Apenas amigos?!

Este é um post continuação do “Afinal, amizade entre homem e mulher existe?”, se você não leu clique aqui!

Pensando sobre amizades entre sexo oposto é comum termos muitas dúvidas. O assunto é amplo e abre margem para diversas opiniões diferentes, o mais importante é termos em mente que Deus nos criou para nos relacionarmos uns com os outros, e isto inclui homens e mulheres que não necessariamente se unirão em matrimonio.  Nós como cristãos precisamos defender o cultivo do amor fraternal e orientar para que isso seja feito da maneira correta.

O que acaba ocorrendo é que meninos e meninas não sabem se relacionar fraternalmente porque não recebem nenhuma instrução a respeito. Ai mora o perigo, pela falta do nosso posicionamento, nossas igrejas são contaminadas pela maneira de se relacionar mundana. Nosso dever é ensinar o padrão bíblico de relacionamentos.  A Bíblia traça parâmetros para uma amizade, na mesma medida, para que a amizade entre um homem e uma mulher exista e seja saudável é preciso tomar certos cuidados.  Se a amizade não for cultivada da maneira correta, pode ultrapassar os limites e acabar causando defraudação.

Recentemente, lendo a respeito deste assunto, encontrei um artigo onde a autora destaca seis pontos para o cultivo de uma amizade saudável entre homens e mulheres que eu gostaria de compartilhar com vocês. Considerem estes pontos dentro das suas amizades e avaliem se suas atitudes estão à beira da defraudação ou estão no caminho de um relacionamento saudável com alguém do sexo oposto ao seu.

  1. Veja seus amigos como família. Em I Timóteo 5.2, Paulo orienta a Timóteo que deveria tratar mulheres mais velhas como mães e mulheres mais novas como irmãs. Essa é a maneira como moças e rapazes devem tratar-se, com respeito semelhante aos laços familiares. Garotos, assim como Timóteo, precisam ver suas amigas cristãs como irmãs. A mesma regra se aplica às garotas: deveriam ver seus amigos cristãos homens como irmãos. Ter essa atitude de pureza de coração torna possível uma amizade. Se um rapaz vê sua amiga mulher como uma irmã, ele não vai desejar seu corpo; pelo contrário, seu instinto será de encorajá-la. Se uma jovem vê seu amigo homem como um irmão, ela cuidará dele e orará por ele sem esperar que ele tenha sentimentos sexuais por ela.
  2. Evite a “pressão dos pares”. O sonho de se casar está presente em muitos jovens, na mesma medida, muitos são dominados pela ansiedade e urgência de encontrar alguém. Evite qualquer tipo de pressão para encontrar a pessoa certa, seja dos seus amigos ou da igreja e até mesmo família. Se você está carregando esse fardo, cada amizade com uma pessoa do sexo oposto pode ser um peso. “Ela é a pessoa certa?”. “Será que ele gosta de mim?”. “Como eu deveria me vestir?”. Essas preocupações se tornam ansiedade que pode arruinar a alegria da vida. Confie em Deus seu desejo de um cônjuge. Se você não se despreocupar, pode parecer desesperado – e isso é muito ruim. Pare de tentar fazer algo acontecer e apenas aproveite a oportunidade de conhecer uma pessoa nova.
  3. Diga adeus ao embaraço. Apesar das diferenças, rapazes e moças devem evitar a polarização entre eles, isto ocasiona constrangimento quando dois jovens do sexo oposto precisam sair juntos. Chamar alguém que você mal conhece e convidá-lo para jantar ou ver um filme é assustador – e essa é a razão pela qual muitos rapazes cristãos ainda estão solteiros aos 35. Enquanto isso, garotas cristãs ouvem que devem esperar os rapazes darem o primeiro passo e assim são condicionadas a esperarem “o convite”. Você pode deixar de lado todo esse embaraço organizando encontros de grupo: saia com vários amigos para tomar café, convide-os para cozinhar alguma coisa ou dê uma festa. Então apenas aproveitem a companhia uns dos outros. O embaraço se desfaz através do convívio, que começa através do relacionamento coletivo.
  4. Redescubram a arte de conversar. Na cultura midiática atual, esquecemo-nos de como conversar uns com os outros. Muitos rapazes se sentem socialmente desastrados, então se afogam em videogames e se tornam ermitões emocionais. Eles precisam de amigos – incluindo amigas – para ajudá-los a sair de suas zonas de conforto. Enquanto isso, tanto rapazes quanto garotas estão tão viciados em seus telefones que não sabem como conversar por mais de uma hora sem checar suas mensagens. Muitos garotos e garotas não se tornam amigos pela dificuldade de desenvolver uma conversa, não conseguem encontrar nenhuma afinidade sequer para estabelecer um diálogo agradável. Se você quer ser um bom amigo, ouça, aprenda a focar na pessoa com quem você está conversando e perceba a importância das conversas para uma amizade saudável.
  5. Não permita qualquer tipo insinuação. A mensagem que recebemos da mídia é que tudo é sexo. Mas como cristão, você não precisa se dobrar perante esse ídolo. Você pode ter uma amizade significativa com uma pessoa do sexo oposto sem precisar ir para a cama com ela. Mas se você pretende manter o relacionamento puro, você precisará estabelecer alguns limites óbvios. Use o senso comum. Não use roupas reveladoras. Não se toquem de forma inapropriada. Controle sua curiosidade e evite conversas sensuais. Não tenham atitudes que dão motivos para que as pessoas desconfiem de vocês. E não passe a noite na casa um do outros em nome da “amizade”. Se vocês são amigos verdadeiros, irão respeitar um ou outro o suficiente para evitar um pecado sexual do qual irá se arrepender depois.
  6. Mantenha suas amizades centradas em Cristo. Uma amizade baseada no amor cristão e tendo Jesus como referência, se desenvolve de forma saudável independentemente da diferença entre os sexos. Hebreus 3.13 diz: “pelo contrário, exortai-vos mutuamente cada dia”. Esse verso se aplica a homens e mulheres solteiras também. Nós precisamos do encorajamento uns dos outros, e Deus quer que os membros solteiros da igreja estejam envolvidos nas vidas uns dos outros. Suas ligações, mensagens e conselhos honestos podem ser o que impulsiona os projetos de seus amigos; sua bondade e suas orações podem ser o que os ajudam a superar crises difíceis. Mantenha Jesus no centro de suas amizades e não perca a bênção que esses amigos podem ser para você.

Pontos baseados no artigo situado no seguinte site:

http://reforma21.org/artigos/mocas-e-rapazes-solteiros-podem-ser-apenas-amigos.html

André Souza – Faculdade Batista Pioneira/ Ijuí

(Visited 304 times, 1 visits today)
Posted in Eles falam.

Gostou do post? Deixe seu comentário :)