slide1

SETEMBRO AMARELO – Dia 1 de 3

No mês de aniversário do FéMenina, a saúde não poderia ficar de fora!! Então acompanhe nossa série desse mês sobre o Setembro Amarelo! Você sabe o que esta campanha representa? Olha só quanta informação importante:

O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, com o objetivo direto de alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção. Ocorre no mês de setembro, desde 2014, por meio de identificação de locais públicos e particulares com a cor amarela e ampla divulgação de informações.

O que é suicídio e o quanto ele ocorre no Brasil e no Mundo?Leia mais…

14446484_10208581543030852_212876827_o

Sorteio – Um dia de salão

Regulamento:

  1. O prêmio total será no valor de 220,00 reais;
  2. O vídeo pode ser individual ou coletivo – lembrando que o valor total do prêmio não será alterado. Ex: Se duas meninas fizerem o vídeo junto terão que dividir o valor do prêmio;
  3. Após o vídeo ser tido como “vencedor” a equipe FéMenina entrará em contato com a vencedora e a ganhadora escolherá o salão de sua preferência para ter seu “dia de salão” (no valor de 220,00 reais);
  4. Critérios:   Pessoas do sexo feminino – casadas os solteiras – com mais de 12 anos (não tem idade limite).

Fases do sorteio:

1° Fase inicial:

  • Criação e envio dos vídeos para o e-mail: tenhafemenina@gmail.com até dia 30 de setembro.

2° Fase de análise:

  • Análise dos vídeos pela equipe da Jufemi e os que forem aprovados serão compartilhados na fanpage do FéMenina.

3° Fase Final

  • No dia 4 de outubro os vídeos serão lançados em nossa fanpage e poderão ser compartilhados e “curtidos” até dia 7 de outubro às 21:00.
  • O vencedor será anunciado em nossa fanpage no dia 7 de outubro.

*Para dúvidas eventuais, favor enviar e-mail para: tenhafemenina@gmail.com

Um abraço da equipe do Fé

logo-01

14339378_1191151414275429_721107850_o

Namoro a Distância #4 – Por que me meti nessa?

Como falei no post anterior, estar longe fisicamente foi uma das coisas mais difíceis de enfrentar durante o namoro. Tivemos que encontrar soluções para seguir em frente e não desistir do propósito que Ele havia nos dado.

Desde que eu e o Cris percebemos que estávamos sentindo algo especial um pelo outro, começamos a orar imediatamente. Individualmente e juntos. Todos os dias, nos conectávamos no Skype para conversar, nos conhecer e orar. Uma vez na semana tínhamos um dia de jejum. A oração e o jejum, nos levaram ao entendimento do que Deus desejava e esperava de nós, e da nossa (futura) união.

Hoje, posso afirmar que se não tivéssemos tido o discernimento de tomar essas duas providências logo no início do relacionamento, não estaria casada com o Cristián e muito menos, compartilhando tudo isso nesta série de posts. Reconhecer que Deus deseja dependência dEle, é o começo. Entender que nada acontece por acaso, é o caminho.

Leia mais…

pureza

Um papo sobre pureza – Parte 2

Como estão queridonas? Espero que muito bem.

Espero de todo o coração que você esteja mantendo seu corpo puro para glória e honra de Deus.

Hoje iremos continuar falando sobre pureza, mas o foco será um pouquinho mais pra cima… Isso mesmo, a nossa mente. Minha mãe sempre me dizia: “Minha filha, quando a cabeça não pensa, o corpo padece…”. Depois de alguns anos vejo como isso é cada vez mais real neste mundo. Falamos muito sobre a pureza do corpo e como conservar um hímen intacto, mas esquecemos que tudo começa na mente. O pecado começa na mente. Tiago nos fala o seguinte:

Quando alguém for tentado, jamais deverá dizer: “Estou sendo tentado por Deus”. Pois Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido. Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte. (Tg 1.13-15). Então vem as seguintes perguntas:

  • É errado ser tentada? Não, o errado é cair na tentação!
  • De onde vem a tentação? O próprio Tiago responde: Da nossa cabecinha!

