dias continuamos conversando com frequência. Ela começou a acompanhar meu blog. Até aí tudo bem…
Indo direto para novembro. Naquela época eu estava trabalhando no Shopping Curitiba. Dia 25 de novembro. Minha folga. Eu em casa bem tranquila, aproveitei o tempo livre para ver minhas coisas no computador. Um comentário novo no blog, dizendo que uma amiga, a Elines, tinha indicado meu blog. Olhei o blog de quem deixou o comentário, um moço bem simpático e atencioso, o Rafael. Li o testemunho dele e fiquei bem impactada. E o que falar dos textos em azul? Li todos de uma vez no blog. (Sugiro que você leia os textos em azul que ele escreveu antes de me conhecer). A espontaneidade dos textos do Rafa me chamaram a atenção (e sobre os erros de português, eu sempre serei exigente Rafael…) Até aí tudo normal… Trocamos algumas mensagens pelo twitter. Procurei o nome dele no facebook. Pensei comigo: “Ah não vou adicionar ele, vai que ele interprete mal”. E como eu sabia da intenção do meu coração e não querendo nenhuma aproximação aí mesmo que eu não ia adicionar.
Passados alguns minutos qual a solicitação que aparece para confirmar lá? A de amizade do Rafael Uziel da Silva. Foram longas conversas nos dias seguintes. Cada frase como uma peça de quebra-cabeça e Deus ministrando muitas coisas para mim(que mais tarde, o Rafa compartilhando comigo, tudo a ver com o chamado de Deus para ele). E sabe, quando você sente algo mudando dentro de você? Foi assim. Você pode julgar essa história como louca, internet, tudo muito rápido e até dizer que não é de Deus. Mas pode ter certeza que os anos anteriores tiveram muitas orações e renúncias de ambos os lados para chegar até aqui… “Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes.” 1 Coríntios 1:27
Um bom tempo antes eu escrevi muitas coisas no meu caderno de sonhos e coloquei tudo pra Deus. Como eu vinha de relacionamentos frustrados e que não eram da vontade de Deus para minha vida fiz uma lista com algumas confirmações pra quando eu conhecesse alguém. E fui bem sincera com Deus, aquilo traria a convicção que meu coração precisava. Eu não queria mais passar pela situação de terminar um namoro. E conforme mais nos conhecíamos, toda aquela listinha foi se completando. (A última foi no dia em que o Rafa me pediu em namoro, com rosas brancas). E se você olhar o que está escrito lá, até você se surpreenderá… O Rafa completa tudo que eu orei pra Deus sobre o meu esposo a não ser: tomar chimarrão, ser das artes (mas o Rafa escreve e lê muito como eu, o que na verdade, vejo hoje, tem sido muito melhor), tocar violão e ser membro da Comunidade Cristã de Curitiba.
Sobre esse último item: Deus trabalhou muito no meu coração, muito mesmo. Eu fui teimosa e  batia o pé com Deus. Sim, eu fazia isso! Desde que vim morar aqui, desde o meu primeiro dia no Paraná eu estava na CCC. Todos os amigos que eu tinha eram de lá, já tinha passado pela escola de líderes, estava bem em dois ministérios que eu amo: Comunicação e Teatro. Minha última opção era mudar de igreja. Ainda bem que Deus teve misericórdia e paciência com minha teimosia… E aos poucos, Deus foi dando palavras e usando pessoas para confirmar essa mudança.
Voltando à palavra sobre o verão (lá no início do texto): O Rafa comemorou o aniversário dele comigo em 21 de dezembro.Ou seja, a semana em que inicia o verão…
Continua na semana que vem…
“Sugerido por Pati Geiger” (Repost)
Giana Guterres da Silva
São José dos Pinhais/PR











Retirado do site Coisas da Gi

Customização: A moda do ‘’faça você mesma’’!

Aposto que todo mundo tem esquecido, lá no fundinho do guarda-roupa, uma calça velha, uma camiseta sem graça que está precisando ser renovada, não é mesmo?  A customização de peças de roupas usadas, dando um novo estilo a elas é uma grande tendência, e vem crescendo cada dia mais, surpreendendo com seus resultados. Por todo o mundo as pessoas estão recriando sobre roupas antigas, gerando sua própria moda, e isso é incrível! Ou seja, qualquer um pode transformar-se em um estilista pessoal!!! 😀
Hoje em dia buscamos vestir algo que reflita um pouco da nossa personalidade, e essa onda torna possível mudar ou transformar uma roupa ou acessório em uma extensão do jeito de ser de cada um. Assim, quando bordamos uma peça já usada, criamos desenhos, cortamos as mangas ou aplicamos rendas e pedras, estamos colocando a nossa personalidade na peça.
Existem várias maneiras e dicas para customização, e hoje quero mostrar algumas pra vocês, vamos lá?!
·         Antes de começar, planeje.
Primeiro é importante ter em mente o que se quer fazer. Depois de decidido é hora de escolher o tecido ou os materiais que serão utilizados.
·         Separe o material
Antes de pensar em customizar uma peça de roupa alguns materiais para iniciar os trabalhos precisam estar preparados. Tesoura, linha, agulha, alfinetes, cola para tecido e cola quente são fundamentais.

