A beleza de Ester

Quando você ouve falar em Ester da Bíblia o que passa na sua cabeça?

Que ela era muito bonita fisicamente?

Ou que passou um ano recebendo tratamentos de beleza para se encontrar com seu futuro esposo?

Ok, momento Marta no confessionário – Vou dizer o que passou na minha cabeça quando eu pensei em Ester:

“Um ano se arrumando para o marido? Um ano de tratamento de beleza free?? Um ano???”

Voltando a realidade, sairei do fantástico mundo de Marta e irei ao fantástico mundo de Ester ❤

Ester era uma escrava, órfã, foi criada pelo primo Mardoqueu, ganhou destaque por sua beleza (Ester 2.7) e de um jeito digno de romances bíblicos da Record, foi parar no Palácio real e foi escolhida dentre muitas outras mulheres lindas para ser a esposa do Rei. ❤ Soltem os corações e apertemos cintos, pois o romance de Ester é fofo demais! Péra aí, terei que parar de romancear a life, afinal o foco de hoje não é o romance, 🙂 apesar de eu ser tentada para isso. O foco é a verdadeira beleza de Ester. Então, concentro-me em – 3 2 1 – e parto para a ação.

A verdadeira beleza de Ester:

  • Ela cuidou do seu físico ( Ester 2. 9, 12)

Não meu bem, quando você for pedida em casamento não terá que desesperadamente dizer ao cara dos seus sonhos: “Não poderei casar com você nos próximos 6 meses, porque preciso de 1 ano para cuidar do corpicho aqui e depois sim, poderei casar”! Nops… se achar isso é porque não entendeu nadica, ela iria casar-se com um Rei e isso exigia todo esse ritual. Ester não apenas cuidou do seu interior, mas cuidou do seu físico. Sim, ela passou pelos tratamentos de beleza mais tops daquela época…

Ih, agora vamos tocar na ferida! Sim, Ester também cuidou da aparência!

E porque isso pode respingar em nós?

Quantas vezes falhamos e somos desleixadas com nossa aparência e usamos as desculpas como: “não tenho tempo” ou “o cara que gostar de mim tem que olhar para meu coração”. Sim, ele também a olhará! Mas saiba que a beleza do nosso coração transparece em nosso rosto, ou seja contribui para a nossa beleza exterior, não unicamente a produz.

Mesmo que não gostemos de nos arrumar desse jeito ou daquele lá, é interessante cuidarmos com nossa saúde, praticarmos uma atividade física e não cairmos na tentação do desleixo que pode passar a ser nosso aliado queridinho em dias corridos.

  • Sua beleza estava na obediência (Ester 4. 9-17)

Depois de se tornar rainha sua vida não foi um conto de fadas, após uma conspiração, a rainha viu que todo o seu povo poderia morrer diante de seus olhos. Seu primo a aconselha a falar com o rei, mas no primeiro momento ela hesitou, ela temeu.

Essa parte da Bíblia que apresenta o medo de Ester consola o meu coração (Ester 4.9-11) – Aquela mulher que parecia tão fiel e determinada também teve seus medos – Se serve de consolo, podemos temer e nos sentir frágeis e pequenas diante dos desafios. Isso é normal! Só que os nossos medos foram feitos para serem confrontados e deixados. Isso é o que a continuidade da história nos mostra.

Ester inicialmente hesitou em falar com o rei, mas ao ser confrontada e perceber que precisava agir, Ester moveu céus e terras e foi obediente e como resultado: sua obediência salvou seu povo (Ester 4.15-16).

Você sabe o que Deus quer que você faça?

Está com medo? Seja obediente e enfrente-o!

Está sofrendo tentações? Obedeça ao Senhor e Ele te honrará!

Está sendo pressionada a mentir? Obedeça ao senhor e Ele te honrará!

  • Ela dependia do Senhor e não da sua beleza (Ester 4.15-17)

Voltamos para a parte em que Ester teria que falar com o Rei, se ela chegasse diante do Rei sem ser convidada poderia ter sua morte decretada na mesma hora. Mas aí você pode pensar: “Ester era linda! Ela podia jogar seu charme diante do rei e ter tudo o que quisesse”.

Embora muitas mulheres pensem assim nos dias de hoje, achando que podem ter tudo o que desejam por causa da sua bela aparência, Ester não confiou em si mesma e nem muito menos em sua beleza. Para conversar com o rei, a Bíblia não destaca que Ester passou horas se embelezando exteriormente, embora possa ter feito isso, mas mostra que ela passou dias em constante oração e jejum (Ester 4.16).

Ao pensar em Ester, fortaleço no coração a certeza de que a maior beleza que posso buscar é nutrir um bom relacionamento com Deus e fazer Dele a maior força.

“A beleza da mulher precisa ser encontrada e definida pelas coisas que são eternas, que são verdadeiras e dão vida. Precisamos desejar as coisas que nos aproximam de Cristo e nos levam à plenitude de vida nele. Ele é a nossa salvação; portanto, é também nossa beleza. A única maneira de realmente conhecermos a pura e verdadeira beleza física é buscar uma vida de pura e verdadeira beleza espiritual.[1]

DESAFIO:

➡ CUIDE DO SEU FÍSICO!

➡ CUIDE DO SEU RELACIONAMENTO COM DEUS!

➡ CUIDE DAS SUAS AÇÕES!

[1] Aos olhos do pai.  67 p.

Colunista-01

(Visited 1.682 times, 4 visits today)
Posted in Séries.

Gostou do post? Deixe seu comentário :)