Precisamos estar em constante alerta com a nossa mente. Romanos 12.1 e 2 lembra que nossa mente precisa ser transformada para que o corpo possa ser um sacrifício vivo e santo, agradável a Deus. “A queda é um constante ceder” quando nossa consciência fica cauterizada, o pecado vai ser tornando normal. E daí minha filha, o corpo padece mesmo!!!

Leia mais…

slide1

Um papo sobre pureza – Parte I

E aí meninas de fé? Como estão?

Hoje vamos falar de um assunto um pouquinho delicado para algumas de nós, mas de extrema importância para nossa vida, a pureza. Acredito que a maioria saiba o que significa pureza e deve estar pensando: “Prá que chover no molhado? Já sei o que ela vai falar…”. Queria te desafiar ao seguinte: Se você já sabe tudo o que vou escrever aqui continue lendo, se chegar ao final e constatar que você sabia de tudo isso, pense: “Será que Deus está querendo falar algo?” Você deve ter pensado: “Saiu pela tangente…”, mas na verdade existem várias e várias coisas que nós sabemos, mas guardamos em uma gavetinha bem escondida lá dentro do nosso cérebro só prá dizer que sabemos, mas muitas vezes não praticamos. Jesus depois que lavou os pés dos discípulos perguntou se eles haviam entendido a mensagem, eles responderam que sim, mas ele disse que seriam bem-aventurados se praticassem (Jo 13.17). Muitas vezes sabemos, sabemos e sabemos, mas não fazemos.Leia mais…

12

Namoro a Distância #3 – Contato físico!

Dia dos Namorados chegando, presente comprado e restaurante reservado! Só que não! :(

Se tem algo com o que sofri durante o namoro, foi com a falta do toque. Das mãos dadas, do abraço quentinho e consolador que substitui extensos discursos filosóficos e do cheiro único e alentador de quem a gente ama.

Há momentos que nenhuma palavra, por mais bem colocada que seja, substitui um simples abraço e um olhar sincero.

Depois de ter passado pela experiência de namorar à distância, sou uma convencida de que o nosso corpo fala e se expressa de maneira única. Em algumas discussões e desentendimentos que tivemos durante o namoro, passávamos horas no Skype tentando encontrar palavras para sustentar um pedido de perdão por algo que foi mal dito ou interpretado. Se tivéssemos fisicamente juntos, um simples abraço uniria nossos corações e explicaria o que nossa fala não sabe expressar.

Para aguentar e suportar o vazio que a presença do Cristián fazia, me apegava ao Senhor e no que Ele me dizia. Sinceramente, não vejo outra saída. Orava ao Senhor e dizia: “Senhor, você me colocou nessa, agora me ajude a passar por tudo isso!”Leia mais…

14393339_1191151360942101_1138865435_o

Namoro a Distância #2 – Só acredito vendo!

No primeiro post da série, comentei que para mim,  namorar a distância é uma loucura! Isso porque, é um relacionamento nada convencional que exige um pensamento e atitudes fora do padrão.

Desde que conheci o Cristián – que hoje é meu esposo –  e percebi que sentia algo mais forte por ele, logo coloquei em oração esse sentimento. Não queria agir por impulso e começar um namoro sem saber que utilidade e propósito ele teria para o Reino. Começamos então a orar e entender o que estávamos sentindo um pelo outro. Pedíamos que Deus falasse claramente conosco, pois não queríamos frustrar-nos. Clique AQUI para conferir a história completa.

No tempo de oração (antes de começar a namorar), pessoalmente, pedia a Deus que me ajudasse a lidar com desconfiança e ciúmes. Reconhecia que não era experta nisso e percebi que isso poderia afetar (e muito!) um possível namoro à distância.