·         Escolha sua peça e dê seu toque pessoal
É possível customizar qualquer tipo de peça quem está começando a customizar roupas, a camiseta básica de malha é a mais simples para iniciar. Outra opção é a calça jeans que pode ter transformações nos bolsos, barras,   etc. Além disso, é possível customizar as peças com enfeites como tachinhas, botões e paetês.

·         Cortes e Aplicações
Na hora de customizar, os procedimentos mais simples e que mudam bastante o visual da sua peça são os cortes, tais como mangas, decotes, barras, laterais, etc… Se o desejo é preservar o corte, a dica é apostar nos acessórios de fácil aplicação, como rendas, pérolas, apliques e adesivos.


·         Novas cores
Antes de iniciar o processo de tingimento é importante lavar a peça e deixá-la secar. Existem diversos produtos para tingir, como corantes, água sanitária, fixadores e tintas. E também várias técnicas de aplicação como o uso de spray, ou até o tingimento tie-dye, que fica lindo e estiloso!


·         Estamparia artesanal
Estamparia artesanal é uma das coisas mais divertidas de se fazer quando o assunto é customização. As possibilidades são infinitas e os modos de fazer são os mais variados. Tudo depende da peça que vai ser estampada e do estilo de cada um, a técnica mais comum é a pintura a mão livre ou através de um papel com recortes do desenho escolhido.


·         Onde procurar?
A dica é visitar lojas de aviamentos e tecidos, pois estas lojas possuem uma grande variedade de produtos para customização de roupas. Acessórios que você não usa mais também podem ser desmanchados e reutilizados na suas criações.
·         Bolsas e sapatos:
Outra dica legal também é variar, é possível customizar bolsas, sapatos, acessórios e até mesmo um tênis. Customizar sapatos pode ser uma bela opção, é simples e você não precisar gastar muito para conseguir uma nova opção de estilo para os seus pés.

 

Qualquer peça do vestuário pode ser customizada, desde uma simples camiseta até um vestido de festa. Assim, você pode diversificar gastando muito pouco, bem menos do que se fosse adquirir roupa nova. Ou seja, é a forma de adaptar uma peça às suas necessidades… e vamos combinar que em tempos de economia financeira e de alta produção de roupas em série, a customização é a solução perfeita para economizar e criar um visual exclusivo!

Michelly Muller
Frederico Westphalen/RS

Você é espetacular – Você é perfeita!


Oi querida Fémenina – tudo bem com você? 
Espero que esteja muito bem, segura nos braços do Pai, porque o título não é (nem de longe) o que parece ser. 
De fato, espero que, ao final de nossa reflexão, possamos concordar que o pronome da frase está inadequado. 
Gostaria de falar um pouquinho sobre “ser o máximo” em alguma área da sua vida.
Talvez você seja uma “pretty woman”, daquelas que todos viram a cabeça para olhar; talvez seja excelente na área de cálculos; talvez saiba falar em público muito bem; talvez tenha uma belíssima voz, talvez seja simplesmente encantadora.
Tanto faz: – toda menina deseja ser excelente em “quase tudo”.
Contudo, há uma qualidade necessária para que você seja “quase perfeita”: – a autoanálise. Se você for boa nisso, já sabe que nunca será perfeita, mas fará o possível para aproveitar seus pontos fortes.
Pois é isso mesmo: – valorizar e usar o que temos de melhor é o caminho – Deus deu dons diferentes a cada uma.
Lembra do texto que fala que cada uma de nós é uma parte do Corpo de Cristo?
Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se tudo fosse ouvido, onde estaria o olfato?    E, se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo? (I Cor.12:17 e 19)
O perigo ocorre para algumas pessoas, que de tanto ouvir elogios, começam a gostar do que ouvem, acariciam seu ego, pensam que são (por si mesmas) tudo isso… e aí – é a queda! 
Nesta questão de soberania e excelência, o trono só pode ser ocupado por uma pessoa – Jesus Cristo – em qualquer atividade da sua vida. Não pode haver 2 reis – nem mesmo a sua bela voz, a sua excelente performance, a sua carreira de vitória.
“Nenhum servo pode servir dois senhores; porque, ou há de odiar um e amar o outro, ou se há de chegar a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom”. (Luc.16:13)
Quando você é “quase perfeita”, ao receber elogios é preciso ter cuidado com suas atitudes mais interiores. Cuidado! O inimigo de nossas almas deseja destruir sua vida e tirá-la do Reino de Deus.
A vaidade o a autossuficiência são excelentes armas que ele costuma usar. 
Minha dica de hoje é:
Faça o melhor, dê o melhor de si – em qualquer ambiente onde estiver.
Mas nunca se esqueça que a glória, a honra e o louvor pertencem somente a Deus!
Qualquer atributo ou qualidade que você tenha foi presente dEle, para usá-lo para o propósito dEle!
E seja feliz com Jesus! 
Grande beijo!
 Beijão da Vovó Descolada