Hoje, depois de 3 anos e meio de namoro longe um do outro, não lembro de ter protagonizado ataques de ciúmes ou desconfiança. E tenho absoluta certeza que isso foi fruto de oração e graças a Bondade de Deus. (Leia Mateus 7, versículos de 7 a 12.)

Aí você vai me perguntar:

“Mas como posso desenvolver tanta confiança em alguém que nunca vejo, com quem não convivo?”Leia mais…

24

Minha História de Amor – Natan e Vicky – Parte 2

continuação

… Mas eu me contive e falei “Sim”, que gostaria de orar com ele!

Ele conversou com meu líder de jovens que era colega de seminário dele e veio até minha cidade para falar com meu pastor, conhecer minha mãe e falar para ela que iríamos nos conhecer (mesmo ela não sendo cristã). Só então começamos a orar juntos! Comprei um chip da TIM (que foi uma benção, porque podíamos nos falar por R$0,25 a chamada) e começamos a conversar sobre tudo, tudo mesmo… desde quantos filhos cada um gostaria de ter até o que faríamos se um de nós ficasse doente e acamado. Conversamos sobre planos, sonhos e tudo mais!

Aí você deve estar pensando: “Ah Vicky, mas vocês nem namoravam ainda!”. Pois é meninas, mas esse é momento de se conhecerem para saber se é pra casar com o menino ou não. Vai que eu quisesse algo totalmente diferente dele e se não conversássemos sobre isso, poderia ser motivo pra terminar um namoro e eu queria namorar pra casar. Então conversar coisas relevantes é importante!

Além disso, desde que orávamos já fazíamos devocionais juntos, afinal nosso relacionamento deve ser à três (o menino, a menina e Deus). Fazíamos devocional por telefone. Liamos um capítulo da Bíblia e depois, por telefone compartilhávamos o que tínhamos tirado de aplicação. Depois orávamos juntos por telefone. Combinamos que iriamos orar por 4 meses e depois decidiríamos se avançaríamos no relacionamento ou não.

O tempo de oração acabou. Eu sentia paz de avançar no relacionamento porque tínhamos planos que se encaixavam. Eu vi que seria possível me submeter aos planos e à missão dele.

Leia mais…

14360266_1191150977608806_414953227_o

Namoro à distância #1- É uma loucura!

Mas como vocês fazem? Essa deve ser uma das típicas perguntas quando as pessoas descobrem que namora alguém que mora a quilômetros de distância de você. Acertei? Imagino que sim!

O dia dos namorados chega e todos vão ao cinema ou jantar num lugar legal. Você, provavelmente, estará em um dos seus principais “bate-locais”: no skype, para passar este “dia do amor” com seu love.

Namorar à distância não é fácil e nada NORMAL! Se você acha que namorar alguém que vive pertinho de você já é meio complicado, estou aqui para te dizer, que o nível de dificuldade num relacionamento à distancia, aumenta para level hard.

Lamento muito se você abriu este post super motivada (o) buscando dicas e listas de tarefas de “Como namorar à distância?”, mas tenho uma notícia que pode ser não tão boa quanto esperada: um namoro à distância requer o dobro (senão o triplo) da disposição do que em um namoro presencial.Leia mais…

elisabeth-elliot

Elisabeth Elliot

Ela nasceu na Bélgica e naturalizou-se  norte-americana, dedicou sua vida a propagar a mensagem do Evangelho. Por alguns anos foi missionária, vivendo e pregando a palavra de Deus, junto a indígenas do Equador, mais especificamente as tribos Quechuas e Aucas, sendo essa última a responsável pelo assassinato  de seu marido, Jim Elliot e mais 4 missionários envolvidos na “Missão Auca’’, que tinha como objetivo estabelecer contato com a tribo, conhecida por ser muito hostil e violenta, mas mesmo sabendo dos perigos, o objetivo desses homens era lhes falar sobre a Salvação em Cristo Jesus.Leia mais…